300 mil acidentes causados pelo GPS?

38_marazm_65390

Nas duas últimas semanas eu precisei sair para dois lugares diferentes na região do Shopping MorumbiL, e nestas duas oportunidades, ao sair da região do Alto da Lapa, o GPS do N95 indicou um caminho errado, ficando totalmente erdido quanto o sentido que eu deveria pegar na Marginal do Rio Pinheiros para chegar ao meu destino. Depois de insistir muitas vezes para que fosse feito um retorno, consegui voltar a ter instruções corretas do GPS do celular.

Por uma coincidência, depois destes fatos eu encontrei um post muito interessante no Npossibilidades sobre um estudo encomendado pela companhia de seguros Direct Line no Reino Unido, que apontou o GPS como responsável por 300 mil acidentes em todo o mundo. O jornal responsável pela publicação do estudo, o Mirror, não falou sobre a quantidade de condutores pesquisados, o que certamente enfrequece  muito a credibilidade do estudo relizado, mas pode servir como um alerta para aqueles que confiam cegamente nos aparelhos de GPS.

Em outro estudo publicado pela TomTom demonstra que os aparelhos de GPS são responsáveis por maior segurança rodoviária, entretanto também não é muito fácil de acreditar em uma empresa que vende exatamente este produto aos seus consumidores. Até hoje eu não soube de nehum caso de acidente atribuído a uma informação incorreta fornecida pelo GPS entre os meus amigos, conhecidos e leitores do blog, entretanto existem muitos casos de indicações de ruas e caminhos errados, o que provavelmente deixou os condutores um pouco mais espertos com relação às informações fornecidas.

E você, conhece algum caso de acidente causado pelo GPS?

Fonte: Npossibilidades.

9 comentários em “300 mil acidentes causados pelo GPS?

  1. Não sei de nenhum acidente que tenha sido causado por alguma informação errada do GPS. O que eu já vi foi acidente que aconteceu por conta da distração do condutor, devido ao GPS.
    Já vi casos que o condutor foi manipular o GPS em pleno trânsito, ou então, parou o carro para ver o mapa gerado pelo GPS.
    Enfim, sempre é bom se precaver no trânsito. E toda atenção é pouca.

  2. Este problema de distração é realmente sério, muitos perdem muito tempo olhando para a tela do GPS.

    A melhor forma de usar o GPS é com uma “boa” co-pilota.

    Quanto a informação errada, tenho instalado no meu n95 o Nokia Maps, Route 66 e GarminXT. Destes, o único que apresentou erro de rota dentro do Rio de Janeiro foi justamente o Nokia Maps (Navteq).

  3. Para o GPS ser o causador principal de um acidente, indicando um caminho errado, a pessoa precisa ser muito distraída. Ele não pode ser usado como o único indicador e sim como um auxílio (muito bom por sinal) para a direção. Não podemos ligá-lo e “fechar” os olhos só seguindo as indicações de voz. É preciso ficar atento ao trânsito sempre! Se uma pessoa fica com seu GPS durante o trânsito, procurando caminhos, alterando mapas, etc. fará isso também com um celular, um Blackberry ou outro aparelho…e se distraindo do principal, que é o caos atual no trânsito…

  4. Concordo com o pessoal. Eu mesmo sou um perigo ambulante dirigindo olhando o mapa. Estou reduzindo as olhadas no aparelho ou mesmo não uso!! É MAIS SEGURO. Se pensassem melhor, o GPS cai na mesma lei da tela LCD no carro. Não é?

  5. Uso meus aparelhos gps, tanto o do celular com os mapas roteáveis como um antigo Garmin etrex(que utilizo desde a época que o governo americano mantinha uma degradação de sinal de 100 metros…as coisas eram bem piores), apenas como auxiliar de navegação, gps é uma excelente ferramenta que se for usada com bom senso será sempre de grande utilidade. Uma tecnologia que nasceu para uso militar, que agora se populariza rapidamente, na minha opinião de utilidade inestimável, basta um pouco de uso e treinamento para que a pessoa tire máximo proveito do equipamento.

  6. Algumas vezes o GPS me indicou o caminho soh que me deixou a 50 metros do destino mas do outro lado da avenida. Ou seja nao se pode confiar 100% nele, alem disso os mapas sofrem atualizacoes com mudanca de mao ou nome de rua. Nem todos tem acesso as atualizacoes. No geral ajuda bem, principlamente depois q vc se habituou com o aparelho, no comeco parece um pouco confuso, fora q quando o tempo esta fechado voce nao pode contar com ele devido a perda de sinal.

  7. Outro dia o GPS me orientou e entrar em uma rua contramão, quando virei para pegar a rua dei de frente com carros só não ocorreu um acidente devido o semaforo estar fechado, o software nokia maps estava atualizado pois fui orientado no dia anterior pela propria Nokia. E por isso que a nokia não se responsabiliza pelo uso do Nokia Maps o Mapas e as ruas nem sempre estão atualizado como deveriam.

  8. Bom. O tempo que se deve gastar pra olhar a tela de um GPS no trânsito é o mesmo que você gasta pra olhar o retrovisor…

    Aqui no Espírito Santo, os mapas ainda estão muito imprecisos… várias vezes o gps manda virar em uma rua contra-mão ou, até mesmo, em uma rua inexistente…

    O negócio é relaxar… seguir enfrente que sempre ele recalcula a rota e procura acertar mais pra frente.

    Prestar sempre atenção nas placas e bater o olho no GPS só pra saber o nome da rua, ou quantos metros falta pra você virer e etc É o que basta… de resto, é procurar seguir a voz do aparelho e pronto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.