A Nokia finalmente enfrenta a dura realidade

A Nokia finalmente enfrenta a dura realidade, as coisas não estão bem e o Symbian não está ajudando a melhorar a situação da empresa. Desde ontem à noite não se fala em outra coisa a não ser um suposto memorando interno redigido pelo CEO Stephen Elop onde os problemas são tratados de forma aberta e sincera, e a empresa parece preparada para fazer alguns movimentos ousados na próxima semana para ajudar a Nokia a recuperar um pouco da sua antiga glória.

Em um trecho destacado pelo Gizmodo, Elop diz o seguinte:

“O primeiro iPhone foi comercializado em 2007 e nós ainda não temos um produto que está perto de sua experiência. Android entrou em cena um pouco mais de dois anos, e esta semana eles tiraram a nossa posição de liderança no volume total de smartphones.Inacreditável.”.

E em outro trecho publicado pela fonte do memorando, o Engadget:

“Temos algumas fontes brilhantes de inovação dentro da Nokia, mas não estamos trazendo para o mercado rápido o suficiente. Pensávamos que o Meego seria uma plataforma para smartphones para ganhar o mercado high-end. No entanto, a este ritmo, até o final de 2011, podemos ter apenas um produto Meego no mercado. “

“… Symbian está provando ser um ambiente cada vez mais difícil para satisfazer as exigências dos consumidores …”

As coisas estão muito difíceis para a Nokia, e na minha opinião adotar o Windows Phone 7 que ainda não está consolidado e forte no mercado pode ser um novo erro, deste modo, a saída mais lógica para sair desta situação de crise seria lançar um bom aparelho com sistema operacional Android com processador dual-core, câmera com lentes Carl Zeiss, flash Xenon e tudo mais que podemos imaginar.

Desta vez ao que tudo indica a própria empresa está reconhecendo a crise e o enfraquecimento do Symbian, que provavelmente chegará ao fim de sua existência nos aparelhos top em breve. Ainda vejo o sistema rodando em aparelhos um pouco mais simples, mas para o topo precisamos de algo mais forte em termos de usabilidade, apoio dos desenvolvadores e mercado, que neste caso hoje é o sistema operacional Android.

O memorando realmente é verdadeiro? Tudo indica que sim, mas vamos ter certeza somente no final desta semana! Veja a íntegra do documento:

Hello there,

There is a pertinent story about a man who was working on an oil platform in the North Sea. He woke up one night from a loud explosion, which suddenly set his entire oil platform on fire. In mere moments, he was surrounded by flames. Through the smoke and heat, he barely made his way out of the chaos to the platform’s edge. When he looked down over the edge, all he could see were the dark, cold, foreboding Atlantic waters.

As the fire approached him, the man had mere seconds to react. He could stand on the platform, and inevitably be consumed by the burning flames. Or, he could plunge 30 meters in to the freezing waters. The man was standing upon a “burning platform,” and he needed to make a choice.

He decided to jump. It was unexpected. In ordinary circumstances, the man would never consider plunging into icy waters. But these were not ordinary times – his platform was on fire. The man survived the fall and the waters. After he was rescued, he noted that a “burning platform” caused a radical change in his behaviour.

We too, are standing on a “burning platform,” and we must decide how we are going to change our behaviour.

Over the past few months, I’ve shared with you what I’ve heard from our shareholders, operators, developers, suppliers and from you. Today, I’m going to share what I’ve learned and what I have come to believe.

I have learned that we are standing on a burning platform.

And, we have more than one explosion – we have multiple points of scorching heat that are fuelling a blazing fire around us.

For example, there is intense heat coming from our competitors, more rapidly than we ever expected. Apple disrupted the market by redefining the smartphone and attracting developers to a closed, but very powerful ecosystem.

In 2008, Apple’s market share in the $300+ price range was 25 percent; by 2010 it escalated to 61 percent. They are enjoying a tremendous growth trajectory with a 78 percent earnings growth year over year in Q4 2010. Apple demonstrated that if designed well, consumers would buy a high-priced phone with a great experience and developers would build applications. They changed the game, and today, Apple owns the high-end range.

And then, there is Android. In about two years, Android created a platform that attracts application developers, service providers and hardware manufacturers. Android came in at the high-end, they are now winning the mid-range, and quickly they are going downstream to phones under €100. Google has become a gravitational force, drawing much of the industry’s innovation to its core.

Let’s not forget about the low-end price range. In 2008, MediaTek supplied complete reference designs for phone chipsets, which enabled manufacturers in the Shenzhen region of China to produce phones at an unbelievable pace. By some accounts, this ecosystem now produces more than one third of the phones sold globally – taking share from us in emerging markets.

While competitors poured flames on our market share, what happened at Nokia? We fell behind, we missed big trends, and we lost time. At that time, we thought we were making the right decisions; but, with the benefit of hindsight, we now find ourselves years behind.

The first iPhone shipped in 2007, and we still don’t have a product that is close to their experience. Android came on the scene just over 2 years ago, and this week they took our leadership position in smartphone volumes. Unbelievable.

We have some brilliant sources of innovation inside Nokia, but we are not bringing it to market fast enough. We thought MeeGo would be a platform for winning high-end smartphones. However, at this rate, by the end of 2011, we might have only one MeeGo product in the market.

At the midrange, we have Symbian. It has proven to be non-competitive in leading markets like North America. Additionally, Symbian is proving to be an increasingly difficult environment in which to develop to meet the continuously expanding consumer requirements, leading to slowness in product development and also creating a disadvantage when we seek to take advantage of new hardware platforms. As a result, if we continue like before, we will get further and further behind, while our competitors advance further and further ahead.

At the lower-end price range, Chinese OEMs are cranking out a device much faster than, as one Nokia employee said only partially in jest, “the time that it takes us to polish a PowerPoint presentation.” They are fast, they are cheap, and they are challenging us.

And the truly perplexing aspect is that we’re not even fighting with the right weapons. We are still too often trying to approach each price range on a device-to-device basis.

The battle of devices has now become a war of ecosystems, where ecosystems include not only the hardware and software of the device, but developers, applications, ecommerce, advertising, search, social applications, location-based services, unified communications and many other things. Our competitors aren’t taking our market share with devices; they are taking our market share with an entire ecosystem. This means we’re going to have to decide how we either build, catalyse or join an ecosystem.

This is one of the decisions we need to make. In the meantime, we’ve lost market share, we’ve lost mind share and we’ve lost time.

On Tuesday, Standard & Poor’s informed that they will put our A long term and A-1 short term ratings on negative credit watch. This is a similar rating action to the one that Moody’s took last week. Basically it means that during the next few weeks they will make an analysis of Nokia, and decide on a possible credit rating downgrade. Why are these credit agencies contemplating these changes? Because they are concerned about our competitiveness.

Consumer preference for Nokia declined worldwide. In the UK, our brand preference has slipped to 20 percent, which is 8 percent lower than last year. That means only 1 out of 5 people in the UK prefer Nokia to other brands. It’s also down in the other markets, which are traditionally our strongholds: Russia, Germany, Indonesia, UAE, and on and on and on.
How did we get to this point? Why did we fall behind when the world around us evolved?

This is what I have been trying to understand. I believe at least some of it has been due to our attitude inside Nokia. We poured gasoline on our own burning platform. I believe we have lacked accountability and leadership to align and direct the company through these disruptive times. We had a series of misses. We haven’t been delivering innovation fast enough. We’re not collaborating internally.

Nokia, our platform is burning.

We are working on a path forward — a path to rebuild our market leadership. When we share the new strategy on February 11, it will be a huge effort to transform our company. But, I believe that together, we can face the challenges ahead of us. Together, we can choose to define our future.

The burning platform, upon which the man found himself, caused the man to shift his behaviour, and take a bold and brave step into an uncertain future. He was able to tell his story. Now, we have a great opportunity to do the same.

Stephen.

59 comentários em “A Nokia finalmente enfrenta a dura realidade

  1. Nem precisaria ter muito trabalho, a Nokia só precisaria engolir o orgulho e enfiar um Android 2.2 ou 2.3 no N8 e já era iPhone e concorreria de igual para igual com Galaxy S e outros Androids.

  2. Bom , a Nokia parece que está cometendo os mesmos erros que a Palm cometeu anos atrás, demorou muito para soltar um OS novo e foi para o vinagre, até acho o Symbian legal, mas o mercado que coisas novas e está se polarizando muito entre IOS e Android.
    Ou a Nokia assimila esta redução no MarketShere e muda ou vai ficar somente com os aparelhos básicos parta quem não quer um SmartPhone.

  3. Tenho iphone, porém, gosto muito da nokia e sempre utilizei os seus aparelhos antes de partir para o primeiro iphone. Acredito que se a nokia lançasse um aparelho com android, ela acabaria com a festa de empresas como samsung e motorola. Creio que por maiores que sejam as vendas destas empresas, muita gente ainda não optou por esses smartphones por não confiar tanto nestas marcas e com a nokia seria bem diferente.

    E concordo com o Rodrigo, ou seja, não sei se este seria o melhor momento para a nokia entrar com o WP7.

  4. Sinceramente, esse memorano é mais falso que uma nota de 4 reais, a linguagem usada para ele em ingles é muito fraco e não parece que um CEO da Nokia pode ter feito-o, Mas concordo quando diz que o Windows Phone 7 pode ser um fracasso, mas discordo em dizer que o mundo tem que ser Android, ficaria muito concentrado em um unico sistema Operacional que nem a todos, um tipo de Egocentrismo, acabando total com a disputa de SO, A Nokia tem que sim é lançar o MeeGo e Ataualizar todos os seus Smartphone para alguma versão de tal, mudar pro Android, Poderia tirar toda Sua Diferença di ante outras marcas.

  5. Em minha apinião, se lançarem algo com WP7, estaria indo mais rápido para o buraco… pois o sistema não está consolidado e a Nokia não tem tempo para outro erro, é hora de jogar para ganhar…

    Ou adota o Android e já taca de cara no n8, ou vai amargar muito, ficando fadada aos celulares de 100 reais…

  6. Pois é. Estou com o vovô N82 (que ainda quebra um galhão em termos de foto, wifi e mapas), pensando em ir para o N8, devido às suas funcionalidades de hardware, pois isto me importa mais que centenas de softwares, mas vou ter que esperar o rumo que a Nokia vai tomar, pois não adiantaria investir caro em aparelhos que são rapidamente continuados num futuro incerto.

  7. Antes tarde do que nunca… A Motorola que ja estava pratecamente falida no ramo consequiu dar a volta por cima e em grande estilo com aparelhos utilizando Android.
    Com a Nokia sera questão de tempo e com apenas uma solução, o Android, mesmo com as imperfeições do SO ele já esta no mercado e com grande força. Quando a Nokia lançar o aparelho dela com Android acabou para os concorrentes. Estou doido para voltar a utilizar um aparelho da Nokia mas hoje não animo de comprar.

  8. A Nokia tem os aparelhos mais fodas, sou muito mais Nokia do que outras marcas em questão de aparelhos, agora realmente o Symbiam ta deixando a desejar. Se eles colocassem um Android no N8 simplesmente ia ser FODA.

  9. poisse lançarao n900 com maemo 5 podia ter aproiveitado mais o maemo 5 mas nem derao bola ja pularao sybiam do n8 que foi fracasso bem feito pra nokia que nao soube valorizar o maemo 5 daria faser muito mais que morto do sybiam vlww abraços

  10. A Nokia já era pra ter pego o ANDROID há tempos, imagine um N8 com ANDROID? Muito bom!
    Mas e dai como fica nós que adquimos o N8 depois de toda a propaganda que fizeram dele? Ele realmente é um aparelho maravilhoso, mas como fica nos com uma fatia menor após a Nokia lançar um aparelho com ANDROID?
    Boa a intenção da Nokia e correta, so que e nós meros mortais do Symbian? Vamos ser deixados de lado?
    Eis a questão!

  11. Por mim que façam o que quiser. Só vou ficar muito chateado se meu n8 que comprei há duas semanas for descontinuado. E aparelho descontinuado meus amigos, não recebe atualização de software, nem aplicativos, e nem jogos novos. Ou seja, terei pago 1500 reais em uma câmera que liga.

  12. A escolha mais certa e ficar com o Android, o Symbian não era da Nokia, as outras fabricantes também faziam celulares Symbian. Por que não fazer celulares com Android?
    Assim as chances de voltar a vender celular são muito grandes, eu só estou esperando um lançamento pra trocar de aparelho, mas a Nokia está demorando de mais.

  13. Eu acredito que a Nokia não deveria usar Android. Acho que, este é o momento de lançarem algo muito melhor que o Android ou o IOS. Fazer um celular “mais do mesmo” talvez amealhe uma fatia do mercado, mas não consolidará a Nokia como líder novamente.Quando a Apple lançou o Iphone, eles inovaram o mercado, a Nokia deveria partir para o mesmo caminho.

  14. na minha opinião adotar o Windows Phone 7 que ainda não está consolidado e forte no mercado pode ser um novo erro

    a afirmação mais correta que eles já fizera, concordo plenamente com essa frase

  15. A Nokia deveria ter investido no Maemo: tanto no incremento do sistema quanto no marketing referente ao n900 e outros aparelhos que deveriam ter surgido com a plataforma.

    Até hoje não surgiu sistema mais perfeito para um gadget móvel. O maemo 5 deixa no chinelo até mesmo os sistemas padrão de desktops, em aspectos de navegação e usabilidade. Pena que meu n900 sofreu um acidente e foi pro saco. Com a descontinuidade do sistema, resisti e acabei optando pelo n8 ao invés de comprar outro.

    O symbian tá quebrando um galho, mas nada que se compare ao linux pra celular, que foi a primeira inovação real, desde o iphone.

    Quanto ao android, tive uma passagem de alguns meses por ele para perceber como o sistema é ruim. Burro, nada intuitivo, bugado, com pouco aproveitamento de tela… Só ganha do IOS por ter menos limitações… Mas ainda está anos luz do Maemo…

    A Nokia poderia até ter investido no Meego, mas deveria ter continuado lançando aparelhos com Maemo e com a possibilidade de atualização para o novo sistema…

  16. É como o próprio Stephen disse os chineses tomaram conta dos low-end em todo mundo, resisti ao máximo colocar esses celulares para vender em minha loja e não teve por onde escapar, tive que achar os com melhor qualidade para não ter dor de cabeça e consegui achar, pago um pouco mais caro mas vendo 1 nacional contra 5 chinês.

    Eu quis dizer com isso o seguinte, se a Nokia não assumir que o modismo vence vai perder mais mercado mid e high-end , gosto do Symbian ele é extremamente seguro mas sua interface é Retro.

    A Nokia vai ter que se unir aos grandes hoje no mercado, Microsoft em se tratando de Smart já era também, o WP7 vai ser outro tiro no pé, acho que a solução mais viável seria aceitar o Android.

    PS: Por mais que eu não goste do Android e ainda continuo usando o Symbian pois já não sou maioria agora, minha opnião de liderança e não pessoal.

  17. Tenho um N8, que preferi ao iPhone e a qualquer Android-cel por motivos bem práticos: o USB-on-go, que me permite introduzir (e extrair) arquivos, imagens, músicas, vídeos, seja o que for, simplesmente espetando um pendrive. Outras duas coisas foram determinantes na minha escolha: a fantástica câmera de 12Mpixels com flash xenon e gravação em HD, e a saída mini-HDMI.

    Mas não sou cego nem burro, é claro que sei que os concorrentes estão muito à frente do Symbian^3. Também acho que optar pelo Windows nos celulares seria o tiro no pé fatal que derrubaria de vez a Nokia – e não acredito que eles farão mais essa burrada.

    Esta semana, após fazer a primeira atualização de firmware do N8, instalei o SPB Mobile Shell e só não consigo entender uma coisa: como uma empresa de software consegue extrair do Symbian^3 tudo que eles conseguiram, e a própria Nokia continua insistindo no visual retrógrado do seu aparelho?

    Sem exageros, o N8 com o SPB Mobile Shell instalado ficou muito próximo da perfeição, não perde para o Android em muitos itens que antes perdia. E dá a impressão de que ainda há espaço para muitas mais coisas.

    Que tal então, pessoal da Nokia, melhorar ainda mais o Symbian^3 em respeito a quem acreditou nele? E sim, por que não lançar também um aparelho com Android 2.2, ou talvez adaptar o N8 para esse sistema, se isso for possível?

    Correndo o risco de ser taxado de Nokia-fanboy (o que definitivamente não sou), acho difícil alguém não concordar com a afirmação de que em matéria de hardware a empresa finlandesa é imbatível? Nesse quesito não sobra pra ninguém, seja Motorola, seja LG, seja Samsung…

  18. A coisa está feia…

    E as opções não são boas.

    Se for usar Android, Symbian e QT são jogados no lixo, e empresa perde a chance de criar um diferencial nesta fauna de SO’s.

    Se for usar Symbian é certo que por mais um ano veja a participação cair e muito (contando que realmente estejam fazendo algo para melhora-lo).

    MeeGo ninguém viu um mísero aparelho com esse SO rodando.
    Tá parecendo mais um conto do vigário esse troço.

    WP7 engatinhando ainda.

  19. O N8 não foi um fracasso, como foi dito acima, mas concordo com muitos comentários. Eu acho que a Nokia deveria apenas diversificar, sem abandonar o Symbian, que com o uso do framework QT (o mesmo que será adotado no Meego) pode sim superar iOS e Android em termos de usabilidade e visual.

    Agora, em se tratando de hardware, mesmo com apenas 600Mhz de processador, a Nokia dá um baile em qualquer iPhone ou Android do mercado. O Symbian aproveita muito melhor os 600Mhz em seu N8, comparado com os 1Ghz de muitos concorrentes. Isso se chama competência. Vou dizer uma coisa: se colocar 1Ghz num Nokia, com um sistema operacional que atenda às exigencias atuais dos usuários (que pode ser o Symbian com todas as funcionalidades rodando no QT), a concorrência vai ter que suar muito a camisa para voltar a impressionar o mercado.

  20. Android no N8, com seu processador single core de 600 e poucos MHz???
    Vai ficar uma beleza…
    O Android só ficou bom (rápido, com a interface fluida), quando os processadores chegaram em 1GHz. A usabilidade do N8 pioraria muito com um android… Ficaria pouco melhor que no Milestone 1, que é um bom aparelho, mas sofre com seus 550 ou 600 MHz…

  21. Complementando o que eu disse acima, a Nokia tem que agir rápido, mas esta ação deve considerar o médio prazo e não apenas o curto prazo. Talvez serja por isso que se cogitou o WP7.

  22. Concordo com o IPC. O Android não otimiza seus processos, usa e abusa de hardware e memória. Poderia ter sido melhor desenvolvido estruturalmente falando. Como consequencia temos uma exigência maior de hardware e mais custos.

  23. Alessandro Bertoni

    Concordo Plenamente com você,/ Acho que Não seja hora de abondonar o Symbian, creio que sim ja seja hora de investir em algo novo como O MeeGo, Mas não em Android ou WP7, e o N8 não é um fracasso e numca vai ser, tenho um, e o celular é perfeito.

  24. Alessandro Bertoni

    Concordo Plenamente com você,/ Acho que Não seja hora de abondonar o Symbian, creio que sim ja seja hora de investir em algo novo como O MeeGo, Mas não em Android ou WP7, e o N8 não é um fracasso e numca vai ser, tenho um, e o celular é perfeito.

  25. Desculpe Amigo IPC, mas o N8 tem um processador de 680Mhz e hoje temos varios Android’s com processador menor que isso.

  26. Ainda acho que a Nokia não deve aderir ao android. Creio que para fazer funcionar devem melhor a experiencia do usuario num smartphone bem como o proprio utilizador e o programador para criar app e jogos para o Symbian.

    A Nokia deveria dar um embelezamento ao Symbian, apesar de eu gostar, menos cliques para acessar arquivos. Dar um visual mais clean.

    Acho que se a Nokia aderir a onde Android não haverá concorrencias. Acredito apenas que a Nokia deveria continuar com o Symbian porém dar um visual bem bonito e utilizavel.

    Abraços!

  27. REALMENTE ACORDARAM E VÃO TER QUE ENGOLIR, ENFIM A CULPA MAIOR DO FRACASSO ATUAL DO SYMBIAN É SUA NOMENCLATURA E O NÃO APOIO AOS PROGRAMADORES.

    SOBRE O WINDOWS PHONE 7 CONCORDO PARCIALMENTE, POIS AINDA O MELHOR PLAYER DE MÚSICA É O ZUNE E A NOKIA GANHARIA E MUITO, JÁ QUE O OVI PLAYER É LENTO CARREGADO E NÃO TEM ÓTIMA VISUALIZAÇÃO.
    GANHARIA MERCADO COM WINDOWS PHONE 7 SE O PRÓPRIO STEVE BALMER TAMBÉM NÃO DESSE MANCADAS.

    AINDA É IMATURO USAR O WINDOWS, MAS SERIA UM APARELHO DE IGUAL OU SUPERIORIDADE COMO O ZUNE HD.

    SOBRE O ANDROID É BEM MAIS PROVÁVEL POIS SUAS EX PARCEIRAS DERAM UM SHOW NA NOKIA COMO SONY E SAMSUMG E MOTOROLA QUE RESSURGIU DAS CINZAS E ESTÃO CADA VEZ MAIS PUXA-SACO DO GOOGLE.

    CREIO QUE ELOP DISSE É VERDADEIRO DESDE A ERA N95 NÃO SURGIU UM CELULAR COMPETENTE EM TERMOS DE SO, EM QUESTÃO DE HARDWARE É INEGÁVEL A SUPERIORIDADE.

    O N8 É UM DIVISOR DE AGUAS FALAM QUE É MUITO BOM E ACREDITO QUE O SOS3 OU S^3 PODE SER DESENVOLVIDO EM CONJUNTO COM O ANDROID UMA MISTUREBA FRANKSTEIN, E COM A AJUDA DA CANONICAL E TER RECURSOS PARA LINUX COMO UBUNTU E OUTRAS DISTROS

    FALTA APENAS UMA COISA SINERGIA POIS O PRÓPRIO NOME JÁ DIZ MEEGO “EU TO INDO” “TO SAINDO”

    CREIO QUE A PLATAFORMA MEEGO PODE SER ELABORADA COM MAIS CALMA E TAMBÉM BUSCANDO ALTERNATIVAS COMO CANONICAL RED HAT ETC

    PARA A NOKIA SE TORNAR UMA CONCORRENTE ALTURA CREIO QUE O ANDROID SERIA VIAVÉL ALÉM DE TER MAIS APS A OVI STORE PODERIA SER REPAGINADA E O OVI MAPS TERIA UMA ACEITAÇÃO ABSURDA.

    E COM ISSOVÃO ABOLIR NOMES IDIOTAS COMO S60V5 S60V3 S DE NÃO SEI O QUE, TEMAS MAL FEITOS E ICONES DE BLUETOTH CAIXA POSTAL MINÚSCULOS QUE JA DEVERIAM SER ABOLIDOS.

    ACREDITO QUE A NOKIA PODERIA SIM LANÇAR UM CEL COM WINDOWS PHONE 7, DESDE QUE O STEVE BALMER TAMBÉM ACORDE E NÃO SÓ OLHE PARA OS EUA.

    DETALHE ATÉ UM CELULAR XING LING ESTA EMBARCADO COM ANDROID.

  28. Tem uma expressão nordestina que resume bem a situação em que a Nokia se encontra “Viiiiixe” (ok! Tem outras também mas… Rsrsrsrs).
    A Nokia tá ferrada. Agora umas considerações. Não acho que a Nokia deva lançar um Android e se tornar mais um fabricante a portar Android em seus aparelhos, lí em algum blog uma coisa bem certa, “a Nokia não vende celulares, ela vende tecnologia” e realmente isso é verdade.
    A Nokia fornece serviços para seus consumidores como é o caso do Beta Labs e do Maps que é um dos melhores serviços de GPS existentes. Concordo que a Nokia precisa mudar e inovar em seu SO mas não acredito que abraçar o Android seja a solução. A Nokia teve uma graande oportunidade com o N900 o Symbian precisaria de uma graaaande reestruturação. Com um navegador nativo mais potente, maior integração com a internet e redes sociais que, de fato, são o grande atrativo dos consumidores atuais. Não sei se isso é possível, não entendo de programação, não sei se a base do sistema não suporta esses recursos, se teria que ser escrito do zero. Mas em uma coisa concordo com todos: o WP7 definitivamente não é uma opção.

  29. Com o número cada vez maior de marcas aderindo ao Android, fica mais difícil se diferenciar no mercado.
    É hora de rever todos os seus contratos com fornecedores (processadores, memória RAM, GPU, etc) e partir para configurações mais agressivas!!! O mercado consumidor acordou – e faz tempo – para todas as possibilidades desses pequenos Computadores de Bolso. E quem souber agradar esse mercado que sabe o que quer, tomará a dianteira…

  30. Como alguns amigos, também acho que este “memorando” é falso. Não confio nem na fonte e acho muito dificil um alto executivo vir a publico para dizer, em termos mais populares ” ei, nossos celulares são antiquados mesmo, não os compre até que resolvamos a parada” .

    E também acho a polarização do mercado em 2 So extremamente prejudicial para os usuários.

    O que eu tenho percebido, com 3 experiências próprias, é que a Nokia esta dando uma péssima assistência pós venda, pelo menos aqui no Brasil. Estão super estimando sua marca e substimando seu consumidor.

  31. Complementando meu comentário anterior:
    Se a Nokia aderir ao Android adeus concorrência já que o iPhone e seus usuários vivem numa espécie de mundo particular. Sem concorrência quem perde é o consumidor que se vê obrigado a engolir o sistema dominante, e já fuçei no Android 2.1 e não gostei nem um pouco. Meus votos são de que a Nokia não se venda pro Android.

  32. Sinceramente, Esse Novo CEO da nokia so quer agradar os EUA’s e o povo que numca vai comprar nada que num venha de seu territorio, mas parece que a grande filandesa, pensa mas nos americanos do que nos proprios filandeses, uma atitude errada /

    tenho certeza que nem uma marca vive vendendo somente para os EUA, e larga o symbian e partir prum futuro incerto com o WP7 ou mesmo Android, é Um tiro no pé, não sei realmente quem ele ta querendo agradar, pois usuarios da Nokia que não foi, ainda mais pra quem gasto 1.500 reais a menos de 3 meses com um aparelho TOP da empresa,

    pensando serialmente dependo da atitude da Nokia e do seu novo CEO / QUE TA BEM MAIS PRA CONTADOR DE HISTORIA DO QUE UM EXECUTIVO, que muitos compradores do N8 que quando souberem que seu sistema não tera mas atualizações e seu celular não tera mas bons jogos e aplicativos pois o sistema sera largado tenho certeza que boa parte ira vende-lo ou mesmo não compralo mais, imagine / pq sera que estão lançando o E7 agora ? sera que vendera pelomenos 500 mil aparelhos depois dessa noticia ?

    se abandonarem e pularem do barco agora ( ou plataforma como dito pelo CEO ) só irão acabar com si mesmo do que persistir e continuar lutando pra melhora o seu sistema, pois a alguns anos o que me mantem na nokia é o seu sistema, que sempre fui fã pois de hardware a nokia ja deixo de ser boa faz bom tempo, e se aderir um Android por exemplo ? quem vai preferir um Nokia Android com 256Ram enquanto a Samsumg traz 1Gb de Ram com o mesmo sistema? se a Nokia resolver lutar por Hardware, concerteza é mais que um tiro no pé.

    então agora teremos uma luta por Hardware e não mais software.

    espero que ele saiba mesmo o que estar fazendo…

  33. Engraçado….não vieram de lá (Gizmodo) as fotos do N8 manipuladas na qual eles fizeram comparação com um iPhone e elas ficaram explicitamente inferiores com o zoon aplicado?

    Essa notícia é tão fake quanto a dessa semana que disseram que sairia um Nokia N8 com 32gb. Sendo que na verdade foi apenas um erro de interpretação de um anúncio de vendas onde o correto era 16gb + 16gb (cartão).

    Mas essa é a típica nóticia que a oposição da Nokia gostaria que fosse verdade!

  34. O cenário atual só favorece a Apple.

    Enquanto a bolha do android (leia-se fragmentação) não vem, o SO ganha cada vez mais mercado.

    Ironicamente, ele só ajuda a vender Aparelho, já que a venda de apps nem sequer são comentadas pelas produtoras. Ou seja, fora as fabricantes, ninguém lucra com o Android.

    WP7 aparentemente vai ser um Fail tremendo haja vista que não vejo lançamento que “chamem os jogadores”. Se foi feito pensado no entretenimento, até agora não interessou a ninguém.

    Tudo isso só leva a uma consolidação maior do plataforma iOS.

  35. Mobile BR

    Claro a Microsfot tá só começando. Porém há lista d jogos exclusivos muito bom, lembre-se que ela é dona da melhor rede de jogos para console – XBOX LIVE- e que lucra bem mais que o PS3. A programaão dos jogos pra xbox é muito similar ao Windows Phone 7 e ela não tem Xbox _portatil, diferente da Sony.

    Logo logo . Forza, Gears e Halo estão online na Xbox Live. Mas se acha os jogos atuais fracos, não são é falta de conhecimento.

  36. Fred

    Por isso mesmo…

    Vale lembrar que ela está no mercado a algum tempo, ou você esqueceu do Windows Mobile.

    O Grande problema na minha opinião é a pouca aderência de “nomões” ao WP7 daqui a pouco o sistema faz um ano, sem nenhuma novidade.. ¬¬

  37. Agora tóh confusso, acho que se a Nokia fizesse pelo menos um aparelho com Android o povinho irria ficar pelos feliz néah … Agora uma coisa que eu sempre digo é que ela tem que continuar com o Maemo, mais pelo o que a Nokia ignora o Maemo, certamente deve ter uma coisa de errado por trás de tudo, porque sóh cego não ver que ele é o futuro para a Nokia. ^^

  38. Compartilho da opinião de muitos aqui e já a venho expressando por aqui há tempos.
    Sou um quase feliz proprietário de um N900. O aparelho é fantástico em termos de hardware, mas com certeza é sub-utilizado pois o software não ajuda. Não há incentivo aos programadores e nem a própria Nokia se dá ao trabalho de portar os próprios programas (vide Nokia Maps) para a plataforma.
    A empresa tem vários diferenciais em relação às demais: o hardware dos seus aparelhos é leigeiramente superior. Digo isso já pensando na câmera. Até hoje não vi nenhuma outra marca com qualidade de fotos tão boa. Há outros diferenciais, claro. Mas o que estou querendo dizer é que se ela acordasse e percebesse que esse é seu forte, entenderia que o Android cairia como uma luva. Haveriam implicações, mas no momento provavelmente seria a melhor opção.
    É um SO livre, gratuito e de grande aceitação no mercado.
    Isto lhe deixaria com mais tempo para se concentrar no que ela faz de melhor: hardware. Desta forma todo mundo ganha e ela voltaria ao topo da lista, lugar este que dificilmente outra empresa alcançaria.
    O outro lado da moeda, é que isto tb lhe daria tempo para amadurecer e melhorar o Symbian, que é um grande SO.
    Assim num futuro próximo haveria a possibilidade de diversificar, lançando aparelhos com um ou outro sistema, ou quem sabe até com ambos.
    Há algum tempo foi publicado aqui um post a respeito da configuração desejada e eu mesmo publiquei que não seria necessário grande coisa a mais do que o hardware presente no N8/E7.
    Partir pro SO da MS talvez fosse uma opção, mas também acredito que seria outro tiro no pé como foi com o Maemo/meego.

    Ao mesmo tempo que entendo o fato de que a Nokia quer insistir no Symbian por ter investido alto nele, tb entendo que se não fizer algo e logo, vai acabar sem nada. É como diz o ditado, é melhor dividir o filé mignon do que comer carne de pescoço sozinho.

    Fica minha opinião.

  39. @IPC, concordor com vc, varios escreveram que o Android ficaria muito bem no N8, acho o contrario, o Android precisa muito mais de processamento e memoria, ficaria pessimo.

  40. Pra mim o memorando não é verdadeiro, já tem muita gente achando e dizendo “coisas”. Vamos esperar pra ver a decisão oficial da Nokia nesta semana.
    Na minha opinião, a Nokia deveria continuar com o Symbian, e ao mesmo tempo melhorar sua interface, navegador web e integração com redes sociais. Tenho um N82 desde 2008 e até hoje tem coisas que faço com ele e que meus amigos que tem celular com Android ficam limitados pois as funcionalidades oferecidas pelo Symbian superam o Android, claro que com programas instalados em ambos os sistemas, e multi-tarefa do Symbian é melhor que Android. O Android é mais bonitinho e tal, consumindo mais recursos, portanto a duração da bateria num Symbian é bem maior.
    Outro ponto fundamental pra mim é o GPS, o qual dentre os que eu já testei no N82 (Ndrive, Sygic, Nokia Maps, Google maps) uso preferencialmente o Garmin, é o único que permite usar 2 mapas ao mesmo tempo, o da própria Garmin e os mapas do Projeto Tracksource que são atualizados todos os meses e pra mim é o melhor mapa do brasil atualmente e com todo tipo de pontos de interesse, e Garmin não roda no Android.
    Bom, resumindo tudo, pelo que eu já usei nos dois sistemas eu prefiro o Symbian, sei que o Android é mais fuído, mais bonito, tem seus prós é claro, pois é um sistema que nasceu numa época mais atual e portanto “já vem voltado para os dias de hoje”, coisa que na época do Symbian era diferente, porém o Symbian parou naquela época e não seguiu mais as “tendências”. Por isso eu acho que vale dar um belo upgrade no Symbian e continuar a investir nele.
    Esta é a minha opinião, cada um tem a sua e eu respeito e não gosto de discutir sobre marcas e S.O. pois não ganho nada em troca! Apenas relatei, resumidamente, meu perfil de uso, que no momento pra mim o Symbian é melhor, e se a Nokia resolver adotar outro S.O, a minha vida não vai mudar nada.
    blz

  41. Só pelo inglês de guia de turismo, vê-se que o texto é falso. Um CEO de uma grande empresa só falaria isso em uma reunião hiper privada do conselho de administração, mesmo assim exigindo um termo de compromisso acerca do sigilo. Nunca iria divulgar isso para todos os funcionários da companhia. Imaginem o efeito que uma comunicação dessas teria sobre a moral dos colaboradores!
    Dito isso, quem escreveu o texto diagnosticou bem os problemas da empresa, e a encruzilhada em que se encontra. Não gostaria de estar na pele do CEO, pois há uma pequena chance dele ser o Salvador da Nokia, mas o mais provável é que seja conhecidko como um dos “coveiros” da empresa.

  42. Acho que haveria um ponto positivo caso a Nokia aderisse ao Android: ela é mais comprometida na atualização dos seus aparelhos.Poderíamos ter um aparelho rodando Froyo que muito provavelmente ela o atualizaria pro Gingerbread,e assim sucessivamente,coisa que Motorola,Samsung e LG prometem,enrolam e raramente fazem.

    Por outro lado,se a Nokia resolver fazer apenas uma experiência lançando um único aparelho com Android,quem comprar corre o risco de ter um novo N900 nas mãos…

  43. Manda essa oreia seca da Nokia ler um pouquinho de qualquer blog mundo agora, que ele vai entender por que a Nokia se foi, já afundou.

  44. Nem Android nem WM7. Para dar a volta por cima, a Nokia deveria lançar um tablet Symbian^3 com uma excelente câmera com lente Carl Zeiss. 🙂

  45. Apesar do poder destrutivo do OS ANDROIDE,gosto do symbian da nokia e é claro nao da para comparar os dois,entretanto,o Brasil nao está tao avancado tecnologicamente,nem temos cobertura 3g direito nem a 4g e por isso pelo menos no brasil a nokia nao deixa a desejar,pelo o que o PAIS OFERECE ! ! . . .

  46. Nem vale a pena comentar muito, pois mesmo que o texto seja falso o Symbian não aguenta mais, já ta cansado.

    Vale lembrar que até agora a Nokia não se pronunciou dizendo que esse texto que está correndo todo o mundo móvel é mentiroso.

  47. R.I.P Nokia..seu tempo na terra expirou…..faça como a Motoenrrola…sic.. Motorola.. e se abraçe a Google para sobreviver..rsrsrssr

    ps. tem consumidor que engole um requentado … não se preocupe eles com isso..rsrsrsrs

  48. cara que ridículo, é claro que é fake esse tal memorando.. Claro, vale a reflexão sobre o assunto.. Mas achar que é um relato verdadeiro não da né..concordo 100% com o comentário do Adriano..

  49. @Roh d’ Matthah

    Sobre o Maemo..

    Rapaz, o grande problema desse SO é a sua licença.. GPL. Mesmo o Sistema sendo fantástico, quase tudo que é feito para ele é GPL também e com a Nokia vai criar um ecossistema de consumo sendo que tudo nele será grátis. ??

    Que seria ideal pro consumir não há dúvidas… mas os desenvolvedores tão se “lixando” pro Maemo..

  50. sou meio teoria da conspiração, sei lá, parece algum tipo de sabotagem…
    tirando fora a atraso do lançamento, o MEEGO não tem como ser tão ruim assim como este novo CEO diz…
    parece que em uma briga por poder, queimar o meego foi uma estratégia para se ganhar mais poder…
    tenho um n900 e um x10 mini pro, mesmo apos a atualização para o android 2.1, percebo que o N900 não esta defasado…
    a ideia da plataforma QT é que um mesmo codigo pode ser compilado e rodar em plataformas e processadores diferentes…
    e a INTEL? tambem desistiu do meego e o mercado de tablets sem MS…
    interessante, das 5 grandes que tinha OS proprio 4 são norte americana, agora so tem as da terra do tio Sam…
    parece que o fundo do poço da Nokia interessa a alguem… não será surpresa ver este CEO voltando feliz para a MS…

  51. Um sistema ser GPL não obriga as aplicações desenvolvidas para ele serem também GPL.

    A Nokia vai desistir do Maemo pq vai ficar novamente na obrigação de impulsionar mais um sistema pra Smartphone, tendo que correr atrás de toda inivação que os outros fizerem apenas para vender hardware, e ela quer focar em vender serviço.

    Para isso o melhor é abraçar uma plataforma existente e apenas ajudar para alcançar as inivações, podendo dividir os esforços.

  52. O Android meio que salvou a Motorola. Imagina se a NOKIA começa a fabricar celulares com Android? Seria uma uniao perfeita. Espero que a ideia de um Windows phone seja abandonada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.