Sonora passa a vender músicas por até R$ 0,20

As alternativas legais de downloads de conteúdo na internet podem ganhar na questão do custo (gratuito) mas perdem para os downloads pagos na velocidade do download, facilidade de localização (tempo é dinheiro), tags e capas completas e melhores arquivos no caso das músicas, e na atualização, que sempre é bem mais simples e não depende  de hacks, novos arquivos ou Jailbreak para o último firmware.

Estas facilidades tem um custo, e nem todos os usuários estão dispostos ou tem condições de pagar, mas sem dúvida alguma, com uma queda significativa nos preços muita gente deve passar a pensar duas vezes e considerar o conteúdo pago. Ontem eu encontrei uma interessante notícia sobre o Sonora, canal interativo de música do portal Terra, que anunciou um novo modelo de comercialização de canções digitais que leva o nome de Keep Your Favorites (Guarde suas Favoritas, em português), no qual é permitida a realização dos  downloads das músicas de forma permanente para o usuário.

O Sonora passa a oferecer planos que incluem direito a download definitivo de 10, 20 ou 250 músicas por mês com preços que podem variar de 15 a 60 reais mensais, sendo que as músicas passam a ser propriedade do assinante, que poderá reproduzí-las em seu celular, players como o iPod, além de CDs.

“O pacote de 250 músicas oferece preço inédito no mundo”, afirmou Tiago Ramazzini, diretor responsável pelo Sonora. ” Caso o usuário baixe todo o limite permitido pelo pacote, ele terá um custo de 20 centavos por música, valor bem abaixo dos preços praticados não apenas no Brasil, mas também no mercado internacional”.

Ainda segundo Ramazzini, o custo das canções pode ser ainda menor: “Se levarmos em conta que, além de obter as músicas favoritas, o assinante também pode ouvir todo acervo do Sonora via streaming ou ainda ouvir offline no PC ou celular, os valores passam a ser ainda mais convidativos. Para nós, essa iniciativa pode ser um duro golpe contra a pirataria de músicas, já que ele poderá baixar uma grande quantidade de músicas mensalmente, selecionadas em um universo de mais de dois milhões de hits nacionais e internacionais, de 100 mil artistas diferentes”.

O preço é realmente muito interesante, sendo uma boa opção para facilitar a vida e ajudar os usuários a não perderem tempo procurando músicas na internet! Mais tempo para o trabalho, mais dinheiro para comprar tudo que for necessário, incluindo as músicas, programas e games!!

Via IDG.

5 comentários em “Sonora passa a vender músicas por até R$ 0,20

  1. Humm… gostei da notícia. Vou testar um pouco. Pelo que li ganha do Ovi Music por não ficar preso a um celular apenas, mas o Ovi ganha em diversidade. Passo hora pesquisando músicas da minha infância e acho praticamente todos os clássicos na Ovi Music, vamos ver o acervo do Sonora. Eu já não baixava músicas piratas mesmo por questões pessoais e pelas que vc falou, então mais essa opção seria uma boa mesmo!

  2. Muito fraca a Sonora. Banda de peso no cenário mundial como Depeche Mode sequer é encontrada.
    Quanto ao Ovi Music, muito mais completa e agora é MP3, o que não amarra ninguém a uma única marca de Celular.

  3. Denis Cassiano,o que de fato torna uma música pirata? É o fato dela ser vendida violando os direitos autorais ou o fato dela ser publicada aleatoriamente? Bom,eu acho injusto pessoas lucrarem com o suor dos outros com certeza, mas também acho um absurdo venderem mídias no Brasil a um preço tão altamente imoral! A pirataria teve o seu lado positivo se vc prestar bem atenção. Ou seja, obrigou as gravadoras a baixar os preços das mídias,ou então a maioria (composta de pessoas não ricas) optarem pela pirataria. Eu particularmente não compro DVD ou qualquer mídia pirata, mas unicamente,pra ser sincero,por causa da qualidade. As originais tem qualidade superior. Agora agregue a isso preços modestos… Com certeza acabaria de vez com a pirataria. Esse lance de comprar música a 20 centavos pela net já é um início bom,porém devem incluir as mídias físicas-cds/Dvds, visto que muitas pessoas não tem paciência de ficar baixando músicas a uma miserá

  4. Prefiro ml vezes o Rapidshare. Pago em torno de R$ 28/mês e tenho direito a baixar dezenas de giga. E não é só música -, tem de tudo.

  5. Olá Rodrigo,

    Cara… acredito que é uma boa notícia! Claro que, na prática, não custa 20 centavos por música já que, para um plano de 10 musicas por mês, paga-se um total de R$ 9,90. Neste caso, o preço é muito próximo de muitos cds em lojas de grande porte ou via internet (Americanas, Submarino, etc). Claro que, lançamentos são sempre mais caros.

    Enfim… acho que é um excelente começo para um indústria que levou muitos anos para reagir à pirataria. A indústria precisou chegar num estado de calamidade pra tentar mudar. Ainda não são as medidas necessárias mas parece um luz.

    ABraços e grande artigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.