Sony Ericsson Xperia X10 ganha acesso root

sony-xperia-x10-root

Depois de 3 aparelhos com defeito eu acabei desistindo do Milestone, e depois de muita briga consegui trocar o aparelho pelo Sony Ericsson Xperia X10, e encontrei uma ótima notícia no  Vida Móvel Blog.

O Xperia X10 finalmente ganhou o acesso Root, o que possibilita com que o usuário possa instalar vários tipos de aplicativos, além de custom roms. Agora os desenvolvedores que criam as roms podem lançar as atualizações do Android (2.1 e 2.2) para esse modelo que ainda utiliza o Android 1.6.

Vale lembrar que liberar o acesso Root do celular faz com que a garantia seja perdida!!

Para aqueles que quiserem ter acesso root no Xperia X10, basta acessar o link abaixo: http://forum.xda-developers.com/showthread.php?t=711907

Fonte: Android and Me, via Vida Móvel Blog.

13 comentários em “Sony Ericsson Xperia X10 ganha acesso root

  1. Parabéns Rodrigo por saber seus direitos
    Espero que o MOTOENROLA nunca mais te engane

    UMA PERGUNTA:

    Vc alguma vez teve a possibilidade de usar um HTC???
    Cara desde o modelo HTC Touch HD tenho certeza que nenhuma outra marca mais irá me enganar…

    Parabéns pelo site.
    Muitas coisinhas e matérias interessantes

    Só te dou uma dica para vc começar a falar mais sobre a infinidade de programas para HTC (windows mobile e suas diversas room e shells alternativas um mundo de flexibilidade), pq é sem dúvidas uma marca que tens que dar mais destaque

    LoudTalks
    Seu celular se transforma em um rádio

  2. Rodrigo, estava muito interessado no milestone e no n900. Vc me indica qual? pois vi que vc teve problemas com o milestone mas deve ser um lote da vivo, pq nao se escuta falar mal do milestone! oq vc e diz? o maemo vai continuar existindo?

  3. Eu só fico muito surpreso com o fato de vc insistir que os seus miles tinham problemas com o usb, sendo que todo mundo sabe que basta não fechar a aplicação no task killer.

  4. O acesso Root não faz com que você perca a garantia já que ele pode ser revertido com um reflash no aparelho.

    Sobre as ROM’s acho difícil lançarem para o X10 devido a complexidade do Media e Time Scape além de estar vindo o Eclair para o modelo no Q3 (Julho/Agosto/Setembro).

    Enquanto isso, o Samsung Galaxy Lite já tem uma versão Alpha do Froyo disponível.

  5. Mas pode ser instalada a versão 2.1 ou mesmo 2.2 sem a personalização da Sony… ficaria o android natural mesmo, porém atualizado…

  6. Essa imagem ficou meio fail… ou não. Mas parece q o Xperia tá no meio das pernas da Claudia Ohana, hahahaha.

  7. No meu HTC Desire uso o task killer e reconecto o cabo usb e reconhece sem problemas, só salientando o que o Rodrigo disse.

  8. Mark_SP não dá. O sistema da SE é complexo e atualizações puras são nada mais que ROM’s adaptadas de outros modelos. Esse caso leva as várias “versões para o Galaxy Lite” e até mesmo o projeto do Gasp de levar o Froyo ao Galaxy mesmo ele estando preso ao Cup(1.5).

    E como ele terá atualização até setembro oficial, não acho uma boa ideia atualiza-lo para uma ROM, mesmo porque, em alguns casos, o processo é irreversível (caso do 1.6 para Galaxy que não adianta rodar a ROM TIM pois não pega.)

    Abraço

  9. Não acho que liberar acesso root ao aparelho possa causar perda da garantia. É apenas software, nada de hardware. Mesmo porque, basta reinstalar o firmware que a assistência nem vai ter como saber que o root estava liberado. Na verdade acho que nem overclock, que é mais radical, causaria a perda da garantia. Seria necessário uma investigação muito profunda para descobrir que o aparelho estava rooteado ou overclockado, coisa que duvido que as autorizadas chulés que existem no Brasil fariam.

  10. Reitero o que foi dito em alguns comentários, root não perde a garantia, basta dar um reflash no aparelho pra versão original e pronto. Meu milestone deu problema e, antes de enviar pra garantia, coloquei o firmware original da vivo. Acho que estava usando a versão 2.1 UK.

    Quanto ao root permitir instalação de firmwares personalizadas, acho que essa informação não está 100% correta. O processo na realidade necessita que o bootloader seja liberado.

    O exemplo é o próprio milestone, que, embora tenha todas suas roms ‘rootáveis’, não admite roms especiais. Simplesmente porque o bootloader dele é travado, diferente do Droid. Essa é a principal reclamação dos donos de milestone, mais ainda por não haver uma explicação pra Motorola ter feito isso.

    Agora, quanto ao que o ‘neguinho’ comentou, aparelhos na garantia não são abertos nem reparados pelas autorizadas espalhadas pelo Brasil, o único trabalho dessas é enviar para a Motorola em SP, e nesse caso, imagino que um overclock seria algo mais evidente.

  11. Eu comprei um Xperia e em menos de 5 dias o telefone teve vários problemas como poeira entrando dentro do visor, muita instabilidade nos softwares e principalmente na câmera quemuitas vezes fica “indisponível”, alguns programas como Google Talk e Google Street View que segundo o manual deveriam vir instalados no celular, não veio.
    E a assistência da Sony é horrivel, lamentável.

    Esse é o Sony XPloda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.