Consumo Consciente

Nos últimos anos eu tenho comprado produtos eletrônicos como câmeras, celulares e computadores pensando sempre em permanecer um bom tempo com eles em minhas mãos. No caso do Nokia N95, consegui permanecer um tempo muito superior ao considerado atualmente como normal, e minha câmera Sony V1 de 5Megapixels somente foi trocada por conta do alto preço de sua bateria que deixou de ser fabricada (pelo menos ao que parece) é quando aparece está com um alto preço, praticamente proibitivo. Procurei comprar uma boa câmera nova, recheada de bons recursos e alimentada com pilhas, para que seja possível estender ao máximo o uso deste equipamento.

O meu Notebook é um Macbook branco, que foi turbinado com mais memória e um novo HD, e provavelmente ficará comigo por um longo período, somente com a inevitável troca de sua bateria. Ao assistir o vídeo abaixo e ler muito sobre o consumo consciente, pude observar que ando fazendo minha parte há um bom tempo, comprando aparelhos que vão durar mais em minhas mãos por sua notória qualidade e fazendo pequenos upgrades de baixo custo como por exemplo a compra de cartões de memórias, que hoje podem facilmente deixar o seu Nokia N95 igual a um N95 8GB.

Também tenho evitado ao máximo a compra de CDs e DVDs, optando sempre por versões digitais, para deixar de produzir tanto lixo que não utilizo há anos, como a minha grande coleção de quase 300 CDs que está guardada no fundo do armário sem o menor uso há mais de 5 anos. Para que precisamos guardar tantas coisas? Apesar de não ser um vídeo curto, acho que vale muito a pena assistir, para refletirmos um pouco mais sobre os nossos hábitos de consumo! Não acredito que devemos deixar de comprar as coisas, precisamos apenas comprar  o que realmente precisamos, e que sejam itens de grande qualidade e durabilidade!! Assista ao vídeo e deixe seus comentários!!

Fonte: Update or Die.

9 comentários em “Consumo Consciente

  1. Concordo plenamente!
    O consumo consciente é a saida para reduzimos ou talvez até pararmos com a degradação de nossos recursos naturais!
    Antes de adquirir algo eu sempre pergunto…
    Preciso disto? e muitas vezes a resposta é não!
    Um abraço!

  2. Valeu pelo vídeo, muito interessante.
    Eis aí um vídeo que fala do REAL problema da humanidade atual no que diz respeito aos recursos naturais. Só reciclar não resolve.

    Parabéns pelo site. Muito bom !

  3. Se o problema estivesse restringido apenas a degradação ambiental e a redução de recursos naturais, creio que o consumismo exagerado seria menos agravante.
    Mas quando paramos para pensar nas pessoas que não tem o que comer enquanto “nós” trocamos de celular a cada novo lançamento, realmente o consumo consciente passa a ser um DEVER de todos!
    Por isso, acho válido a tentativa de grandes empresas reduzir impacto que ela mesma produz no meio ambiente, ou então, empresas que de alguma forma ajudam quem mais precisa. Enquanto isso, cada um de nós deve fazer sua parte.
    Creio que o consumo consciente seja mais eficiente e abrangente do que separar o lixo orgânico do inorgânico, ou então, dar esmola a uma criança no semáforo.
    Para quem busca uma forma de ajudar o mundo e não sabe por onde começa, eis aqui um excelente início.

  4. Todos que estão dentro do sistema atual são consumistas.

    Alguns mais do que outros. Como as pessoas que como você valorizam demais a tecnologia.

    O Video é otimo, mas os exemplos de “eu compraria na hora” que os seus artigos trazem são um contraexemplo para o que seria “consumo consciente”.

    Afirmações como “consegui permanecer um tempo muito superior ao considerado atualmente como normal” me fazem questionar, o que as pessoas pensam ser normal hoje em dia.

    E já sei a resposta: o normal é trocar tudo toda hora, como afirmaste em
    “minha câmera Sony V1 de 5Megapixels somente foi trocada por conta do alto preço de sua bateria que deixou de ser fabricada”, ou seja, a obsolecência programada.

    Rodrigo, não me leve a mal, eu gosto do teu blog, só acho que no aspecto “consumo consciente”, não há meio termo.

    A consciência nos faz ver o quanto estamos errados em agir como fantoches do sistema. Veja que me incluo neste “mea culpa”.

  5. Você tem toda a razão Rubinho! Na verdade tenho feito uma grande força para consumir menos, comprando coisas melhores e muitas vezes um pouco mais caras, mas que vão durar mais tempo. Mas esta com certeza é a grande questão, quanto tempo deve ser o considerado normal ou aceitável?

    No caso da câmera eu consegui permanecer o maior tempo possível, que somente foi limitado pela durabilidade da bateria do aparelho. Ainda vou fazer o esquema, para entrar uma compra nova tenho que me desfazer de algum produto antigo, pelo preço que for! O negócio é tentar ficar com o que for realmente necessário!

    Sabe que para comprar a câmera eu vendi um iPod vídeo de 60GB e o N95 que estava encostado depois que eu comprei o E71? Ainda tenho muito o que melhorar, mas acho que com o tempo eu consigo!!! Ou melhor, nós todos!!!

    Um grande Abraço!

  6. Engraçado é que lembro de um celular analógico fantástico lançado pela Nokia nos ano 90, que se não estou enganado era o 6680 e que simplesmente NÃO QUEBRAVA NUNCA! Passei uns 3 ou 4 anos com esse aparelho, até que RESOLVERAM INVENTAR os CELULARES DIGITAIS! Pronto! meu aparelhinho que nunca falhava, que sempre dava linha e que nunca ficava sem bateria, simplesmente DEIXOU DE PRESTAR porque AGORA eu tinha que ter um celular digital, porque era mais seguro, mais eficiente, mais recursos e mais CARO!

    Só citei o exemplo do celular para demonstração o quanto somos manipulados pela mídia e não nos damos conta. Tenho no escritório um computador Pentium III com placa intel que ainda hoje funciona e faz praticamente as mesmas coisas que o meu belíssimo Imac faz. Qual a diferença entre os dois? Dizem que eu preciso de mais velocidade, mais espaço nos HDs, mais memória, mais placa de vídeo….E PRÁ QUE?? Para guardar toneladas de gigabytes de imagens e vídeos que dificilmente irei ver mais que duas vezes, mas que NECESSITO GUARDAR e ainda faço DOIS BACKUPS EM DOIS OUTROS DISCOS para ter CERTEZA de que não vou PERDÊ-LOS. É até cômico porque NUNCA vou ter TEMPO para assistir nada.

    Parei o texto no paragrafo acima e fui ao banheiro e me deparei com uma escova dental novinha sobre a pia que TROCO A CADA DOIS MESES porque DIZEM que é o tempo de duração das escovas atuais…Eu que sou da década de 60 lembrei-me que quando criança usava UMA ESCOVA DENTAL A CADA 8 OU 10 MESES e meus dentes NUNCA CAÍRAM ou ficaram MAIS SUJOS! e que hoje com uma escova a cada 2 meses ELES CONTINUAM IGUAIS.Detalhe!! A escova nova agora tem UMA PILHA DENTRO para que eu não tenha o trabalho de esfregá-la nos dentes.

    Se a gente parar para observar nesses pequenos detalhes, veremos que não passamos de MASSA DE MANOBRA DA INDUSTRIA DE CONSUMO.

    Não é apenas um celular, máquina digital, computador, etc. É simplesmente tudo! Do pãozinho no café da manhã com manteiga LIGHT, DIET, SEM COLESTEROL E SEM SABOR ao deitar na cama KINGSIZE, com edredom de 200 fios e travesseiro testado pela NASA!!

    Não passamos de palhaços nesse imenso picadeiro que se transformou o mundo!

    E o que estamos deixando para nossos filhos e netos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.