ZTE X760: Review

5

Nesta semana o pessoal do Gizmodo enviou um pequeno celular chinês da empresa ZTE para testes, e o meu review que foi publicado no Gizmodo Brasil está transcrito abaixo!! Veja as minhas impressões:

Você quer um telefone com tela sensível? Tipo, andar por aí discando com o dedo, todo bonitão? E gastando pouco? Seus problemas chegaram ao fim. Ok, seus problemas ‘quase’ chegaram ao fim. O ZTE X760 custa só R$ 400 (destravado) e tem touchscreen. E câmera VGA. Clique em MAIS para ler até o fim.

A empresa chinesa ZTE lançou no Brasil o celular X760.A interface dele é bem semelhante à TouchFlo 3D, da HTC, além de ter um formato realmente muito compacto, que cabe literamente bem no bolso! O aparelho lembra muito alguns modelos da HTC (leia-se, o Touch), não só pela interface 3D “cubo”, mas também por suas linhas arredondadas e corpo emborrachado.

Ao receber a caixa do aparelho, o primeiro susto: a embalagem é muito simples e o celular vem embalado em um plástico muito ruim, com aparência de barato. Primeira impressão péssima, não? Mas ao tocar no ZTE X760, as coisas melhoram. O celular tem um bom acabamento e pesa somente 80 gramas, tem um slot para cartão de memória microSD, tela sensível ao toque de 2,4 polegadas, memória interna expansível de 8MB, câmera VGA (???), rádio FM e funciona nas redes GSM e GPRS (sem EDGE e muito menos 3G) em 900/1800MHz.

O segundo susto ficou por conta da grande dificuldade em ligar o aparelho. A bateria zerou e não dava para entender o que era necessário fazer, já que ele se transformou momentaneamente em uma pedra. Mas com algumas horas de carga, o aparelho ligou de forma mágica e resolveu mostrar todo o seu potencial!

O ponto que mais chama a atenção no aparelho certamente é a sua tela sensível ao toque, com resposta vibratória aos comandos e o reconhecimento de escrita com uma minúscula stylus, além da já comentada interface 3D, que facilita muito a operação do celular. Ele responde muito bem nas operações básicas, além de ter grande velocidade aos comandos dos dedos. Apesar da boa resposta aos comandos, a parte gráfica não responde a altura. O cubo 3D parece rodar com certa dificuldade, e de forma um pouco engasgada. Tipo, placa de vídeo com pouca capacidade de processamento, mas não chega a incomodar. Em linhas gerais, pode ser considerado um bom telefone pelo seu preço.

As coisas complicam na parte de multimídia. A câmera tem uma resolução extremamente baixa (VGA!! Não, sério… VGA???) e entrega fotos realmente muito ruins, e o brinquedo não conta com uma entrada de fone de ouvido padrão 3.5mm. Todo mundo deveria ter uma entrada de fone 3.5mm. Até o meu sapato.
O pequeno chinês possui conector padrão mini USB e vem com um carregador USB, o que facilita muito as coisas na hora de comprar os acessórios (menos os fones de ouvido, que neste padrão são praticamente impossíveis de serem encontrados).

Em resumo, temos um aparelho que se destina aos usuários que querem gastar pouco e necessitam somente de um aparelho celular com tela touch para mostrar para os amigos, nem dão muito importância para outros recursos, como a câmera digital, por exemplo. Vale lembrar que apesar se ser extremamente básico, o preço acompanha as especificações. O aparelho custa 399 reais no plano pré-pago da TIM, e pode até sair de graça, com a assinatura do plano TIM Brasil 250.

Pro:

* Tamanho
* Peso
* Conector mini USB
* Carregador USB
* Preço

Contra:

* Câmera VGA (como??)
* Nada de EDGE ou 3G
* Conector para fone de ouvido mini USB
* Falta de recursos mais avançados em seu sistema operacional
* Slot micro SD fica na parte sob a bateria

5 Comments

  1. Luiz Claudio Eudes 08/01/2009
  2. Luciano 17/07/2009
  3. Tiago 15/11/2009
  4. Tiago 15/11/2009
  5. Jonathan 18/08/2010

Leave a Reply