Segundo o Google, o Android 2.2 (Froyo) não está otimizado para uso em tablets

Nas últimas semanas muitos tablets foram anunciados com o Android 2.2 (Froyo), entretanto o pessoal do Google andou comentando que o sistema não é adequado para tablets.

O diretor de produtos para dispositivos móveis do Google, Hugo Barra em uma conversa com o TechRadar explicou que o problema está nos apps, e na forma como eles funcionam em tablets. “A forma como o Android Market funciona é que não estará disponível nos tablets, que pode fazer com que os dispositivos e aplicativos não funcionem corretamente”. Isto é, o Android Market e o Froyo são feitos para smartphones.” Em outras palavras, o Froyo não é otimizado para tablets”.

Provavelmente as próximas versões do Android serão otimizadas para tablets, mas estas primeiras versões poderão comprometer o desempenho do sistema no mercado. Na minha opinião o que pode fazer a diferença não é uma eventual customização do sistema operacional, e sim a qualidade dos aplicativos e games para as grandes telas, pois isso pode ser um problema muito maior. De qualquer forma é melhor esperar pelo lançamento dos primeiros produtos para termos uma opinião adequada sobre estas declarações.

Via Gizmodo.

11 comentários em “Segundo o Google, o Android 2.2 (Froyo) não está otimizado para uso em tablets

  1. Quando a Apple lançou o iPad, tb não tinha aplicações para a tela grande, mas logo apareceram muitas. Acho que o problema da Google é diferente, eles não gostariam de ver o Android entrando em tablets, pois isto pode matar o Chrome OS. Lembrando que, na verdade o Android não é da Google. Embora todo mundo e a propria Google goste de referir ao Android como sendo da Google. Aqui tem a lista de todos os membros da “Open handset Alliance”
    http://www.openhandsetalliance.com/oha_members.html

  2. Pois eu nao tenho menor tesão em tablet ANDROID
    quando penso em tablet considero muito mais um com windows
    e ai ja volto pra vidinha real e acabo lembrando dos netbooks, mais baratos
    não rola comprar um galaxy tab por ex, pagar tres mil e nao ter todas funções de um pc
    se fosse um de 7 pol por 1300…quem sabe? Mas ainda nesse momento prefiro um netbook
    pois no fundo você compra um tablet esperando ter o máximo das funções de um pc, correto?

    E vai pagar por 2;5 ??? Pra ficar caçando app que o deixe mais próximo de um net/pc…
    vivemos numa era consumista demais, as empresas lançam algo e a gente que procura utilidade.

    Eu mesmo, tava com pc,note,net,ipod,milestone e 5800
    e acabo por subaproveitar – todos. e olha que vendi o PSP rsrs
    quando lançaram esses tablet quase caí no golpe kkk mas ja saquei
    isso vai virar no máximo um netbook com tela touch, o que ja existe
    talvez não, pois sempre tem os com grana sobrando

    Postado via Milestone
    stop drop trees)))

  3. Pois eu nao tenho menor tesão em tablet ANDROID
    quando penso em tablet considero muito mais um com windows
    e ai ja volto pra vidinha real e acabo lembrando dos netbooks, mais baratos
    não rola comprar um galaxy tab por ex, pagar tres mil e nao ter todas funções de um pc
    se fosse um de 7 pol por 1300…quem sabe? Mas ainda nesse momento prefiro um netbook
    pois no fundo você compra um tablet esperando ter o máximo das funções de um pc, correto?

    E vai pagar por 2;5 ??? Pra ficar caçando app que o deixe mais próximo de um net/pc…
    vivemos numa era consumista demais, as empresas lançam algo e a gente que procura utilidade.

    Eu mesmo, tava com pc,note,net,ipod,milestone e 5800
    e acabo por subaproveitar – todos. e olha que vendi o PSP rsrs
    quando lançaram esses tablet quase caí no golpe kkk mas ja saquei
    isso vai virar no máximo um netbook com tela touch, o que ja existe
    talvez não, pois sempre tem os com grana sobrando

  4. Olá, @Márcio Teixeira.

    Muito bom seu comentário.

    Quando todos se referem ao Android como sendo do Google é porque ele é o líder do projeto. O projeto e a concepção é do Google. Conforme link abaixo,

    http://source.android.com/

    As empresas que formam a Aliança, conforme link em seu comentário, são empresas que através da sua experiência contribuem da seguinte forma:

    .algumas contribuem com propriedade intelectual (liberando e ajustando seus equipamentos e plataforma para que se conectem/conversem com o OS Android)

    .outras como as operadoras fazem ajustes de suporte em suas plataformas para que o Android trabalhe da forma mais adequada e transparente possível assim minimizando problemas e dificuldades para o usuário final

    .outras são empresas parceiras de Comercialização que criam um modelo de comércio para os produtos (OS e Softwares) Exemplo: Android Market

    .outras ainda, são de semicondutores tem interesse em criar:

    .melhorar o desempenho dos seus processadores
    .melhorar o desempenho de gráficos 3D
    .melhorar o desempenho de multimídia

    isto em sintonia finissíma com os últimas versões ou melhor trabalhando em conjunto para tirar o melhor proveito e passar a melhor experiência possível

    Qualquer dúvida olhem nesse link do FAQ (frequent asked questions) ele explica melhor o que eu disse.

    http://www.openhandsetalliance.com/oha_faq.html

    Então o Google está a frente SIM, e sem sombra de dúvidas o projeto é dele.

    Um abraço amigos

  5. A google não criou o Android. Ela comprou o android e depois o transformou num projeto open source para promover inovação e suporte dentro do mercado e assim tornar o OS mais competitivo. Muitos grupos e empresas entram na jogada pensando em ficar com uma fatia do bolo e ao mesmo tempo contribuem para o bolo crescer ainda mais.
    O android nem é um sistema inovador em si, a não ser pela integração com os serviços google. Em 2005/2006 quando os smartphones mais cobiçados do mercado americano eram blackberrys, os protótipos do Android eram quase uma cópia desses modelos. Depois veio a onda de telas capacitivas e multitouch e o Android ‘mudou’ e passou a acompanhar a tendência.

  6. Nunca é demais lembrar que o kernel do Andriod é linux, ou seja Android é o kernel do Linux com uma nova interface grafica e varios aplicativos escritos em JAVA, mas rodando em uma Maquina Virtual da Google (Dalvik), alias programas assemblados para maquinas virtuais, rodam mais lentamente do que os compilados para o codigo nativo do processador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.