Trabalhando com um tablet

20110414-114622.jpg

Durante o evento da Motorola para o lançamento do smartphone Atrix e do tablet Xoom surgiu uma discussão muito interessante sobre o trabalho com dispositivos móveis, será que é realmente possível trabalhar somente com um tablet?

Acho que tudo depende do tipo de trabalho de cada um, mas pensando especificamente no meu caso vou tentar demonstrar um panorama com as vantagens e principais dificuldades de trabalhar somente com um tablet durante um dia comum.

Hoje estou trabalhando fora de casa e decidi montar um kit para tentar trabalhar da melhor forma possível sem precisar de um notebook, deste modo deixei a mochila bem leve, com o iPad, um pequeno teclado bluetooth da Apple, fones de ouvido bluetooth da Nokia e o magic trackpad.

O teclado bluetooth foi reconhecido rapidamente e seu funcionamento foi perfeito, mas não posso dizer o mesmo do fone de ouvido bluetooth, que sempre ao alternar o uso entre aplicativos e games ficava totalmente mudo e precisava ser pareado novamente. O Magic Trackpad que deveria ser utilizado como mouse bluetooth foi reconhecido pelo iPad mas não conectou e voltou para a mochila.

A conexão com a internet foi feita com a ajuda do smartphne por meio do Wifi, e os aplicativos utilizados no iPad foram o WordPress, Stereolizer (rádio web), MobileRSS, Twitter (Oficial), Safari e Firefox Home para navegação na web, QuickOffice e iA Writer.

De uma forma geral a solução funcionou bem, mas alternar o uso entre os programas nem sempre parece tão rápido, e em alguns momentos o tablet apresentou travamentos em alguns aplicativos.

Consegui trabalhar bem, mas algumas tarefas que são executadas de forma simples e rápida no notebook são mais lentas no tablet, como por exemplo copiar uma imagem na internet e voltar ao editor WordPress para inserir a foto no post. Tudo pode ser feito sem muitos problemas, mas a produtividade sofre uma queda considerável, que certamente deve ser notada ao final de um dia de trabalho.

Senti falta do Flash para acessar algumas páginas da internet, o que atrapalhou um pouco o trabalho, sendo que é possível conviver com esta limitação, mas não é fácil, pois eventualmente pode prejudicar a execução de alguma tarefa. Acredito que um tablet com flash como o novo Android 3.0 Honeycomb encontrado no Xoom pode resolver este problema e evitar a abertura de múltiplos aplicativos com a navegação por abas.

Eu diria que estou perdendo algo entre 30% e 40% da minha velocidade de execução dos trabalhos, o que com o tempo acaba sendo um pouco cansativo e frustrante.

Foi possível trabalhar com FTP para fazer a gestão de alguns arquivos, ouvir músicas durante o trabalho e até gravar um podcast com grande qualidade com o microfone iRig Mic, mas ainda sinto que o tablet é um pouco lento quando comparado com o grande poder e versatilidade do Notebook.

A bateria é ponto forte neste conjunto, pois consegue suportar um dia inteiro de trabalho sem grandes problemas, mas o ponto fraco ainda está na velocidade de trabalho no tablet, pois se por um lado temos uma autonomia maior, por outro demoramos um pouco mais para executar as mesmas tarefas.

Avaliando o ponto de vista de segurança, o tablet é mais barato do que um bom notebook, logo existe uma sensação de segurança um pouco maior para transportar e utilizar em alguns lugares públicos que contam com um mínimo de segurança.

Com a ajuda do Connection Kit da Apple foi possível até levar um backup completo dos meus sites e muitas músicas e vídeos, o que foi muito útil, mas acredito que no final das contas tudo é uma questão de costume e necessidade de cada usuário.

Eu consegui trabalhar relativamente bem nesta manhã, mas a queda de produtividade faz com que a solução de trabalhar somente com o tablet seja utilizada somente em algumas situações específicas, quando o usuário necessitar de uma mochila mais leve ou um pouco mais de segurança ao transportar um equipamento mais barato, o que reduz o risco financeiro no caso de perda ou roubo do gadget.

E você, consegue trabalhar somente com um tablet? Fale sobre sua experiência nos comentários deste post!

 

42 comentários em “Trabalhando com um tablet

  1. O que fica bem claro é que um Tablet é para consumir conteúdo, este é o foco dele: ler e-mails, navegar, escutar músicas, filmes e outras coisas afins. O mesmo se diz para smartphones, qualquer pessoa racional no mundo, sabe que para se produzir conteúdo os notebooks são imbativeis no quesito. Tarefas rápidas e produções simples podem ser atendidas.
    Mas para se produzir muito conteúdo, os notebooks, até por isto existem modelos portáteis como AIR e outros sejam da Dell ou HP.
    Eu acho bem esquisito tocar esta tecla, e lógica que as comparações ficam sem sentidos, você pode até tirar um parafuso com um Martelo, mas o objetivo dele é outro.
    O Tablet é para consumir conteúdo e eventualmente alguma produção simples: e-mail, formulários, etc.
    O resto é improviso, como usar um N800 ou iPhone com teclado sem fio.

  2. Várias perguntas e algumas observações:
    1ª) Se o seu fone ainda é o Nokia BH 905, eu tenho um igual e parea melhor com o Ipad que com o 5800. Posso pausar e retomar a música, web radio ou vídeo sem perder o pareamento. É estranho o problema.
    2ª) Não entendi muito bem como você usaria o mouse, visto que o iPad não tem cursor. Só para navegação com gestos? Não sei se justificava.
    3ª) Você tem Firefox no iPad? Como? Pelo amor de Deus passe essa dica! Estou farto do Safari.
    Agora a minha experiência:
    Sou profissional da área da saúde e utilizo o ipad no lugar do notebook, pois as deficiências dele como instrumento de trabalho não são impeditivas ou determinantes para o meu dia a dia. Uso-o massivamente o Dropbox para acessar e modificar documentos pessoais, principalmente através do Docs To Go. O Safari serve para aceder a um serviço baseado na web de precrição de receitas, web banking e emissão de recibos. Na clínica utilizo um programa específico de gestão de clínicas e pacientes, onde posso acessar o prontuário, análises clínicas, radiografias e fotografias dos pacientes. Imprimo tudo com o Printer Pro (ligado por WiFi). Na observação dos pacientes há a vantagem de ter tudo em uma “prancheta” interativa que serve também para explicar ao paciente o seu problema e/ou o tratamento, atavés de atlas médicos. Claro que também utilizo o iPad para as tarefas corriqueiras tais como email, Twitter, Facebook, etc. Creio que a minha experiência é muito específica e não corresponde à maioria, mas para quem é da área da saúde o iPad pode ser uma boa ajuda.
    PS: Para quem acha que tudo isso poderia ser feito em um net/notebook experimente passar o dia a carregar um por um hospital!

  3. Sinceramente eu não acredito, quer dizer, não vi, nenhum tablet com o uso de mouse, é possível mesmo?

    Mas é como voce disse, DEPENDE e MUITO do tipo de trabalho para que um Tablet substitua a altura um laptop…

    1. Oi Wellington!! Também encontrei nada parecido, mas seria interessante para evitar de ficar sujando a tela, e poderia ser interessante em alguns games também! Testei somente por curiosidade mesmo. Um abraço!

  4. Bem, para trabalho e se precisase de extrema portabilidade e peso pena eu cogitaria a compra de macbook air modelo de entrada (cerca de 2500,00), sairia o mesmo valor de um Tablet Top, mas seria bem melhor para trabalho… já para lazer e conforto, aí eu ficaria com o tablet…

    1. Boa tarde Mark! Concordo totalmente com você, pois por mais que um tablet tenha bons recursos, para escrever textos mais longos, editar áudio, vídeo e fotos o Macbook Air de 10″ basico realmente é muito superior ao melhor tablet existente no mercado. O tablet acaba ficando para fazer música, podcasts e games, além da boa leitura de livros, revistas e feeds antes de dormir!! Um abraço!

    1. Boa tarde Washington!! Sabe que tudo depende do uso, pois para música o iPad está mostrando bons resultados e com certeza é uma bela opção para tocar ao vivo, gravar e até utilizar processadores de efeitos com ótimo nível e a assinatura de grandes empresas como a Fender. Neste caso é possível produzir conteúdo sem problemas, mas estes recursos atendem uma pequena parcela dos usuários. Um abraço!

  5. Na minha opinião o forte do IPAD é conssumir conteúdo, Já o XOOM é pra produzir e consumir ao mesmo tempo, pois ele possui toda versatilidade e conforto encontrados tanto no android 3.0 quanto no belo hardware que bate de 10000000000 à 0 no iPad 2, e quem dirá no 1 então hahahahahaha…

    1. Oi Rafael, ainda quero testar com calma e comparar os dois aparelhos, mas como disse no outro comentário, a navegação com flash faz uma diferença e tanto para quem trabalha com a internet. Um abraço!

  6. Quem aqui Tem um Xoom, um iPad (1 ou 2) ou um Tab 2 e testou no trabalho, como o Rodrigo? Pois falar baesado em achismos é trollagem. Falem de experiênciais reais. Eu tb acho que um Nokia 1100 ao fazer ligações é melhor que um Atrix! Hehehehe!

    1. Hattori, tudo bem? Pelo que pude testar durante o evento, o Xoom está muito bom e a navegação com Flash faz uma bela diferença para quem precisa trabalhar sem se preocupar com problemas de compatibilidade de sites, mas assim que receber o tablet para testes vou poder escrever com mais certeza. A fila para receber o aparelho é longa, mas logo chega a minha vez!! Um abraço!!!

  7. Criei um bloguezinho para que meus amigos possam saber o que estarei fazendo em minha viagem para a Europa. Vou levar meu Galaxy Tab, mas para usar como GPS, Google Maps, falar pelo Fring Out e talvez para jogar enquanto espero no aeroporto. Para atualizar o blog vou levar meu netbook Acer. Os tablets que conheço não possuem entrada USB ou para cartões de memória, de modo que fica impossível upar minhas fotos para o blog. Além do quê, não considero o netbook tão mais pesado que um iPad e ele fica bem apoiado na mesa, com teclado, numa posição bem melhor para escrever.

  8. @Rainor,
    Se vc for passar por Portugal te convido para tomar uma bica (cafézinho)! Olha, no iPad eu uso o Kit conector de câmera e cartão de memória. Dá para upar fotos e vídeos nativamente, além de poder ligar um teclado ou uns fones pela USB. Com um jaibreak e o iFile dá para conectar uma pen e acessar, copiar e colar arquivos.

    1. É verdade Alessandro, dá para fazer tudo mesmo com o tablet, mas dependendo do tipo de trabalho e tempo disponível para execução as coisas podem ficar mais lentas! Pode me incluir nesta bica que levarei o iRig Mic para fazer um podcast sobre tablets gravando direto no Garage Band do iPad!! Um abraço!

  9. Notei que no dia do lançamento do Atrix e do Xoom você não postou quase nada, o que não é normal… agora já sei quem foi o culpado…rs

  10. Eu comprei um tablet Chinês, e ele possui: Duas entradas para cartão de memória micro SD (uma para conteúdo, a outra eu utilizo para cartões diversos), duas USB (inclusive reconhecendo mouse, o ponteiro aparece na tela do Android quando um é conectado), saída mini HDMI e entrada de rede Ethernet. Só falta um bluetooth para ficar perfeito!

    Mesmo assim, não dá para utilizar para trabalhos. Os softs do Android são muito limitados.

  11. Buenas tardes!
    Concordo com que o Steve disse e quero ressaltar que o processador desse gadgets não suportam a tarefa de “produção” de “conteúdo”
    mais especifico! Isso demanda um processador dedicado e um SO sem falar em uma tremenda bateria que tiraria sua mobilidade!

  12. Se vc vier a Portugal, pode ter certeza que uma bica com pastéis de Belém não vão faltar! Concordo que com rotinas de trabalho diferentes da minha, como a sua por exemplo, um tablet é um atraso. Estou com a ideia de passar o iPad 1 para a patroa e me presentear no aniversário com um novo tablet. Qual seria a grande vantagem do Honeycombs sobre o iPad 2? Aqui já foi lançado o Tab 2, por € 590 (R$ 1347) enquanto o iPad está por € 599 (R$ 1367). Ambos na versão 3G + WiFi. O Xoom por enquanto não foi lançado. Mas o Tab 2 acho que vai vender bem. Qual a sua opinião? Será que o iOS 5 trará novidades para o iPad tb?

    1. Oi Alessandro!! Quando estiver por ai avisarei com certeza! Acho que o Honeycomb tem inicialmente como vantagens um melhor navegador com suporte ao Flash com bom desempenho, uma quantidade de aplicativos gratuitos maior (mas vale lembrar que a maioria ainda não foi customizada, apesar de funcionar), e o ponto forte é a interface mais moderna e repleta de Widgets, que facilita muito as coisas, pois podemos consultar um grande número de informações sem precisar abrir nenhum aplicativo. De qualquer forma eu ainda prefiro testar o Xoom com calma para ter certeza destas minhas opiniões iniciais. Um abraço!

  13. Olá Rodrigo,
    Como sugerido, deixo minhas opiniões utilizando o IPad 1 no trabalho: no meu caso utilizo para visualizar e responder email, criar textos promocionais com o Pages e alimentar planilhas com o Numbers, utilizo muito o Dropbox para abrir documentos e já envia-los ao cliente enquanto estamos conversando (ou enquanto ele esta atendendo o celular). Utilizo o keynote para realizar pequenas apresentações durante minhas visitas.
    Não tenho nenhum tipo lentidão, e os programas abrem rapidamente, lembro quando resolvia abrir um arquivo no word com meu note na frente do cliente(que demora).
    O grande problema é que assim que pego o iPad para utilizar alguma função o cliente já diz: há o iPad!? Deixa eu dar uma olhada…
    Já foi a visita (comercialmente falando).

  14. continuo usando o N8 com teclado da Apple, com bastante velocidade. E quando o ligo o mouse bluetooth ou USB fica ainda melhor, depois das atualizações dos progamas. ow.

    Vou portar o video com a câmera frontal funcionando como webcam. Muito divertido.

    A parte chata é que ele esquenta horrores trabalhando duro.

    Tem dias que é um saco sair com a mochila pesada, e poder levar tudo em uma bolsa carteiro pode compensar uma certa perda de produtividade. Mas com um pouco de planejamento prévio das tarefas do dia, o resultado pode ser bom.

    Obrigado pelo post.

  15. Rodrigo, para rodar flash no iPad use navegador PUFFIN, vá em configurações dentro dele, e em LOAD FLASH, escolha AUTO. Pronto, vc tem sites rodando flash.
    Abs e viva tio Jobs

  16. Levando em consideração que um iPod é um “mini” tablet, posso dizer…é frustrante poder trabalhar com um tablet…a não ser que seja baseado em Windows…se fosse o Slate da HP ou o Inspiron Duo talvez seu desempenho não caisse tanto… (eu como engenheiro não consigo ver trabalhando com um tablet a não ser que seja para coleta de dados)

    1. E verdade Leonardo, acho que vale quando temos uma situação de emergência ou férias, passeios em geral, mas não para o trabalho, a não ser que seja usado para para consulta, coleta de dados e consumo de conteúdo. Mas de qualquer forma, tudo depende das necessidades específicas de cada usuário. Um abraço!

  17. Eu quero todas essas experiencias quando comprar meu Blackberry Playbook !!!

    Mas só o fato de poder carregar boa parte do seu trabalho num dispositivo mais pratico, já é uma grande vantagem!

  18. @rodrigostoledo Rodrigo, pensando bem é verdade, a maioria das pessoas que acompanham seu blog é Heavy User…mas para o usuario comum talvez um Tablet resolva… Ontem um amigo pediu-me ajuda a respeito de um virus que assolava seu Windows…pedi o perfil dele (O Padrão: Office, Internet, Musica e Video)…sugeri para ele formatar e colocar um Linux….mas pensando bem … talvez fosse um potencial usuario de um tablet… como vc disse cada caso é um caso.

  19. Como trabalho com desenvolvimento de software, no meu caso, trabalhar com um tablet seria impossível. Mas na empresa que trabalho alguns companheiros poderiam sim trabalhar com um tablet, desde que esse tivesse suporte a flash (a aplicação corporativa faz uso dessa tecnologia) e também se ele não dependesse do itunes para trocar arquivos com qualquer pc (usb, cartao microSD ou até bluetooth), ou seja um tablet android poderia muito bem ser uma alternativa viável. Eu tenho um iPad e para mim ele se resume a uma máquina de diversão, muito boa por sinal para este fim.

  20. Olá pessoal, estou pensando em comprar um tablet, e gostaria de saber se vai servir para meu uso. Eu trabalho com musica tocando teclado na igreja, e as vezes preciso de usar algumas cifras de músicas novas. Gostaria de saber se em um tablet eu poderia pegar essas cifras na internet pelo meu pc, salvar em arquivo de texto como word ou outro simular, e transferi-las para o tablet, e fazer alguns ajustes na hora de tocar? Pois nem todas as cifras da net sao perfeitas. Basicamente usaria pra visualizar a cifras musicais e fazer algum acerto na hora dos ensaios.

    o que me dizem ?

  21. Ola Rodrigo, estou tentando fazer funcionar um telcado da apple bluetooh com o meu Xoom, mas como voce deve ter percebido, nao tenho conseguido colocar a acentuacao. Comprei ele nos EUA e sem utilizar o teclado fisico, resolvi esse problema com o SWIFTKEY.
    Vc tem alguma dica? To no desespero
    Um abraco
    Marco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.