Música na Internet: Teste do Spotify

O experiência com o Sonora não foi das melhores, mas eu ainda permanecia disposto a substituir as minhas músicas em arquivos de MP3 por uma opção na nuvem, e agora estava apostando minhas fichas no Spotify, serviço disponível em alguns países da europa e nos EUA que eu já havia assinado há algum tempo mas que apresentava algumas limitações de acervo disponível para os usuários brasileiros além da falta da opção de ouvir o conteúdo em modo offline.

Assinar este serviço deu muito trabalho, pois além do problema de ser identificado como um usuário brasileiro, que pode ser facilmente resolvido, esbarrei na questão do pagamento, que somente era possível com um cartão de crédito ou Paypal americano, o que me deixou somente com a alternativa da boa ajuda de uma amiga que mora nos EUA, que assinou o serviço em meu nome mas efetuou o pagamento com o seu Paypal e emitiu uma cobrança para a minha conta co Paypal.

Apesar da pequena mão de obra, o serviço não decepcionou, e pelos 9,99 dólares ou algo em torno de 16,00 reais por mês apresentou uma quantidade gigantesca de músicas com uma qualidade de áudio excelente que chega a 320kbps tanto no Mac quanto no PC, além de um modo offline perfeito que armazena as músicas no computador ou no celular para ouvir em modo offline quando não existir uma boa conexão à internet disponível.

Mesmo no celular com a rede 3G a qualidade de áudio e estabilidade não decepciona, e não enfrente nenhum problema quando usei o serviço fora de casa. O aplicativo do celular conta com muitas funções de busca que tornam as coisas muito rápidas e simples, e na maior parte do tempo eu até esquecia que estava ouvindo as músicas pela rede 3G. Vale comentar que para fazer o download do aplicativo gratuito do Spotify para o meu iPhone eu precisei usar uma conta americana na App Store da Apple.

Uma característica que vale a pena comentar do aplicativo disponível para o celular é a facilidade de sincronização dos arquivos, que acontece de forma automática quando o aplicativo é executado no computador e no celular ao mesmo tempo na mesma rede WiFi. Muito simples e rápido!

O acervo é realmente muito grande, e para não dizer que encontrei 100% das músicas, até o momento eu só não encontrei as músicas do Metallica, Beatles e Simple Red, o que pode fazer com que meu acervo pessoal de arquivos de MP3 sofra uma redução de praticamente 99% de seu conteúdo, pelo menos enquanto o pessoal do Spotify não consegue um acordo com as gravadoras destes artistas.

No final das contas, apesar das dificuldades encontradas para fazer a assinatura do serviço eu posso dizer que o Spotify é uma das melhores opções existentes no mercado para quem quer ouvir músicas pela internet com a opção offline no computador ou no celular, com um acervo com um tamanho realmente gigantesco em qualquer hora ou lugar com excelente qualidade. Vale muito a pena ouvir o que quiser sem precisar ficar perdendo tempo com a procura de arquivos de MP3 na internet pelo preço honesto e justo de 16,00 reais!

8 comentários em “Música na Internet: Teste do Spotify

  1. Hmmm

    Então devo supor que o título do post anterior “…Como troquei o MP3 pela nuvem” não condiz com a realidade de fato.

    Eu ainda acho que os serviços na nuvem só ficarão realmente legais daqui à alguns anos como acontece com praticamente toda tecnologia nova.

  2. Eu adorei o Spotify mas quero uma conta premium. Alguém sabe como faço para pagar? porque ele não aceitou meu cartão de credito.

  3. O Spotify tem a opção gratuita, que pode ser acessada em conjunto com sua conta do Facebook. Quanto ao proxy, o Spotify recusa alguns considerados “antigos”.

    Por isso, é sempre bom conferir a lista de proxys nesse link –> http://www.hidemyass.com/proxy-list/search-225371 <– usando proxys recentes (last update) do Reino Unido (United Kingdom) e Estados Unidos (United States).

    Após configurar o proxy corretamente (http://www.iqsc.usp.br/faq/tutorial_configuracao_proxy.pdf) basta criar uma conta no Spotify usando seu Facebook (tem um botão de sincronização lá) e voilá: agora basta apenas ouvir o enooorme acervo do Spotify, criar playlist, sincronizador com dispositivos de áudio (como iPod), ouvir seleções de música, dentre outras.

    Só uma observação: como o serviço é na nuvem, as músicas de seu computador que estejam em playlists do Windows Media Player automaticamente irão para o Spotify para outros usuários a ouvirem.

    Assim, para ajudar outras pessoas, crie várias playlists no Windows Media Player com suas músicas preferidas e elas serão disponibilizadas no Spotify.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.