O Flash diz adeus ao Android

O Flash que já foi considerado com uma das grandes vantagens do Android sobre o iOS do iPhone finalmente está dizendo adeus ao sistema do robô e de acordo com a Adobe ele não será compatível com qualquer versão superior a 4.0.x do sistema.

O aplicativo permanece no Google Play nas próximas horas, entretanto segundo a empresa a instalação que poderia causar resultados imprevisíveis se o smartphone não estiver na lista de aparelhos suportados oficialmente, mas ele deverá ser removido da loja em breve. Pelo visto o futuro será realmente do HTML5 e os usuários do Android devem começar a experimentar uma navegação semelhante a encontrada no iPhone.

Será que ainda precisamos de uma navegação web com Flash nos celulares? Apesar da perda, acho que posso viver bem sem esta funcionalidade no Android na maior parte do tempo.

4 Comments

  1. Mesmo no Android o Flash em dispositivos móveis nunca foi grande coisa. Se o HTML5 fizer o mesmo sem as “travadas” do Flash que seja bem vindo.
    PS: E não é que o finado Steve acertou mais uma? :-)

    15 de agosto de 2012
    Reply
  2. Rubens said:

    Não acho que o Steve Jobs acertou, ele apenas previu uma coisa que em informática é certa, a morte de tecnologias, afinal, o que conhecemos hoje que dura mais de 10 anos na informática? O Jobs previu a morte do flash em 2007 no lançamento do iPhone, e precisou de 5 anos para realmente ele deixar de ter suporte em novos SO móveis, coisa meio obvia de acontecer…

    15 de agosto de 2012
    Reply
  3. Marcio Teixeira said:

    A estória não foi bem como muita gente pensa. No lancamento do primeiro iPhone, a Apple pediu a Adobe que colocasse o Flash no iPhone e a Adobe não quis. No lancamento do segundo iPhone a Apple repetiu o pedido e a Adobe recusou de novo. No lancamento do terceiro iPhone (sendo que iPhone já era um grande sucesso), a Adobe ofereceu à Apple para colocar o Flash, mas a Apple não quis pois o Steve Jobs disse se estamos fazendo um enorme sucesso sem o Flash não precisamos dele. Foi neste momento que a Adobe começou a precionar pelo Flash e virou uma briga quase possoal com o Jobs. Durante a briga com a Adobe, o Jobs e a Apple preferiram não dar destaque à estória acima e sim aos conhecidos problemas do Flash.
    Eu particularmente experimente o Flash em diferentes plataformas moveis e sempre não gostei. Acho que o Flash esta morrendo, nos smartphones e Tablets, porque a Adobe não consegui disponibilizar uma boa solucao.

    16 de agosto de 2012
    Reply
  4. NEL@ said:

    Apesar do Flash consumir carga da bateria de modo agressivo por utilizar a capacidade máxima do processador, com a introdução do dual core por motivos óbvios isso ficou para trás, cabe ressaltar que os “lags” consequentemente foram extintos.
    Entretando o comentário do amigo Rubens é de grande efeito, pois tecnologia e obsolecencia “se não dormem na mesma cama, de qualquer sorte, ao menos, andam de mãos dadas”.
    Ao meu ver Steve Jobs foi um grande marqueteiro e CEO, visionário nunca.

    16 de agosto de 2012
    Reply

Deixe uma resposta