Palm Pre: Um lançamento realmente interessante!

pre_01 pre_04

Hoje durante a CES a empresa Palm anunciou o lançamento de um novo aparelho denominado Palm Pre, que roda uma nova solução integrada baseada em nuvem computação chamado o Palm WebOS que foi construída com base em CMS, HTML e XML. O aparelho possui uma tela touchscreen multitouch de 3.1″ polegadas com uma resolução de 320×480px, teclado QWERTY slide, acelerômetro, 8GB de memória interna e uma câmera integrada de 3megapixels com flash led. O novo modelo ainda conta com as conexões EV-DO, WiFi 802.11 b/g, Bluetooth A2DP Estéreo, GPS, uma entrada padrão de 3.5mm pra fones de ouvido, bateria removível  e porta Micro USB 2.0.

O novo Palm ainda pode sincronizar as informações com o Google, Outlook e Facebook sem duplicar as entradas efetuadas pelo usuário, sendo que o mesmo se aplica ao calendário, o qual apresenta cores diferentes para cada fonte de sincronização. O e-mail e o Instant Messenger também podem ser integrados no novo Palm.

pre_05

O Palm Pre será lançado nos EUA ainda em 2009, e o aparelho poderá marcar uma grande virada de uma empresa que estava sendo considerada praticamente falida. Será que a Palm vai se tornar um grande concorrente para o iPhone e para o Android? Só o tempo dirá!!

Veja mais detalhes no site da Palm.

9 comentários em “Palm Pre: Um lançamento realmente interessante!

  1. Faltou um detalhe muito interessante: o carregador dele é wireless – basta deixar ele na base para carregar, sem nenhum conector, dock ou fio (mas ele também pode ser carregado via usb).
    Honestamente, esse é o primeiro aparelho que me faz querer abandonar o N95. Se ele sincronizar legal com OSX, e os desenvolvedores se empolgarem com o SDK dele, a Palm volta com tudo ao mercado.

  2. A SDK desse bixo é toda baseada em HTML e CSS né? Nada bom… Tá parecendo o iPhone no início.

    Só lembrando que as ações da Palm subiram 35% depois do anúncio oficial do Palm Pre. 🙂

  3. O Palm Pre tem especificações muito boas, só acho que chegou meio tarde, já que agora temos o Android, iPhone, Win Mobile, Symbiam, RIM… Acho que não terá mercado para mais um… Mas como você disse: Só o tempo dirá.

  4. Esse aparelho é tudo que o iPhone poderia ser mas a Apple não quis.

    E melhor, ele inova usando HTML, CSS e Javascript nas aplicações com um visual muito bom e “macio”.

    As ações da Palm já subiram mais de 35% hoje, e se não acontecer nenhuma catastrofe teremos um novo big player no mercado.

    Uma coisa MUITO legal é o SO já estar integrado com os serviços de calendários, contatos e mensagens instantaneas, sem precisar instalar nada, nem usar programas separados. Muito bom.

    Uma pena mesmo é que olhando a interface do N97 fica a séria impressão de que a Nokia parou no tempo.

  5. @Luiz Claudio:
    Eu li em algum canto (nao lembro se foi no Engadget ou Gizmodo) que o WebOS inicialmente não terá suporte aos antigos aplicativos do PalmOS, mas que estavam estudando o assunto. Provavelmente vão usar alguma emulação.

  6. @Andrei

    Então será emulação sobre emulação?

    explico: dos primeiros Palms, até por volta de 2002/2003 eles usavam processadores 68k (também conhecidos como DragonBall da Motorola) depois passaram para processadores ARM emulando os antigos programas do 68k e agora tem um novo sistema (WebOS) que no futuro poderá emular os processadores 68k pros antigo aplicativos (que devem esquecer e ir apenas pros ARM), emulando o sistema PalmOS 5.4

  7. @Bruno Luiz:
    Bem, vamos comparar: Android ainda ta na infancia, osx do Iphone ja amadureceu bastante mas ainda é bem limitado(sem multi-tarefa, bluetooth, etc), Symbian agora que despertou para touchscreen e pessoalmente acho que a Nokia ainda tem que correr MUITO, WinMo, bem… não vou nem comentar e a RIM parece que ainda ta tentando se encontrar. Alguns comentam que o Pre é o produto inovador que o Blackberry Bold deveria ter sido.
    @Rodrigo:
    Apesar de ser css/html/js, a Palm disse que os desenvolvedores teriam acesso a funções do sistema e que ela até abriria exceções para alguns programas irem mais a fundo, exatamente ao contrário da Apple que limitava os “aplicativos web” a não poderem acessar nada do iPhone.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.