Avaliando a compra de um Macbook de 15″

Neste final de semana eu comecei a considerar fortemente a compra de uma máquina mais poderosa, pois com a alta do dolar e a queda dos juros, além de não conseguir mais descontos tão vantajosos para o pagamento à vista, comecei a ficar preocupado com os preços dos novos modelo que serão comercializados dentro deste novo cenário.

Pensando em ficar com a Apple mas com um aparelho muito mais poderoso para durar alguns bons anos e justificar o investimento, cheguei a cogitar a compra de um Macbook de 15″, com preços que variam entre 6.700 e 8000, mas diante do equipamento na loja algumas questões acabaram impedindo a compra.

A primeira e mais óbvia é o alto custo do aparelho, pois eu simplesmente não consigo imaginar gastar um dinheiro deste tamanho em um notebook, que de uma forma geral me entregaria apenas uma tela maior e um pouco mais de performance do que o meu equipamento atual, que pode até sofrer em alguns momentos, mas executa as mesmas tarefas do modelo mais novo e caro.

A segunda questão é o peso e tamanho do equipamento, que seria um problema no meu uso diário, bem como nas férias quando não entraria em nenhum cofre de hotel e acabaria se tornano um problema e uma preocupação a mais no passeio.

Outro ponto que foi considerado foi a performance do Macbook de 15″ quando comparado ao meu Macbook Pro de 13″ com 8GB de RAM, Core 2 Duo de 2,4 e HD de 500 com 7200rpm. Claro que o meu Mac sempre perdia nos testes de velocidade, mas a diferença na maior parte do tempo não era tão brutal ao ponto de justificar um investimento tão alto na compra da nova máquina.

É evidente que para alguns casos de usuários que editam vídeos, imagens e manipulam arquivos realmente pesados a compra pode ser justa, mas no meu caso após uma avaliação um pouco mais criteriosa não consegui me convencer da compra do Macbook Pro de 15″, pois para o meu uso o custo x benefício não vale a pena.

No final das contas acho que a melhor opção para o meu caso pode ser um Macbook Air para o trabalho diário na empresa com um monitor, mouse e teclado externos e na rua, sem preocupação e transportado dentro de um pequeno envelope de papel sem preocupações ou riscos desnecessários com uma mochila com a cara de que estou levando um notebook . Neste caso o Macbook Pro de 13″ pode ficar em casa e ser reservado para os trabalhos mais pesados de áudio até o seu limite, quando seria substituído por um novo modelo na mesma faixa de preço e tamanho, ou seja, no máximo 3.600 reais.

Avaliando o custo x benefício de um notebook, para o meu perfil de uso e disposição de utilização de recursos financeiros, não consigo mais deixar passar nenhuma compra aos 3.600 reais deste modelo semelhante ao Macbook que tenho hoje em casa, simplesmente por não conseguir justificar nenhuma grande vantagem que me convença a gastar tanto. Outro ponto que vale a pena considerar é o tamanho do aparelho, que no meu caso não pode passar de 13″ polegadas para não se tornar um problema nas férias, deste modo eu fico obrigatoriamente dentro de uma faixa de preços mais razoável.

Se podemos gastar 50% do valor, mesmo abrindo mão de um pouco de performance, por que vamos pagar mais caro?

32 comentários em “Avaliando a compra de um Macbook de 15″

  1. Rodrigo, se não puder esperar a nova geração com o Ivy Bridge, creio que você trocando seu Macbook Pro Core 2 Duo por um Core i5 já ajude bastante em termos de desempenho nao?

    1. Oi Jorge Mendonça, tudo bem? Após fazer uma verdadeira faxina nos aplicativos do meu Macbook Pro de 13″ consegui uma boa melhora na performance e vou conseguir permanecer mais um tempo com o equipamento. Acredito que a troca poderá ficar para o próximo ano sem grandes problemas, e agora só estou considerando a compra do Macbook Air de 11″ para aliviar o peso nas visitas aos clientes. Se for pensar que mesmo com um Core 2 Duo eu estou com 8GB de RAM 1067MHz e 500GB de HD com 4GB de SSD, acho que a diferença para um novo modelo não fica tão grande assim, pelo menos nesta versão do sistema operacional. O negócio é segurar a onda e fazer as coisas com mais calma! Um abraço!!

  2. Rodrigo, a Apple deverá anunciar, novidades, durante a evento de desenvolvedores, daqui uns 20 dias. Te sugiro esperar.

      1. Rodrigo, acho que vc deveria esperar. São poucos dias e poderemos ter um equipamento com tela retina.

      2. Vou esperar sim Marcio Teixeira! Acho que agora é a melhor opção! Um abraço!

  3. Bom dia Rodrigo,

    Em relação ao dólar, não acredito que irá impactar nos preços, pois entendo isso como sendo uma situação passageira (a iminência da Grécia de sair da zona do Euro).

    Agora como o Marcio Teixeira sugeriu aí em cima, deve mesmo valer a pena esperar uns 20-30 dias para ver as novidades da Apple, pois geralmente são seguidas de uma redução considerável nos preços dos equipamentos “antigos”.

    Estou para fazer um upgrade do meu Ipad 1 para o Ipad 3, só que estou no aguardo, pois em breve a fábrica da Foxconn do Brasil vai começar e colocar no mercado ipads “nacionais”, e certamente os preços cairão (ao menos um pouco) por conta do incentivo fiscal.

    Com isso quero dizer que se puder esperar uns dias, talvez consiga ofertas melhores.

    1. Bom dia LixoRadioativo! Eu até queria fechar o Macbook Air de 11″ hoje mesmo, mas o meu receio é ver o brinquedo sofrer com a atualização do sistema, que deve sair do forno em breve. Neste caso mesmo com uma boa oferta posso entrar numa fria! Melhor esperar um pouco mais mesmo!! Um abraço!!

      1. Ainda não tenho certeza LixoRadioativo, mas corremos este risco. Se bem que o equipamento é novo e não acredito que um upgrade seria liberado para prejudicar o seu uso. Vamos esperar para ver!! Um abraço!

      2. Pois é. Se eu fosse você ficava somente de olho em uma eventual redução de preços. Compartilho sua opinião que a Apple não irá lançar uma nova versão do S.O. que não rode bem em seus equipamentos atuais.

        Ah, só um parênteses: comprei nos EUA a película da Zagg Invisible Shield Full Body e apliquei no meu Air de 11. Ficou perfeito, sem bolhas e totalmente transparente. Protege muito bem a carcaça de arranhões.
        Se quiser tiro umas fotos em hires e te mando por email para você ver.

      3. Fala LixoRadioativo! Mande as fotos sim!! Vou tentar esperar o evento da Apple para decidir, aproveitando que esperei até agora. Um abraço!

  4. Rodrigo,
    Avalie bem a compra do Air. Para mim o Air de 13″ aliado ao iPad, as vezes como 2o monitor foi uma grande mudança. Deixo o Lenovo de 15″ no escritório e ando com o Air e o Seagate Satellite + iPad em uma pequena pasta para onde vou.
    Usei o Air de 11″ por um tempo, mas a diferença de tela no dia a dia é bem maior que a quase imperceptível diferença de tamanho no transporte. O Air de 13″ da quase o mesmo trabalho de levar que o de 11″ porém MUITO melhor para trabalhar textos, apresentações e imagens…

    Abs,

    Fred Motta

    1. Oi Fred Motta!! Pensei no de 11″ por conta do uso atual, no qual o aparelho fica praticamente o dia todo fechado ligado a um monitor e quando sai é somente usado para uma breve navegação em alguns sites com flash e demonstração de alguns vídeos. Um abraço e obrigado pela dica!

  5. Rodrigo, estou vendendo um Apple i7 Macbook Pro 15″ 2GHz Quad 8gb 500GB MC721ll/A. Menos de um ano de uso bem leve, só internet, perfeito. Nota fiscal da MyStore de abril de 2011 no valor de R$ 6700. Vendo por 5 a vista em SP.

    1. Obrigado pela dica Vessseli, mas vou esperar um pouco mais para gastar esta grana. Acho que por hora o uso não justifica o investimento. Um abraço!

  6. Olá Rodrigo, gostaria de sugerir a opção de aquisição de equipamento pelo mercado livre, claro la existem milhares de opções , gente de má fé também, mas vc poderia encontrar alguem que vc testasse a maquina anteriormente ao fechamento do negócio a um valor bem mais acessível. Recentemente tive a oportunidade de adquirir um MBP 13″ i7 pela bagatela de 3.100,00, mas para minha felicidade ou não, nao dispunha de recursos no momento. Terei de aguardar a WWDC , ver as novidades e me decidir pela aposentadoria de meu MBP. Abraço

    1. Boa tarde Roberto Franair! Acho que vou esperar pela WWDC também. Vale mais a pena fazer isso neste momento! Um abraço!

  7. Tem oferta de uma loja online vendendo o air com um hd externo pelo mesmo preço que ele custava sozinho antes. Um desconto de uns 249,00 que é o preço do hd.

    1. Oi Jorge! Será que não são ofertas para acabar com o estoque antes dos novos modelos chegarem ao mercado? Um abraço!

      1. Com certeza, mas o Air com core i5 não roda legal? Talvez valha a pena, logicamente dependendo do valor de lançamento dos novos. Depois do iPad, nunca se sabe, não é?

      2. Estou pensando justamente nisso Jorge! Pode ser que a Apple apenas melhore a tela com a retina display e alguma coisa no processador, além do fim do drive óptico na linha Pro. Performance mesmo acho que não deve evoluir muito. Vamos esperar para ver!! Um abraço!

  8. Boa tarde.

    Eu consideraria trocar o HD por um SDD, que segundo algumas opniões que li, faz com que, por exemplo, o desempenho de uma macbook air 11″ ( com menos memória e processador) seja parecido com um MBP 13″. Uma dessas opniões foi do Marco Gomes (@marcogomes) . E um 13″ nem é tao grande assim para carregar , ou entao, opte por um IPAD.

    abs

  9. Estou com um MacBook Air de 13 tem uns 6 meses. Não tem o que reclamar, fora que para desenvolver, a tela é muito pequena. A resolução até salva a pátria, mas se você for míope ou algo parecido, vai penar.

    O tamanho é fora de questão. O SSD faz toda a diferença. Ele faz o i5 parecer um i7 com folga (ver benchmarks por aí).

    Recomendado, até porque, a diferença de preço para o MacBook Pro de 13 é de 200 pilas.

    Se alguém aí ainda acha que espaço em disco é problema, os HDs estão cada vez mais baratos. Velocidade? Dá-lhe ThunderBold!

    😀

    1. Boa tarde Tomamais! Tenho visto alguns comparativos e a performance desta máquina é realmente muito boa, sem falar que nos comparativos até o Air de 11″ está melhor do que o meu Core 2 Duo de 2,4. Um abraço!!

      1. É mais ou menos isso. O que mais me assustou foi o HD menor e a ausência do Drive Ótico. O primeiro deixa de ser problema pelo que já citei. O segundo, não fez falta até agora e quando fizer, um superdrive resolve.

        Performance é algo assustador. Ele boota em menos de 30 segundos e desliga e menos de 15. Estou ficando mal acostumado.

        😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.