Marketplace: Vale a pena trocar a loja brasileira pela americana?

Quando comecei a utilizar o Windows Phone com o Lumia 800 percebi que estava com a loja americana cadastrada no minha conta sem qualquer possibilidade de alteração do país, e como preciso de uma loja brasileira para fazer testes de aplicativos nacionais precisei criar uma segunda conta e formatar o aparelho para poder concluir o processo.

O problema da loja nacional é a baixa quantidade de jogos disponíveis, que muitas vezes são de baixa qualidade, sendo que a diferença para a loja americana é gigante, até nos títulos gratuitos, e o problema está na Constituição federal, que prevê em seu artigo 220, parágrafo terceiro, que produtos e eventos de entretenimento oferecidos ao público brasileiro sejam previamente avaliados pelo Ministério da Justiça, criando um problema bastante conhecido dos usuários do iPhone, que acabou há pouco tempo.

Se por um lado eu preciso da loja brasileira para alguns aplicativos que só existem por aqui, por outro vejo que a loja americana não conta somente com bons jogos, mas com muitos aplicativos interessantes para a produtividade que provavelmente não chegarão ao Brasil, o que cria um problema para quem gosta de instalar novidades no celular.

Seguindo a receita utilizada no passado pelos usuários do iPhone, sempre existe algum tipo de gambiarra para fazer o Cartão de Crédito Internacional do Brasil funcionar na loja, mas sempre pode ocorrer o risco da porta fechar, como foi o caso da App Store da Argentina. Apesar do risco, por hora acho que a troca só se justifica para quem gosta muito de games, mas confesso que ainda vou fazer uma avaliação com um pouco mais de calma para ver se no meu caso a troca realmente é interessante.

É duro querer comprar as coisas para utilizar de forma legal e não conseguir!!

4 Comments

  1. Fernando Rosa 06/08/2012
  2. Gilberto 07/08/2012
  3. lipe satiro 06/09/2012

Deixe uma resposta