A hora certa de trocar de notebook

Estou usando um MacBook Pro com uma tela de 13″ polegadas há aproximadamente 2 anos, sendo que após um upgrade de memória para 8GB e um novo HD híbrido de 500 GB com 4GB de SSD, consegui ganhar um bom fôlego com esta máquina, mas após voltar a trabalhar fora comecei a sentir falta de uma tela um pouco maior.

Com o tempo, após a instalação de aplicativos mais pesados para música como o Logic Pro, o Maschine e a Spark comecei a sentir um pouco de lentidão, e nos últimos tempos durante a migração e as tentativas de salvamento do antigo blog também notei que a máquina estava um pouco cansada no processamento dos grandes arquivos do meu banco de dados.

O culpado pela perda de performance aparentemente é o processador, e depois de voltar a trabalhar fora também senti falta de um monitor um pouco maior com 15″ polegadas para ter um pouco mais de conforto.

Tendo em vista estes pequenos problemas, comecei a pensar na compra de um novo Macbook Pro com uma tela de 15″polegadas e um processador Intel Core i7 de quatro núcleos de 2,4GHz, 4GB de RAM 1333MHz que seria substituída por 8GB e um HD com 750GB e 5400 rpm que me deixaria por pelo menos uns dois anos sem precisar pensar em um novo notebook, mas o alto custo da máquina aliado ao lançamento de uma nova versão mais fina e leve que pode chegar em breve ao mercado acabou me deixando mais uma temporada com o meu Macbook de 13″.

Na maior parte do tempo o meu Macbook ainda cumpre bem o seu papel, deste modo eu acredito que seja possível ficar mais algum tempo com ele sem grandes problemas, pelo menos até o final deste ano, quando provavelmente deve chegar a nova geração do Macbook de 15″ polegadas mais leve e com um perfil mais fino.

Eu gostaria de permanecer por um tempo um pouco maior com um notebook, mas com os aplicativos de músicas pesados que venho utilizando nos últimos tempos eu acho que um período de 3 anos é um tempo razoável para trocar de computador.

24 comentários em “A hora certa de trocar de notebook

  1. Eu passei pelo mesmo dilema. Coloquei um ssd de 120gb no meu e ganhei fôlego para esperar os novos modelos. A tela e o espaço em HD nao me incomodam, mas já sinto ima certa lentidão em app pesados por causa do processador. O que mais me impressiona é que a bateria do meu ainda dura quase 4 horas. Tenho ele desde nov/2009 😉
    Eu também quero um MBP de 15′ mas o preco vai ser um agravante.
    Talvez consiga trazer dos estados unidos, que seria sensacional 🙂

  2. Sempre penso dessa msm forma Rodrigo! Sempre deve-se aliar a relação custo-benefício a chegada de novos produtos no mercado, pois só pelo fato de ficar esperando mais alguns meses não deverá fazer tanta diferença. No meu caso, desde o início do ano q estou precisando trocar por um celular novo (meu N8 tá muito ultrapassado), porém irei aguardar a chegada do novo iphone ou a chegada do novo Galaxy S3 aqui no Brasil.
    Sigo a mais de 2 anos seu site, e gosto muito dos seus posts, falando sempre da sua opinião pessoal!

    1. É isso ai Saulo, o negócio é esperar um pouco mais e fazer uma compra mais consciente. Um abraço e obrigado por acompanhar o blog!!

  3. Rodrigo uma curiosidade sobre os Mac. Eu uso o Windows e tenho a mania de particionar o HD. Uma unidade para o OS e outra paras os arquivos (fotos, docs, musicas, vídeos).
    E os usuários Mac também fazem isso?

    1. Olá Adriano, tudo bem? Da mesma forma que outros OS podem trabalhar com particionamento o Mac Os X trabalha perfeitamente, uma única limitação chata e existente ( que nao pode ser contornada de forma nativa) é o uso de partiçoes NTFS pois o Mac Os X não consegue gravar nela. O formato nativo das partições do Mac Os X é HFS+.

      1. Eu sei que dá para fazer partições no Mac.
        A minha duvida é se isso é usual para os usuarios Mac.
        Por exemplo, eu não conheço ninguem, que entenda um pouco de informatica, que quando instala o windows não particione seu HD.
        É apenas curiosidade.

  4. Meu dilema é o mesmo do Ricardo Borghetti, e estou no aguardo do tão sonhado macbook pro air com possibilidade de 16 gb de ram ^^

  5. Você falou de migração. Atualizou o OS X? E Fez restauração de imagem também por causa do HD hibrido certo? Eu aconselho a fazer uma instalação limpa. Também coloquei um hibrido de 500GB no meu macbook white com 2GB de RAM, fiz a instalação limpa do Snow e restaurei com o TIME MACHINE, fiquei decepcionado no inicio porque ficou parecendo que o desempenho não tinha mudado muita coisa, até que instalei o Lion recentemente, instalação limpa, sem upgrade, a diferença agora é enorme, fazendo valer o poder do hd.

    1. Bom dia lordtux! Eu senti uma diferença muito grande mesmo sem fazer a instalação limpa, mas quando sobrar um tempo vou tentar para ver como fica! Um abraço!

  6. Tenho um mb pro de 13 e um imac de 27″, ambos 4gb de memória e chip i7. O que reparo é que o imac tem placa de vídeo própria (1 gb) e ocupa menos memória para rodar os mesmos aplicativos que o mb pro, ou seja, os seus 8gb de memória não são tão confortáveis pelo compartilhamento (vídeo +programas).
    Quanto ao monitor, minha opinião: não sairia mais barato e teria mais resultado ter um monitor externo, do que carregar mais peso? Meu mb pro pesa 2kg e me incomoda na mochila, desde que comprei sempre penso que poderia ter comprado um air de 11″?
    Rodrigo, divulga aí para a galera: 1) ter duas contas do dropbox rodando ao mesmo tempo no mac (http://www.makeuseof.com/tag/run-multiple-dropbox-accounts-simultaneously-mac/);
    2) sincronizar seu itunes via dropbox, ou seja, acessar em várias máquinas a mesma pasta de mídia com os mesmos dados que você inseriu no itunes sobre músicas, livros, vídeos (http://www.autotunesapp.com/synchronize-itunes-with-dropbox/). Ao invés do dropbox, estou testando com o skydrive de 25gb.

    1. Oi Julio! Pode ser uma opção interessante, mas a imagem do Mac é tão superior ao monitor da HP da empresa que dá até tristeza! Hehehehehe. Mesmo com um pouco mais de peso, acho que os olhos agradecem muito mais com a resolução do Mac! Obrigado pelas dicas! Um abraço!

  7. Bem eu estou com um MBW late 2009 a dois anos e meio. Concordo que com o tempo o note deixa de passar aquela impressão de fluidez e isso eu tive que contornar com expansão de RAM pra 8GB e um SSD de 128GB. Com essa sobrevida consigo aguentar até o final do ano sem problemas. Diferente dos demais, dessa vez pretendo voltar ao desktop (um Imac ou um bom desktop) por uma questão de custo x benefício x desempenho e considerando que meu equipamento atual consegue suprir bem o quesito trabalho + mobilidade.

    1. Oi Vinicius!! Como ficou o seu Mac com o novo HD, muito mais veloz? Quanto você está usando da memória do SSD? Um abraço!

      1. Então Rodrigo, eu estou usando o “olhômetro” pra medir a performance. O processador do note é um Core 2 Duo 2.26 e o SSD que estou usando é o Corsair GT de 120GB Sata 3 (até 6GB de transf.) . No meu MBW o hardware é Sata 2 mas o SSD opera em Sata 1 (1,5GB de transf.) – ainda não descobri como contornar esse gargalo.

        Contando em pulinhos no dock, a maioria dos apps abrem com 3 ou 4 pulinhos no Dock. O tempo de boot no Lion é de cerca de 10 segundos, abrindo Photoshop, Illustrator, Safari e iTunes pula pra cerca de 13 segundos. Desligar coisa de 4 segundos. É muito rápido mesmo com o gargalo de transferência.

        Pro meu trabalho (sou designer gráfico) o gargalo do notebook está na placa gráfica para trabalhar com video design. No resto o que manda mesmo é RAM e velocidade de acesso e nisso o SSD tá ajudando muito.

      2. Fala Vinicius! A velocidade está boa!! Estou pensando em comprar um SSD, mas até que o meu está rápido com o HD de 5ooGB híbrido com 4GB de SSD, SATA II de 7.200 rpm. Gostei de ver que existe mais alguém que conta os pulinhos no dock para medir a performance da máquina! Hehehehehe! Um abraço!

  8. Comprei recentemente o MBP de 13″ com i5 e 4G de RAM, por enquanto ele esta me satisfazendo.
    Estou usando o Boot Camp pra utilizar o W7 mais o ideal pra mim seria se instalasse maquina virtual, pode isso Arnaldo?
    Me falaram que pra isto tem quer no minimo 8G, confere?
    Abraços

    1. Rodrigo, o uso de VM´s no MAC é possivel sem nenhum problema, mas a performance é um tanto limitada, existe (não sei informar o nome no momento) uma aplicação para MAC no qual vc pode instalar somente o aplicativo windows (sem a necessidade de instalar uma VM) e utilizar o aplicativo no MAC , particularmente nunca utilizei esta solução e nunca ouvi comentários sobre, mas acho que seria bem mais interessante do que gastar espaço físico desnecessário para utilizar alguns programas, ja verificou se nao existe programas semelhantes para MAC? Ja utilizei soluções como virtualBox, Vmware, Parallels e Bootcamp, todas possuem pros e contras sem falar no consumo excessivo de bateria. Espero ter ajudado. Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.