Nokia 808 PureView na estrada

Neste final de semana levei o Nokia 808 PureView para a estrada e deixei a boa companheira Canon T3i em casa descansando um pouco, mas posso dizer que o aparelho da marca finlandesa me surpreendeu e conseguiu substituir muito bem a câmera em boa parte do tempo sem nenhum problema.

O tamanho reduzido e a capacidade de captar belas imagens nas mais variadas condições de luz foram os pontos fortes do PureView, que virou uma verdadeira atração no passeio, mesmo para usuários de outras plataformas, sendo que o Symbian passou a ser considerado um coadjuvante no pacote do Nokia 808. Outros pontos que devem ser considerados são a velocidade geral do sistema, boa quantidade de aplicativos e facilidade de compartilhamento das imagens e backup automático das fotos via Skydrive, que de forma simples e rápida deixava todas as minhas imagens armazenadas na nuvem.

As fotos foram tiradas sempre na resolução de 8megapixels com o sensor PureView ativado no formato 16:9 e a tela do aparelho com a tecnologia ClearBlack apresentou belas e nítidas imagens mesmo com o sol forte. Para não dizer que tudo foi perfeito, senti falta do aplicativo Instagram para compartilhar minhas imagens, mas ao chegar em casa consegui subir rapidamente as fotos que já estavam no Skydrive, o que não é perfeito, mas ajudou.

Uma curiosidade interessante esta no recorte das imagens, que reduziu o tamanho da fotos sem nenhuma perda de qualidade visível, mas com uma alteração da resolução em um alguns dos casos de 3840×2160 e 2,4MB para 1898×1068 e 301KB, o que certamente pode causar algum tipo de prejuízo na impressão. Apesar de ter brincado um pouco com o recorte das fotos eu ainda prefiro fazer a foto no tamanho real e sem nenhum tipo de artifício como o zoom digital ou o recorte para preservar as imagens com uma qualidade mais elevada.

A câmera do PureView está muito na frente de qualquer outra opção encontrada em outros aparelhos celulares e com certeza pode brigar com câmeras compactas existentes no mercado, e deverá permanecer sempre em meu bolso como uma câmera para o dia a dia, mas apesar do risco de sair com a Canon T3i na rua, a câmera “de verdade” permanece como a minha escolha para bater fotos em situações de baixa luminosidade ou nas ocasiões em que eu precisar de uma câmera realmente rápida que consiga captar uma grande quantidade de imagens em sequência em poucos segundos.

Veja mais algumas imagens captadas com o PureView.

14 Comentários para: “Nokia 808 PureView na estrada

  1. Parabéns Rodrigo as fotos ficaram ótimas!! Muito gás ainda ao Symbian no 808PW!!! Concordo com Érico Faria… R$1999,00 Dilmas tá salgado!!!… ainda vou de N8 por enquanto. Abs.

  2. Rodrigo! muito bom o post! Bem que você poderia fazer um review em vídeo detalhando melhor as funções do aparelho e também os pontos fracos! Assim iria sanar algumas ou muitas dúvidas de futuros proprietários do 808! Abraço!

  3. Ficaram muito boas as fotos!
    Vc fez um comentário em relação a pouca luz, ela não dá conta com pouca luz? Chega a granular?
    Seria muito pedir para vc fazer as mesmas fotos com o PureView e sua camera em diversas condições para ver a diferença? hahahaha
    Um abraço Rodrigo!

  4. Rodrigo, o grande problema que vejo, e o 808 não resolveu, é a falta de zoom ótico.
    O que o 808 faz é permitir o zoom digital, dizendo que não esta perdendo qualidade, mas está, pois diminui a resolução.
    Acho que uma camara de bolso, que tenha um zoom otico de 5 vezes e uma resolução de uns 14MP, ainda tem seu lugar.
    No caso da T3i, acho que não da nem para comparar, ela é muito melhor. É só analisar o tamanho (não a resolução) do sensor e o diametro da lente. Eu por exemplo, tenho uma lente 18-300, que permite de uma grande angular até um potente zoom ótico.

  5. Rodrigo, a perda de resolução “em um alguns dos casos de 3840×2160 e 2,4MB para 1898×1068 e 301KB”, ocorreu no upload para o Skydrive? Se sim, isso é configurável no aplicativo (SkyDrive > Qualidade do Upload da foto: Tamanho Real x Reduzida)

  6. Opa… Uma dica, que tal fazer um post. Agora sobre a experiencia de mais de um mes com o aparelho… Sem as “impressoes iniciais”, mas a sinergia que ele vem trazendo no seu dia a dia e é claro, sua experiencia com as fotos nessas semanas toda.
    Que tal?
    Um forte abraço.
    Ate

Deixe uma resposta