UOL e Porto Seguro anunciam fusão dos aplicativos Taxijá e Vá de Táxi

Va-de-Taxi.-banner

Na última semana foi anunciada a fusão do Vá de Táxi da Porto Seguro e do Taxijá do UOL, com a união dos dois serviços e a criação de uma nova identidade visual, sendo que acabou prevalecendo neste caso a marca Vá de Táxi. Assim os usuários poderão contar ainda com os benefícios combinados das duas plataformas: a segurança e a confiabilidade do PagSeguro UOL para realização de pagamentos das corridas e os benefícios da Porto Seguro para seus segurados, como descontos de 20% para pagamento com cartão de crédito Porto Seguro.

“Estamos empolgados com a associação das marcas porque ambas respeitam e oferecem serviço de qualidade ao cliente. Com a fusão, vamos proporcionar ao usuário ainda mais facilidade e velocidade no momento de solicitar seu taxi”, diz Marcelo Epstejn, diretor-geral do UOL.

Para o diretor de Auto da Porto Seguro, Bruno Garfinkel, a parceria além de oferecer segurança e conveniência aos usuários, contribui para endereçar dois grandes desafios nas metrópoles: mobilidade e gentileza no trânsito. “Quando temos mais pessoas que conhecem a malha viária da cidade, que têm experiência no trânsito, como é o caso dos taxistas, evitamos a concentração de veículos e o estresse”.

Com esta fusão hoje o Vá de Táxi passa de 65 mil usuários para 300 mil e o número de taxistas atingirá 38 mil. Os números vão ao encontro com as estimativas do setor, que apontam que o mercado de táxi no Brasil movimenta mais de R$ 17 bilhões por ano, grande parte desse volume ainda realizado com dinheiro e boleto de papel.

Além disso, a empresa amplia em cinco vezes a sua carteira B2B, saltando para 150 companhias atendidas nas mais diversas verticais, como seguradoras, companhias aéreas, bancos, consultorias, escritórios de advocacia, agências de publicidade, entre outras.

“Para nós a fusão é fundamental para mantermos um crescimento acelerado e, claro, também reflete como o mercado está se consolidando entre os principais players. Além disso, os dois últimos anos foram importantes para que taxistas e passageiros enxergassem nos apps de chamada de táxi um serviço fundamental e seguro. A partir deste ano, o desafio está em elevar, cada vez mais, a qualidade e a confiabilidade para as duas pontas. E é isso que estamos buscando com a fusão”, afirma Arthur Pelanda, co-fundador da Taxijá UOL, que assume, agora, como CEO do Vá de Táxi.

Via SWBR.

One Response

  1. xndr85 07/09/2015

Leave a Reply