Apple lança nova linha MacBook Pro

Eu esperava algo totalmente inovador e diferente, mas desta vez a Apple resolveu lançar novas versões do Macbook Pro apostando na velocidade, com novos processadores, a tecnologia Light Peak da Intel (renomeada para Thunderbolt), que transfere dados a 10 gigabits por segundo, além de uma câmera HD para utilizar o FaceTime.

A tecnologia Thunderbolt permite transferência de dados de até 10Gbps, sendo compatível com FireWire, Ethernet e USB através de adaptadores, com suporte direto a DisplayPort (sem adaptadores), e você pode usar adaptadores já existentes para DisplayPort para conectar dispositivos HDMI, DVI e VGA.

A especificações técnicas dos três modelos (13, 15 e 17 polegadas) contam com processadores dual-core ou quad-core da Intel, sendo que a versão de 13? tem processador Intel Core i5 2,3 GHz de dois núcleos e HD de 320GB, e custa R$3.599 no Brasil, mas o usuário também pode escolher o modelo com Core i5 de 2,7 GHz e 500GB de disco rígido, que sai por R$4.999.

O modelo de 15 polegadas vem com um Core i7 2GHz de quatro núcleos, placa de vídeo AMD Radeon HD 6490M (outra novidade!) e 500GB de disco rígido, e custa R$6.699. Também há a versão Core i7 de 2,2GHz, placa AMD Radeon HD 6750M e HD de 750GB, e custa R$7.999. E o maior modelo dos MacBook Pros, de 17 polegadas, tem a mesma configuração do modelo de 15? mais avançado: processador quad-core Intel Core i7 de 2,2GHz, placa AMD Radeon HD 6750M e HD de 750GB sai pelo preço de R$9.199.

Eu esperava um HD de estado sólido e uma bateria ainda melhor, mas estas novidades devem demorar ao menos uma geração para chegar nas mãos dos consumidores. Uma bela atualização para quem precisa de uma máquina muito poderosa, mas acredito que a maior parte dos usuários poderão permanecer com o modelo 2010 por mais uma temporada sem nenhum problema.

Fonte: Gizmodo.

 

23 comentários em “Apple lança nova linha MacBook Pro

  1. Rodrigo, tem HD de estado solido. Vc pode escolher SSD de 128GB, 256GB ou 512GB. Utilizo, em meus notebooks SSD e a diferença de velocidade é enorme.

  2. Mais uma temporada? Eu pretendo ficar mais 2 no mínimo. E olha que trabalho com coisas relativamente pesada.

  3. Acho que quem compra notebook por temporada ou tem dinheiro sobrando ou está comprando errada, ouuuuuu em último caso, realmente possui alguma necessidade ímpar.

  4. Eu ainda não consegui entender qual a vantagem em se comprar Mac. O que voce paga por uma maquina dessas voce compra pelo menos dois notes com hd maior, tela full hd e blu ray.

  5. Os HDs são todos de 5400rpm 😦

    Troquei o do meu MacbookPro por um Híbrido de 500GB (4GB SSD) da Seagate comprado na Atera.

  6. O update foi interessante, principalmente pelo retorno das placas da Intel. Isso me faz imaginar quem a tendência é que MBW, Mac Mini e Air 11′ adotem os Core I3 + Intel HD3000 num futuro próximo reforçando o posicionamento de máquinas de entrada.

    O thunderbolt é uma grata adição, embora torne necessário esperar por adaptadores e periféricos preparados para tecnologia. O lado bom é que já é possivel achar os MBP 13″ por menos de 3 pilas.

    Rodrigo, sobre o hibrido posso falar. Coloquei um Momentus XT 500GB com memoria flash de 4GB. O disco é muito rápido, valendo a pena para boot e iniciar algumas aplicações mais rápido. A galera diz que a média de desempenho é fazer tudo na metade do tempo. O que faz a diferença nele de verdade é o cache de transferencia de 32MB, o dobro de qualquer HD de 7200 comum.

    Porém se analizar friamente, qual a diferença entre esperar 3 segundos a mais para abrir o Itunes ou ter o boot 10 segundos mais rápido?

    O lance é bom, mas não justifica o preço pedido (paguei 400 reais no meu). Brinquedo para geek

  7. Sugestão, não use o hibrido, uso um SSD que tenha transferencia de 285 MB/s para leitura e 275 MB/s. Por exemplo OCZ Vertex 2.
    A diferença de velocidade é muito grande, não só para iniciar como qualquer acesso a disco.

  8. Hattori
    É sério, eu não to querendo polemizar. Eu só queria entender o que de tão extraordinario o MacBook e os outros computadores da Apple fazem pra compensar o preço tão elevado.
    Por exemplo: eu semprei tive como aparelho celular os da Nokia (N73, N95, N78, N85, 5800xm, N97) e o aparelho até então me atendia. Mas quando comprei o meu primeiro iPhone, que foi um 3GS, vi que a Nokia estava defasada em muitos aspectos e não me atendia mais. Então a partir desse momento entendi que valia o custo alto para se ter um iPhone. Hoje não me separo do meu iPhone4. Vi que o iPhone é realmente, na minha opnião, um aparelho extraordinario.
    Então voltando ao ponto, é isso que eu queria entender. O que é tão extraordinario nos MacBooks, iMacs e Mac OS que vale a pena o desembolso enorme de dinheiro.
    Eu sou um usuario comum de computador, não trabalho com imagens, musicas ou videos. E analisando o hardware do MacBook chego a conclusão que não vale o preço, levando em conta que tem maquinas de mesma configuração por metade, as vezes ate menos, do preço de um MacBook Pro.
    Fica a minha duvida, se alguem conseguir responder agradeço.

  9. Fabio tenho 1 funcionando num Envy 17 3D. E tenho um Cosair Force Series (que é similar) em uma Macbox pro

  10. Márcio,
    Precisou de alguma configuração específica para instalar e fazer funcionar o SSD Corsair no MacBook Pro? Estou para comprar um de 240 GB na WAZ. Grato, Fábio

  11. Fabio, comprei na WAZ tb. Não há nada especial a fazer. Instale fisicamente o SSD, no lugar do disco (acho que prendi uma fita isolante, por baixo, para retirar-lo mais facilmente). Depois instale o sistema operacional ou retorne uma imagem. Se vc for instalar tb o Windows 7 (não insta-le Windows XP, pois o XP NÃO funciona bem com SSD), use o Bootcamp e faça uma instalação do zero, pois isto facilita para o Windows 7 se configurar, corretamente, para o desempenho do SSD.

  12. Marcio,
    Muito obrigado pelas informações. Não utilizarei windows apenas o OSX mesmo. Fiz estes questionamentos pelo fato de alguns fóruns explicitarem problemas quando o Mac está em modo de repouso e/ou não inicializarem corretamente. Tivestes algum tipo de problemas destes? Possuo um MacBook Pro 15″ i5 2.4. Grato,
    Fábio

  13. Fábio, no meu caso não tive nenhum problema. Não é comum eu deixar, o Macbook, repousando, mas as vezes, que deixei, não tive problema. O conselho que te dou, é verificar o versão do firmware, do SSD, se não for a última versão, atualize.
    Não usei o OCZ Vertex 2, no Macbook (só no Envy), estou gostando muito dele, se eu fosse comprar, um novo, teria dúvidas de qual comprar.

  14. Adriano,

    Realmente os computadores da Apple são bem caros. Porém, se você pegar a configuração de um Mac Book Pro e de um outro laptop que tenha configurações semelhantes, você vai perceber que não é tanta a diferença.

    O grande diferencial sem dúvidas é o sistema Mac OSX. É um sistema estável, fácil de usar e seguro. Instalar e desinstalar programas no Mac é mais fácil do que no Windows. É muito mais difícil um programa travar no Mac do que no Windows.

    Acesse o site do baixaki e procure pelos seguintes artigos: Uma semana no Mac e Luta de Gigantes: Windows Vs. Mac. São artigos relativamente antigos, mas que vão servir para você perceber o que o Mac tem de bom para oferecer.

    Uso o Windows no trabalho e o Mac e casa. Não pretendo a voltar a usar o Windows em casa novamente.

  15. @Adriano,
    Não sou (ainda) proprietário de um Mac, mas pelo o que eu percebi, das vezes que já os utilizei, prende-se pela rapidez de resposta, ausência de processos de desfragmentação, inicialização rápida, ausência de vírus, estabilidade da máquina, entre outros. Claro que também são muito bonitos. A ideia que eu tenho quando uso um Mac é que tudo foi feito pensando no usuário. enquanto no Windows tudo foi feito como os programadores da Microsoft acharam que era mais certo. Vc que se dane para se adaptar!. Encontro muito paralelismo entre o uso do iPhone e de um Nokia.

  16. Alessandro, sou usuario de Mac OS X e Windows. Cuidado com o fato de MAC OS X não ter defragmentação, pois deveria ter. Ele fragmenta muito tb.
    Vc pode utilizar defragmentadores de terceiros ou mensalmente, salvar a imagem, apagar a partição e retornar a imagem.
    Obs: Os discos SSDs não precisam de defragmentação (ou precisam muito menos, mas não vou entrar neste assunto polemico, pois esta muito fora do assunto original do post)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.