Arquivos de música perdidos

Hoje eu encontrei dois posts do antigo blog que valem a pena compartilhar!! Vamos ao primeiro!

Eu sempre fui muito cuidadoso com os meus backups, e mantenho sempre no mínimo dois HD’s externos com todos os meus arquivos para poder dormir tranquilo sem o risco de perder nenhuma foto, vídeo ou música importante, e na maior parte do tempo tudo fica seguro.

Entre os vídeos e fotos pessoais e de trabalho tenho aproximadamente 20.900 arquivos, sendo que até hoje só enfrentei problemas com 5 fotos, que com o tempo e constantes trocas de HD’s apresentaram pequenos defeitos em suas cores mas não foram totalmente perdidas.

Com os meus arquivos de músicas as coisas não foram tão tranquilas, sendo que venho utilizando o iTunes há muito tempo, e percebi que muitas músicas se perderam ou ficaram danificadas, e em grande parte dos casos eu não consegui mais encontrar o arquivo perdido ou o CD, pois infelizmente a internet tem memória curta, e as músicas com mais de 2 anos simplesmente desaparecem da rede.

Depois de assinar o Spotify com a ajuda de uma amiga que está morando nos EUA, comecei a garimpar as músicas perdidas e encontrei praticamente tudo o que perdi durante estes anos de backups e sincronizações com diferentes computadores e sistemas operacionais, o que foi realmente um ótima surpresa.

Nos últimos meses comecei a testar o iTunes Mach e recuperei minha última biblioteca de música completa com 8850 arquivos e quase 50GB para testar o serviço, lotando meu HD novamente para poder compartilhar as músicas com o iPhone e iPad de forma simples e rápida. O serviço funcionou bem, mas esbarrei novamente no problema das músicas perdidas e ainda de problemas com tags que com o tempo voltaram a incomodar, principalmente naquelas horas em que eu procurava um CD que havia comprado e que não existia mais na biblioteca.

Após mais uma temporada de testes resolvi voltar as minhas músicas para um HD de backup e utilizar somente o serviço do Spotify, que com certeza é muito mais confiável e completo, além de deixar minha coleção de músicas muito mais completa, e com muitos arquivos com alta qualidade de 320kpps.

Agora mantenho alguns poucos arquivos de músicas que não encontro nos 15 milhões de músicas do acervo do Spotify no meu computador e o resto dos arquivos ficam guardados no HD externo no fundo de uma gaveta, só para garantir uma eventual necessidade no futuro. De qualquer forma, é muito melhor não precisar me preocupar em manter os arquivos e seus backups, muito menos com músicas perdidas, pois é só colocar o nome da banda ou artista e clicar no play!

Acho que desta vez desisti totalmente de manter os arquivos armazenados em minhas máquinas!

4 Comments

  1. Zé Luis 14/05/2012
    • Rodrigostoledo 15/05/2012
  2. Bianca Mól 15/05/2012
    • Rodrigostoledo 16/05/2012

Leave a Reply