O CD está com os dias contados

cd

Nesta semana eu encontrei um post onde o Vice Presidente do Gartner, Mark McGuire, fazia um alerta de que os CDs haviam perdido muito mercado nos últimos anos e que nunca mais conseguiriam se recuperar, indicando que os mesmos poderiam deixar de existir em breve, pelo menos na forma como conhecemos atualmente.

Com o grande avanço das mídias digitais, acredito que iria sobrar para o CD uma participação no mercado de gravação sob demanda, que poderia dar a este formato uma pequena sobrevida, mas parece incrível como a cada dia que passa um número menor de pessoas que eu conheço compram CDs de suas bandas preferidas. O último CD que comprei em minha vida já deve ter mais de 10 anos, e tenho a certeza que a possibilidade de aquisição de mídias digitais é uma realidade cada dia mais presente, fazendo com que não só o CD, mas qualquer mídia física tenha os dias contados.

E você, ainda compra Cds ou também abandonou este formato? Qual foi a sua última compra?

9 comentários em “O CD está com os dias contados

  1. Feliz Natal Rodrigo.

    Pode ser até dificil de acreditar. Eu tenho 25 anos e NUNCA comprei um CD de música.

    Lembro +/- em 1988 lá no antigo shopping paulista teve um evento promovendo os CDs tinha um quiosque no segundo andar onde 2 assistentes colocava musicas tanto em fita quanto em cd e o cliente, com fones de ouvido tinha que advinhar qual estava tocando, cd ou fita preenchendo um gabarito.

    Eu ainda nao larguei completamente esta midia. cada dia que passa uso menos mas as vezes é necessário.

  2. Caramba… o último cd de música que eu comprei, foi um cd de um amigo meu, paguei R$ 10,00 reais 😀 fora isso nunca mais comprei, tudo que tenho baixei no formato .mp3.
    Em relação ao CD, eu particularmente só uso pra instalar drives, sistemas operacionais, sendo que os S.O eu estou instalando agora através de DVD do que CD, são mais rápido.

    Para instalar o Windows XP pelo CD eu levo cerca de 40 a 50 min.
    Para instalar o Windows XP pelo DVD eu levo cerca de 14 a 16 min.

    Ja conometrei varias vezes e pelo DVD eh muito mais rápido devido a sua velocidade de leitura ser maior do que o CD.

    Valeu Rodrigo.
    Feliz Ano Novo para vc e todos que participam desse seu espaço aqui na internet.

  3. Creio que eu seja uma exceção por aqui. Tenho 17 anos, então creio que posso me considerar também da “geração mp3”, mas ainda copro CDs de minhas bandas favoritas. Faço isso pois, além de gostar de ter a coleção de CDs lá, guardada, também é a forma mais fácil que encontrei de adquirir música legalizada. A loja de CDs fica aqui perto, e a média de preço é R$15,00 (original). Não tem quase nenhuma diferença com relação ao preço de musicas em mp3 compradas via download, e ainda tem os encartes :D.

    (E me chamem de louco, mas eu compro o CD, ripo ele no pc em mp3 e copio pro celular. O CD mesmo, fica lá, guardado… xD)

  4. Eu compro CD’s normalmente, seja de musica ou cd virgem. E CD de música é um bom presente, barato mesmo e agrada as pessoas. Mas já vi gente miserável que copia CD de música e dá o pirata de presente, tamanha cara-de-pau e mesquinharia. O CD ainda tem muito espaço devido a ampla base de leitores e gravadores instalados. Para o povo miserável, nada que custe dinheiro existe: cd, dvd, blu-ray etc. O negocio é MP3 e ver filme pirata em casa, cinema nem pensar.

  5. Com referência à pirataria, hacks e cracks que conversamos bastante num post seu há alguns dias, veja essa:
    Experimentei o Joiku Premium e gostei tanto que comprei licenciado, há alguns dias tive de pedir novo chip para a Vivo, mesmo número, apenas o meu estava com mal contato. Viajei para a praia e aqui chegando fui entrar na Internet e surpresa, a licença tinha de ser transferida para o novo chip, até aí Ok, mas quem disse que funciona o serviço de transferência de licença? E quem disse que a Joiku respondeu meu e-mail de solicitação de transferência? Já fazem três dias que solicitei e nada. No entanto, um amigo nosso dos blogs me conseguiu um crackeado e o instalei. Mais surpresa, conecta muito mais rápido que o licenciado. Por essas e outras que às vezes sou a favor dos cracks, pois, depois que te venderam a licença, o suporte te atende com muito menos atenção, se é que atende.

  6. Deus queira que nunca se acabe, pois não têm nen comparação entre cds piratas e originais. Eu compro cd original todo mês, pelo menos dois, afinal estão cada vez mais baratos, finalmente chegaram a um preço justo(15 reais). Já comprei cds piratas, mas eles arranham muito rápido, alguns até foram se decompondo e a gravação sumindo, é dinheiro perdido, é melhor pagar por um com qualidade, com o encarte, a arte gráfica e todo o clima que o artista quis passar no cd atraves do conceito da arte gráfica…. mp3 é legal tbm, mas não é a mesma coisa, têm perda de qualidade do aúdio…eu sou contra a pirataria, e a favor da queda dos preços de cds.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.