iPhone é tudo isso mesmo?

iphone-3g-thumb

Hoje eu encontrei um interessante post no Mobilizado Blog falando sobre a importância de não cairmos na armadilha de supervalorizar o iPhone, independente dos grandes serviços prestados pelo mesmo no mercado de celulares, já que não podemos esquecer que ele acordou toda a concorrência. Muitas ações, páginas e aplicativos exclusivos são criados para o aparelho da Apple todos os dias, entretanto, quando saio na rua tenho a impressão de que a cada 20 ou 30 aparelhos, somente 1 ou 2 são iPhones.

Nos últimos eventos que participei notei um grande número de Nokia E71, alguns N95 8GB (para quem não gosta de levar uma câmera digital), além de Blackberrys e HTC com Windows Mobile. Fora do mundo de tecnologia, o que posso ver são aparelhos com preços de até 600 reais com uma câmera razoável, um bom MP3 Player, bluetooth e Java, o que já ajuda muito a maior parte dos usuários do mercado. Visitando várias lojas das operadoras, tenho a impressão que o iPhone está sobrando nas prateleiras por conta de seu alto preço, enquanto vejo uma quantidade imensa de outros modelos nas mãos dos consumidores.

Segundo o post o iPhone tem menos de 1% de share no Brasil, logo, os anunciantes deveriam manter o foco em outros modelos de aparelhos e plataformas para buscar um maior número de consumidores, e não apenas um pouco de barulho em um mercado tão pequeno. leia o artigo abaixo e tire suas próprias conclusões!! Aproveite e responda nos comentários, a cada 10 celulares ou mais, quantos são da Apple em seu círculo de amizades e no trabalho?

“iPhone: Not the only game in town
I love the Apple iPhone. It’s done more than most to get people browsing the internet on their phones. As the CEO of a business focusses on helping companies capitalize on the mobile internet, this is great news.

Apple’s PR machine has worked with a mass media that has never been actively courted by phone makers in this way.  It has managed to whip up such a flurry of interest in the iPhone that you might think it is the only phone that has a browser.

The iPhone is undoubtedly a cool device, favored by Marketing types and executives in media, advertising and wireless. If all your friends have iPhones, then it’s easy to think everyone has one.

When I saw an article in Mobile Marketer that provided an un-sourced sound-bite: “The iPhone comprises 8.2 percent of all U.S. handsets and 67 percent of all mobile traffic”, I was stirred into action.

Knowing how hard it is to get any accurate read on internet traffic and traffic from mobiles in particular, that statement not only seemed rather implausible, but also the “67 percent of all mobile traffic” claim sounded so sweeping as to me meaningless.

Is that 67% of bytes transferred? 67% of pages accessed? 67% of user sessions? What is “mobile”? Is it mobile devices browsing via all routes (WIFI and mobile operator)? Does iT include mobile use of laptops? etc etc.

Apple and AT&T claim there are about 8 million iPhones in use in the USA (about 5% of handsets, and about 9% of handsets that connect to the mobile web). Comscore says: “While smartphones and high-end feature phones, like the Samsung Instinct and LG Dare comprise the Top 10 devices used for news and information access, 70% of those accessing mobile Internet content are using feature phones.”

Many Blackberry and Treo users access the internet. When you walk down the street in any American city, you definitely see people with iPhones but also lots with Blackberries, Razrs and the new Samsungs.  Millions of Sprint, T-Mobile and Verizon users certainly browse the web on their devices.

comScore also says: “Among the audience of 63.2 million people who accessed news and information on their mobile devices in January 2009, 22.4 million (35 percent) did so daily; more than double the size of the audience last year.” So ten times more mobile users accessed news and information websites on their mobiles in January than owned an iPhone. That sounds very plausible.

The reason many people come up with these 67% numbers is that website owners look in their weblogs and see iPhones visiting. They look to see if any other phones visit (Blackberries, Windows Mobile etc.) and find that iPhones are in the vast majority. What they don’t see is the millions of accesses to sites that are promoted to mobile users and that work well with other mobile devices.

Facebook claim that more than 25 million of their users access Facebook on their mobiles – so that means at least 50% of Facebook users are not using an iPhone.

Another reality check is that Bango sees traffic to thousands of mobile optimized sites from more than 40 million unique users every month. The iPhone is not featured in our statistics of the Top 20 handsets for people browsing the mobile web worldwide, in fact it’s at 24th position.

Our stats reflect businesses that monetize their mobile content and services across a wide demographic as spending by iPhone users is restricted to the Apple App Store.  But, its clear that by just focusing your mobile marketing on the iPhone then you are missing out on the mass market.

Of course the iPhone has three big benefits as a “first choice target”:

  1. You don’t need to do much to optimize a site to iPhone,
  2. iPhones users are (today) a homogeneous group and
  3. iPhone users are wealthy and well connected – they have to have a broadband PC to make the iPhone work and teh ability to spend $50/month or more on a phone.

On the other hand, the browsing limitations of the iPhone – especially its inability to download any content such as MP3, videos or apps from your website may cause problems.

Based on the number of handsets projected to be sold by the end of 2009, there are other choices to consider: Outside Japan and Korea, Nokia is the leader with sales of the S60 likely to reach 300m, followed by Windows Mobile and iPhone at about 40m , with RIM at around 25m and Google around 5m.

Whatever you do, don’t loose sight of the rewards that the mass market will bring by thinking that the iPhone is the only game in town.”

42 comentários em “iPhone é tudo isso mesmo?

  1. Eu penso o seguinte: o iPhone é um otimo celular para navegar e consumir conteúdo multimidia, ele não é um celular voltado para fotos e filmagens e tb não é o que há de melhor em produtividade, mas para jogos e diversão ele é exelente… eu acredito que ele esteja vendendo pouco no Brasil devido a ganancia das operadoras em ganhar muito dinheiro, se ele tivesse um preço mais competitivo acredito que não sobraria nas prateleiras, pq pensa bem, quem tem 2000 reais para compra-lo? Ou quem é que quer pegar um plano de dados caríssimo? São pouquíssimas pessoas, eu mesmo, só comprei o iphone pq um parente trouxe do exterior por um preço bem mais camarada… tenho varios amigos que comprariam o iphone e não compram exatamente por causa do preço…

  2. olha conheco apenas uma pessoa no meu grupo de amigos inteiro que tem iphone… a grande maioria tem aparelhos com symbian… 2 com n95 e uma outra grande parte n73..e um com um n82

  3. Acho o Iphone um bom “telefone”, ele como um Smartphone ainda não deve ser considerado um dos melhores devido as suas várias limitações, quer dizer, não do aparelho, mais sim da Apple, pois se o sistema fosse aberto, juntando com o seu Hardware creio que ele seria um dos melhores, ou até mesmo o melhor, mais o que conheço da Apple, ela nunca vai deixar ele com o sistema livre, não diria livre, mais pelo menos diminuisse as restrições que ela impôe…

  4. O Iphone infelizmente ainda é um smartphone de luxo na minha região. Entre os meus amigos aqui de Recife, praticamente nenhum tem o queridinho da Apple. O máximo que encontrei foi o N95-3. Só vi o prefeito usando Iphone rsrs.

  5. Se o Iphone não fosse tudo que é não perderiam taaanto tempo e taaantos posts tentando denegrir o aparelho. É claro que a supervalorização existe. Contudo, o aparelho é um telefone muito interessante mesmo! Já fui hard user do N95 (com diversas participações no blog) e mudei para o

    Iphone 3g que comprei no lançamento.
    Mesmo perdendo várias funcionalidades que tinha no N95 (que é praticamente um NOTEBOOK mesmo) ainda estou preferindo o Iphone 3g como celular.

    Enfim… O bichinho é um aparelho viciante e com a interface mais intuitiva

    1. Grande Marcelo!!! Quanto tempo!!! Sabe que eu entendo quem muda do N95 para o iPhone? Com certeza o que faz as pessoas mudar é a mesma coisa que me fez trocar o N95 pelo E71!! Funcionalidade é a chave!!! Encontrando as funcionalidades que são mais necessárias para para você, é possível ter o aparelho certo nas mãos, seja um iPhone, um Nokia ou um Blackberry!!! Estava sentindo falta dos seus comentários!!! Será que vou ter que falar mais do iPhone para poder ver você mais por aqui? Um grande abraço meu amigo!!

  6. O dado mais interessante é a discrepância entre a porcentagem de aparelhoe e de tráfego na internet… Isso ilustra o conceito do iPhone.

    A idéia não é o aparelho… é a “experiência” que você tem com ele. O iPhone é a extensão do iTunes até o seu bolso. Como os serviços do iTunes Brasil são tímidos e o iPhone ainda exorbitante, não deslanchou… mas para o usuário comum além de prático será sempre uma tentãção para gastar com música filmes e jogos.

    Ontem eu tive da Flagship Nokia Store… O Michel me atendeu e fez propaganda do seu Blog. Estava conversando com ele a respeito do N810 x iPod Touch… aparelho por aparelho eu acredito que o Nokia possa ser melhor… mas o iPod, é só a extensão de todo os resto da apple.

  7. Ola, concordo com o Marcelo, o iPhone tem muita propaganda para pouco aparelho, ainda mais que ele já esta ficando velho mais rápido que o N95. Na empresa recebemos em comodato 8 aparelhos a escolha, ninguém pegou o iPhone, no meu grupo de amigos, apenas 1 tem iPhone, que travou quando ele recebeu uma ligação e esta para troca na TIM.

    Abraços

  8. Bom, estou escrevendo porque “cansei” do blog só falar “mal” do iPhone. Qualquer que seja o post, o assunto iPhone está no meio. E por incrível que pareça é sempre alguma coisa depreciativa. Compra quem quer, poxa. Eu tive Nokia a vida inteira, amava symbian, a possibilidade de instalar aplicativos gratuitos e tudo isso, mas também sou usuário dos produtos da Apple.
    Está certo que a Apple Brasil é a maior furada do mundo, seja na área de marketing, seja no relacionamento com o cliente. Mas o iPhone é um aparelho que satisfaz plenamente as minhas necessidades: Agenda telefônica, agenda de compromissos, músicas, fotos e jogos. E o melhor, tudo integrado com o meu Mac.
    E vejam só, é possível que os dois mundos convivam conjuntamente. Nem um nem outro é perfeito.

  9. Oi Ricardo, tudo bem? Também sou usuário de produtos da Apple e tenho um iMac, um Macbook e um iPod Touch, e apesar das brincadeiras, sempre gosto de comentar que tudo é uma questão de gosto e necessidade de cada um. Hoje sai com minha Mãe para ajudá-la na compra de um celular, e para o uso dela a melhor opção foi um Smsung, já para minha esposa um Sony Ericsson.

    Na verdade eu gosto de brincar e fomentar discussões, mas acho que uso mais produtos da Apple do que a grande maioria dos usuários do iPhone, e sempre considero muito as suas virtudes, tanto que tenho testado vários aplicativos para iPhone enviados pelos próprios desenvolvedores.

    Pode deixar que eu vou pegar um pouco mais leve com o iPhone!! Um Abraço!

  10. Concordo com o Marcelo BsB. Se o iPhone não fosse um bom aparelho não geraria tanta polêmica. Alias, é assim que as coisas funcionam. Quem vai perder tempo atirando pedras nos últimos colocados? As pedras tem sempre como alvo os que estão no top. E os top de linha vão ser sempre utilizados como foco nos anúncios de qualquer coisa no mundo capitalista. É assim com carros, eletrônicos, eletrodomésticos, imóveis, e, “pasmem”, telefones. São sempre os top de linha que aparecem em propagandas e testes. São eles que dão o que falar, que chamam a atenção, apesar de terem sempre um share bem pequeno. Veja este blog, por exemplo. Não me lembro do Rogrigo, fã assumido da Nokia, ter feito algum post falando do Nokia 1208 ou do 1680, que são aparelhos básicos. Falam em share pequeno do iPhone (e é mesmo), mas eu pergunto (não sei mesmo): qual o share de aparelhos de valor proximo, como por exemplo o N95 8G, N96, Omnia, Xperia, entre outros? Tenho colegas que tem esses aparelhos citados e também colegas com iPhone. Na grande maioria (95%) são usuários leigos que não utilizam nem 10% das ferramentas de seus aparelhos. O restante (5%) são hard users e tem iPhone. É fácil comparar a quantidade de iPhones (que custam abusivos $$$$$$) com a quantidade de Nokias (que custam de $ a $$$$$$) e achar mais Nokias…
    Assim como o Marcelo, já fui hard user de N95 e troquei pelo iPhone e nem por isso fico falando mal do N95. Aliás sou apaixonado por ele e pela Nokia até hoje. Tanto que continuo visitando blogs da fãs de Nokia, como esse.
    Mas assim como o Ricardo, estou ficando cansado de entrar nesse blog e perceber que quase metade dos posts são para falar mal do iPhone (e no final fingir que não foi esse o objetivo dizendo que cada usa o aparelho que melhor atende suas necessidades (o que é verdade)). Não é porque o aparelho “A” atende todas as suas “taras” (ops. “necessidade”) que o aparelho “B” não merece aplausos.
    O Ricardo disse tudo: é possível que os dois mundos convivam juntos, e sem agressões disfarçadas (ou não) de um lado ou de outro.

  11. O iPhone ainda é uma grande tentação. Mas, não é mais aquela que Não se podia ver. Está aí nas prateleiras. O problema são os Hard Users que querem o Máximo no aparelho e a Apple só tem um aparelho. Se ela fosse colocar logo de cara perderia o foco no futuro (vai lançando aos poucos e fica o foco na “tão aguardada função” que “todos” gostariam que tivesse) e teria que perder mais tempo no lançamento e desenvolvimento de um smartphone. E pelo que parece a Apple está focando mais em jogos (brigando com o PSP da Sony) pois, em Multimídia ela já domina. Um Smartphone pode ser a “carta na manga”.

  12. Concordo em alguns pontos com o que disse o Jeff, acho que a Apple tá preparando um iPhone mais “smart” e deve anunciar ele ainda esse ano, ou que outra explicação teríamos para que ela estivesse vendendo ele nos EUA liberado sem mais uma obrigatoriedade de um contrato com operadoras?
    Também vejo que ele só não deslanchou aqui no Brasil ainda por causa dos altíssimos preços. Não só pelas operadoras mas alguém já viu os preços no Mercado Livre? Estão estratosféricos.
    Prefiro esperar um pouco mais pra ver o que a Apple vai anunciar esse ano.

  13. Em minha turma na faculdade de 40 alunos 1 tem Iphone

    Enquanto que na mesma turma 3 são N95 e a grande maioria telefones que não chegam a 600,00 mas todos com seus fones de ouvido pendurado ao pesoço prontos para semrem usados.

    Um abraço a todos.

    1. Wilson, boa noite!! O post não foi excluído, é que eles sempre vão para a moderação antes de serem publicados. A questão sempre é gosto, e no meu caso como muitas vezes preciso trabalhar quando estou em trânsito o iPhone não me atende. Pode ser que no futuro as coisas melhorem, ele se torne multitarefa e ganhe os programas que eu uso nos outros aparelhos, e com certeza eu vou querer usar o aparelho. Não ganho para escolher nenhum dispositivo e tenho que gastar o meu dinheiro para ter os celulares em casa para o meu uso, logo, compro os aparelhos que realmente gosto. Tenho mais aparelhos da Apple do que muitos donos de iPhone, mas para o meu uso ainda não consegui utilizar o aparelho.

      Já utilizei aparelhos da Palm, depois mudei para Windows Mobile e agora estou com Symbian e Maemo, e se o novo Palm for bom, volto para ele, já se o iPhone ganhar as funcionalidades que eu preciso, também posso usar este modelo, pois não estou preso a nenhum aparelho. Meu objetivo não é ofender nenhum leitor que usa o iPhone e já utilizou o N95, nem tomar partido de uma marca ou outra, até pelo fato de que hoje posso ser considerado um hard user de aparelhos da Apple, já que fico na frente de um Mac o dia todo.

      Desculpem os que se sentiram ofendidos, pois em nenhum momento foi minha intenção falar mal de nenhum produto, pois procuro sempre colocar minha opinião sincera. Gostaria ainda de deixar claro que não falo mal de um aparelho para depois “fingir que a intenção não foi esta”, e que realmente entendo que tudo é uma questão de gosto e necessidade de cada usuário. Quando as fotos, vídeos e games eram mais importantes para o meu uso, estava feliz da vida com o N95, já quando passei a escrever mais e navegar mais na internet optei pelo E71, que tem uma câmera péssima, pois para as minhas necessidades este era o melhor modelo.

      Como disse, vou pegar mais leve com o iPhone, e também espero que ninguém fique ofendido, nem ache que estou perseguindo a marca da Maça!! Um Abraço Wilson!!

  14. Acho que não tem sentido ninguém se ofender por conta das opiniões a respeito de celular!

    Eu tenho um E71, mas adoro o conceito do iPhone… como do iPod… e tenho certeza que a experência com o iPod contribuiu para a minha “conversão” ao Mac…

  15. O slogan do Blog deveria mudar de “mobile experience” pra “Nokia-Mobile Experience!!!”…faria mais sentido.

    O iPhone é tao ruim que colocou a Apple em terceiro lugar na venda de smartphones no ano passado. É tao ruim que a Nokia tratou de lancar aparelhos que tentam recriar o look and feel da tela de touch, do visual e da Apple Store.

    A camera do iPhone é uma droga. Multi-task apenas é possivel com jailbreak e as limitacoes da Apple sao um saco. Mas a proposta do iPhone nao é tirar fotos incriveis ou ser usado como extensao do notebook. Sao os fanboys da Nokia que esperam isso.

    A Apple melhora o aparelho a cada nova firmware e ja comeca a rever seus bloqueios voltando atras para liberar funcoes que antes eram o calcanhar de aquiles do iPhone. Mas ele NUNCA vai ser um BlackBerry ou um N95.

    Vejo o aparelho como o Nintendo Wii, que so concorre com ele mesmo. Existem aparelhos melhores, mas a usabilidade, simplicidade e apresentacao do produto sao fatores que devem ser levados em consideracao.

    Respondendo à sua pergunta, aqui no trabalho tem 4 iPhones, 1 E71 e uma porrada de Nokias, SonyEricssons e Motorolas mid/low-price.

    Comecei a ler o blog pq me interesso por gadgets em geral, mas to comecando a largar de mao diante dessa repeticao de asuntos, polemicas pueris desnecessarias e matérias que mais parecem patrocinadas pela Nokia, tamanho o grau de adoracao.

    Ao longo do tmepo de vida do blog vi o autor melhorar a cada post e trazer os melhores reviews de gadgets. Mas devo dizer que essa fase pos-iPhone ta cansando…

  16. bom nao estou defendendo o rodrigo mais sempre leio o blog e diversas vezes o rodrigo fala que nao e contra o iphone ele sempre fala que cada um tem sua necessidade eu pelomenos gosto do iphone mais nao troco meu n95 por ele e outra ta caro ne rsssss

  17. iPhone = marketing, mídia, marketing, mídia, marketing, mídia, só um rinoceronte pode comparar um N95, E71, 5600, N97, Symbian e tudo mais com a lenda do Steve. Acordem!

  18. “tenho a impressão de que a cada 20 ou 30 aparelhos, somente 1 ou 2 são iPhones”

    Certo, então vc diz que cerca de 10% dos celulares que vc ve na rua são iphones e acha isso pouco?

  19. Bem, não tenho o objetivo de fomentar a discórdia, mas o ressentimento dos defensores do IPhone dão uma pista da realidade. Todos confirmam exatamente o que falou o Rodrigo e ao mesmo tempo ficam indignados com o post. Não adianta nhenhenhem, se você gosta de firula, beleza e ouvir MP3, vai de IPhone, esta estória de experiência de uso não passa de firula e falássia de marketing. Agora, se você busca praticidade, produtividade e especialmente FLEXIBILIDADE, ah amigo, procura outra coisa (precisa dizer o quê?).
    Abraço.

    1. Oi Ronison!!! Sabe que para áudio, vídeo e games eu tenho utilizado um iPod Touch? Mas acho que podemos nos adaptar aos pontos fortes e fracos de um determinado produto quando gostamos muito dele, como é o meu caso com o E71, que eu adoro apesar de sua câmera péssima! Um abraço!!

  20. Bem, eu acredito que o Rodrigo é bem imparcial. O blog claramente não recebe patrocínio de nenhuma marca, pois ele não esconde os pontos fracos de nenhum equipamento. Fanboys não reconhecem defeitos nos aparelhos da marca, como o Rodrigo expôe dos aparelhos Nokia.

    Acontece que o blog é um lugar para colocarmos nossas opiniões, tão e somente isso. Já vi comentários bem positivos a respeito do iPhone, como os posts sobre sua vocação sobre jogos. Várias vezes o autor já deixou claro que, hoje, a sua plataforma de jogos número 1 é o iPod, que substituiu o seu PSP.

    A alguns meses, o Rodrigo deu a dica do “kit de aula”: um celular com um teclado bluetooth. Eu até comentei neste post que um N800+telefone com modem bluetooth + teclado bluetooth seria ainda melhor. Hoje, vejo como o N810 se adequou às suas necessidades e fico feliz por isto. Um iPod/iPhone, com certeza não as adequaria, principalmente pela falta de um teclado externo! Pode ser que, com as atualizações de firmware / hardware, um iPod se torne mais vantajoso para as necessidades atuais (um iPod com teclado bluetooth é bem mais produtivo!) e o Rodrigo venha aqui falar bem dele. Mas, com a blogosfera infestada por posts carinhosos sobre o iPhone, é bom ler algumas opiniões divergentes. Faz bem para a formação da nossa opinião, conhecer os pontos positivos e negativos dos aparelhos!

    1. Grande Mauro Martins!! É verdade meu amigo, as poucas vezes que consegui o milagre de ter algum anunciante no blog, vendi um espaço para um banner com a condição de poder continuar escrevendo sobre todos os assuntos sem qualquer interferência, e a condição que vale é sempre esta. Se a empresa concordar e assumir o risco, ótimo, se não concordar, não fecho negócio e está tudo certo. Foi muito bem lembrada a questão do PSP, onde eu até publiquei um post comentando sobre a facilidade de encontrar e baixar os games!!

      Quanto ao N810, com certeza você tem uma boa participação na minha compra, pois considerei muito os seus posts e comentários antes de comprar o aparelho!! A culpa também é sua!! Hehehehehe! E com certeza eu concordo com você, não sou fechado na utilização de nenhum produto, e como mudei da Palm para o Windows Mobile na época que ninguém fazia isto, quem sabe não posso considerar novos aparelhos (Palm Pre ou iPhone) no futuro?

      Um grande abraço e continue sempre por aqui com suas ótimas opiniões e contribuições!!!

  21. Rodrigo, não entendi porque meu comentário também foi apagado!? Ele apareceu depois de uma horas sumiu! Apagar os comentários não parece uma política justa para os leitores. =/

    1. Oi Ronison! Na verdade o blog está configurado para mandar todos os comentários para a moderação, e por isso eles não aparecem imediatamente. Eu somente apago posts com Spam, links para programas ou sites piratas ou quando contém ofensas ou algum tipo de desrespeito no texto. Pontos de vista diferentes são sempre publicados sem problemas, pois sempre ajudam a conhecermos melhor outras opiniões. Quem sabe num destes comentários educados e de alto nível eu não sou convencido a usar um iPhone? Eu já tenho um iPod Touch e uso Mac, o que certamente é meio caminho andado!!! Grande Abraço!!!

  22. Respondendo para varios user’s aqui:
    Hard user de N95 migrar para iPhone? Acho meio estranho..

    Tenho varios amigos com N73, N95-1, N95-3, N95-4, E61 (ou algum modelo bem parecido, nao conheco muito a serie E), e APENAS UM com iPhone.. que é quem mais usa o cel apenas para fazer chamadas… Todos os outros sempre reclamam de memoria do celular, de tantos aplicativos que usam simultaneamente..

    Algo que eu tenho duvidas: Sempre li sobre o iPhone nao ser multi-tarefas.. ou multitask apenas com app da propria Apple.

    Como que um hard user de N95 migraria para um sistema sem multi-tarefas? Eu mesmo nao conseguiria sobreviver assim… realmente a interface dos produtos da Apple nao tem comparacao.. sao muito melhores de usar, faceis, intuitivos.. mas prefiro um smartphone… com SO como Symbian ou Windows Mobile.

    Abraços a todos… (e tb aos fissurados por iPhone, que acham que esse é o unico aparelho)

    1. Oi Hood171, tudo bem? Acho que tudo é uma questão de gosto e necessidade. No meu caso deixei a maravilhosa câmera do N95 pelo excelente teclado do E71, tudo pela necessidade de um teclado para tornar a digitação mais simples e rápida. Agora já estou pensando no N97, mas gosto é um negócio muito particular. Hoje muitas vezes ando com quase 1 Kg de equipamento em uma pequena mochila, pois saio com o E71 no bolso e um N810 e uma Canon SX10 IS na mochila para nunca perder uma boa foto, e estou feliz da vida com a mala cheia de tranqueira!!! Dependendo de onde vou ainda carrego o iPod Touch para ouvir música e ver uns filmes e o PSP para jogar uns games mais bacanas!!

      Claro que em muitas situações saio somente com o E71 velho de guerra com o bolso bem leve, mas não preciso de um tudo-em-um o tempo todo! Um grande abraço, e viva a diversidade!!! Hehehehe!

  23. Hood171 eu sou um dos que migraram do N95 para o iphone e vou te responder como eu fiz para me adaptar… primeiramente, o iphone não é monotarefa, o q muitos não sabem é q o sistema sempre está com o safari e o email aberto em segundo plano, por isso é muito comum eu estar fazendo alguma tarefa qualquer e o iphone vibrar e apitar avisando um novo email, até mesmo fazendo uma chamada, o que acontece é q a Apple como sempre só deixa aplicativos dela rodando em Background, mas para quem tem o iphone desbloqueado (como eu) pode-se escolher quais programas vc quer q fiquem abertos em segundo plano, aí vai depender da sua necessidade, eu só não entendo o pq de varios programas abertos ao mesmo tempo, se tudo abre muito rapidamente, qdo eu deixava muita coisa aberta no meu n95-3 eu lembro q ele ficava meio lento, pelo menos no iphone tudo funciona com otima velocidade…

  24. Leio este blog há um bom tempo, bem como outros blogs destinados somente ao iphone/ipod touch. Acredito que todas as opiniões são válidas mesmo aquelas que apontam as “falhas” dos aparelhos porque não existe e acredito que nunca vai existir um aparelho que agrade a todos.
    Adoro a Nokia pela sua liberalidade e funcionalidade e adoro a apple pela sua facilidade e elegância.
    Como não pretendo abandonar nenhum dos dois, hoje tenho um Nokia N95 8gb (usado como telefone normal e voip, camera digital, player de mídia, wifi hotspot com vivo 3g e joikuspot) e um ipod touch 16gb (usado como principal navegador de internet, vosualizador de e-mail, youtube player, mp3 player). E assim vivo muito feliz com esses aparelhos e suas funcioladidades que se completam.

  25. Não possuo um Nokia e nem um iPhone, e acesso o blog do Rodrigo um quase 01 ano. Posso deixar bem claro que não sou uma pessoa influenciável, mas levo muito em consideração os comentários, críticas e sugestões do Rodrigo. Leio atentamente os posts deste blog, pois respeito tudo aquilo que ele escreve. Não preciso recorrer aos conhecimentos do Rodrigo para saber qual o aparelho celular que serve para as minhas necessidades pessoais e profissionais, sei reconhecer quais os pontos fracos de cada aparelho e também sei o que ele pode me oferecer. Áqueles detratores do Sr. Rodrigo Toledo eu simplesmente peço que não utilizem este espaço para fazer críticas negativas, insinuações e ofensas, pois se trata de um espaço democrático e cordial (em que há boa vontade ou convergência de pontos de vista).

  26. Para o Iphone é comprovação explícita das máximas: “A propaganda é a alma do negócio!” e “Uma mentira repetida muitas vezes acaba virando verdade!”. Nem cheguei a comprar um Iphone, mas passei uns 2 meses estudando diariamente sobre ele e os aparelhos Symbian e Windows Mobile. Escolhi o N95 e fui comprar. Na hora da compra ainda mudei de idéia e fiquei com o N95 8GB. Fantástico. Me atende perfeitamente bem. Agora o que ouço sobre o Iphone até hoje me dá mais certeza ainda que fiz a escolha certa. Não duvido das qualidades do Iphone, mas depende muito das necessidades de cada um.

    Até.

  27. Nossa, realmente não tinha visto um post com tantos comentários, então vou me manifestar. Eu sou apaixonado por tecnologia, sou desenvolvedor independente para plataformas Mac, Windows e Linux e realmente sou isento quanto a esta ou aquela marca, simplesmente uso o que gosto e acho bom.
    Adoro ler o Blog do Rodrigo, apesar de não postar comentários sempre, mas tenho absoluta convicção da imparcialidade e da seriedade que o Rodrigo trata os assuntos mostrando os pontos fracos e fortes de cada produto que usa.
    Eu por exemplo sou fã da Apple, tenho 1 ipod Classic, 1 iPod Touch, 1 MacBook, de tão evangelizador minha esposa acabou aderindo a Macã e comprou um MacBook para ela. Sempre gostei da Nokia e de seus aparelhos, hoje tenho um E61 que apesar de muito tijolão eu adoro de verdade. Em relação ao iPhone, apesar de entender o ponto de vista do Rodrigo que acha que o iPhone não atende a sua produtividade, no meu caso, eu adoro o iPhone acho um aparelho espetacular e vale cada centavo pago, usabilidade, recursos e softwares disponiveis, pelos menos no meu caso, me atendem perfeitamente e com certeza não trocaria por outros smartphones que conheço, nos smartphones da Nokia o recurso que mais admiro é o cliente SIP nativo que permite me conectar ao PABX da minha empresa, acho isto matador, sem te que usar outros aplicativos como FRING.
    Mas enfim, entendi o que o Rodrigo quis dizer, na verdade ele relato no blog as experiências dele e um blog realmente é isto, expor as suas opiniões e em momento algum eu entendi que ela falou mal do iPhone ou da Apple, até pela quantidade de equipamentos da maçã que ele tem em casa.
    MAs enfim, acho válido o debate e quando feito de forma democrática, afinal a pluridade de idéias é o que norteia a democracia.
    Eu adoro o iPhone e os produtos da Apple, mas sei que existem outras empresas qcom bons produtos. Ainda não comprei porque esta muito caro, acho que este é o problema.
    Se você chegar em algum lugar e perguntar quantas pessoas tem um mercedes?? Poucas né? Com as devidas proporções, isto se compara ao iPhone no Brasil.
    PArabéns ao Rodrigo pelo blog e por compartilhar suas experiências.
    Abraços a todos

  28. Leio o blog do Rodrigo há coisa de um ano e meio, quando comprei um N95 no final de 2007. A compra não foi motivada pelas opiniões dele, mas sim por minha necessidade de ter um aparelho com um bom GPS (de verdade) e nisso posso dizer que o N95 é muito bom. Na época viajava muito pelo Brasil inteiro e o N95 já me fez não ficar perdido em cidades como Bauru, Salvador, Ribeirão Preto, Belo Horizonte e por aí vai.

    Ao adquirir meu aparelho, logo percebi que o software de mapas e roteiros da Nokia era horrível, e foi assim que conheci o Blog do Rodrigo. Procurando um bom software que tirasse o melhor proveito possível do GPS embutido no aparelho.

    Também possuo há muito tempo um Ipod Vídeo (antes mesmo do N95) só que esse já está praticamente aposentado.

    Considero imparciais os posts do Rodrigo, e tenho pensado bastante para escolher um dispositivo móvel de acesso à internet mais prático que o N95 e não me decidi ainda entre o Ipod Touch e o N810 ambos sempre bem avaliados, com seus pós e contras.

  29. olha que engraçado como de 2009 pra cá as coisas mudaram. As operadoras estão com estoque totalmente vazio, tem gente que fica 3 meses na fila de espera so pra comprar um iPhone. As suas limitações realmente existem sim, mas que outra loja compete com a App Store? Que outro celular tem a tela touch screen melhor que o iPhone, que outro celular tem uma UI mais fácil que a do iPhone. Pois é, se em dois anos as concorrentes não conseguiram criar um concorrente direto, eu acho que o iPhone é isso tudo sim. (Que smartphone e fabricado pela atual maior empresa do mundo?)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.