Você possui um cemitério da tecnologia em casa?

Ontem eu encontrei um texto muito interessante no Apartament Therapy sobre um tema que certamente existe na vida de todo amante de tecnologia, a presença de um cemitério de gadgets no fundo das gavetas e armários de casa.

Eu tenho o hábito de passar os gadgets sem uso para a família e amigos, sendo que de uma forma geral não costumo juntar muitos equipamentos sem uso, mas mesmo assim acabei encontrando alguns itens que raramente uso e que estão ocupando espaço de forma desnecessária em minha casa.

Antes de buscar soluções para o problema decidi fazer uma pequena avaliação dos itens de tecnologia que habitam minhas gavetas em casa e consegui fazer a seguinte lista:

Mouse bluetooth da Apple (aquele com a bolinha!)

Câmera de vídeo da Kodak (tipo Flip)

Dois HDs externos com capacidade de 160GB

Muitos pendrives de no máximo 2GB que ganhei nos eventos dos últimos anos

Ainda poderia colocar nesta lista o Galaxy Tab com TV, mas ele está com minha filha, e mesmo sem muito uso ainda preciso convence-la a se desfazer do aparelho, assim como o Macbook branco com 2GB de RAM e HD de 160GB com a bateria zerada, mas em ótimo estado da minha esposa, que hoje utiliza o iPad e praticamente nem liga mais o Notebook. A lista é pequena e conta com equipamentos em bom estado de conservação funcionando perfeitamente, mas tenho muitos amigos que não conseguem se desfazer dos gadgets antigos e acabam formando verdadeiros cemitérios da tecnologia em suas gavetas!

Para ajudar na limpeza eu acredito que devemos sempre fazer algumas perguntas para entendermos a real necessidade de permanecermos com alguns equipamentos mais antigos em casa, o que provavelmente fará com que muitos gadgets sejam doados, vendidos ou reciclados.

A primeira pergunta é meio básica mas necessária, o aparelho funciona? Se não estiver mais funcionando ou não contar com uma bateria para reposição o aparelho deverá encaminhado para a reciclagem imediatamente.

Agora vamos para a segunda questão, há quanto tempo eu não uso este equipamento? Se passou o último ano sem tocar no gadget passou da hora de tomar uma providência como a venda ou doação. Lembre-se que tem muita gente sem condições de comprar equipamentos que podem fazer milagres e ajudar muito! Um computador, notebook ou celular mais antigo pode ser um belo presente para quem não tem nenhum destes aparelhos para trabalhar! 😉

Para ajudar a criar novos hábitos, procure reduzir o espaço destinado ao armazenamento de aparelhos eletrônicos, pois com um espaço menor certamente você precisará controlar um pouco melhor o inventário, guardando somente o que for realmente necessário. Em casa isso funciona bem, pois tenho um único armário pequeno para guardar todos os meus equipamentos, logo acaba me forçando a manter somente o mínimo necessário para o meu trabalho e diversão.

E você, ainda mantém um cemitério de tecnologia em casa ou começou a reduzir?

34 comentários em “Você possui um cemitério da tecnologia em casa?

  1. Fala, Rodrigo =)

    Me mudei há pouco tempo e, por isso, estou com o cemitério zerado, mas já tive um por um bom tempo.

    Uma coisa que você não comentou e que provavelmente é dúvida pra muita gente é o que fazer com esses eletrônicos abandonados, principalmente se não funcionarem mais. Jogar no lixo me parece um desperdício. Como funciona a reciclagem desses equipamentos, você sabe?

    Abraços!

      1. Nossa, grandes links Rodrigo.

        Muito legais principalmente para quem mora fora de SP.

        Vou ver se envio para eles pelo correio. O planeta agradece.

  2. Comecei a reduzir, procuro vender para comprar outro. Mas ainda tenho uns trecos, incluindo um Nokia N-Gage em bom estado e já anunciado para venda 😉

  3. Ótimo post…realmente as vezes a gente acaba guardando gadgets com defeito ou que foram substituídos por novos… eu também costumo passar os meus antigos pra família, assim eu fico sempre “de olho” neles hehe.. ^^ o/

    1. Oi Marcela! Eu mando para a família e depois acabo doando para quem precisa. Há um bom tempo passei um computador para o meu sogro, e quando o equipamento começou a cansar de verdade passei um notebook para substituir e doamos o antigo computador que apesar da idade ainda poderia executar algumas tarefas mais simples neste mundo! 😉

      Um abraço!

  4. Tambem estava com algumas coisas em meu cemiterio, um notebook Lg com fecho da tela quebrada e sem bateria, e o HD virou um Hd Externo, como da minha prima era idêntico e acabou estragando, de dois fizemos um meio novo.

    Outra coisa que estou vendo se descarto ou não é um tablet chines com android, que ainda tem utilidade para alguns downloads,mas como comprei um tablet com windows para uso, acho que este vai ser meu novo centro de download.

    Sobre postos de coleta de lixo eletrônico em minha cidade não possui essa iniciativa, inclusive a empresa em que trabalho os computadores antigos “Frank” foram doados a uma escola publica.

    1. Na falta de um posto de coleta a melhor coisa a fazer com certeza é a doação ou aproveitamento das peças mesmo! Um abraço!!

  5. Cara, tenho dois celulares aqui parados. Um N95 8Gb que a tela parou de funfar, e um N900 em perfeito estado. Tenho mais um telefone de backup mais simples caso o que eu uso precise ir para o conserto. O meu pc antigo doei para mim mãe, mas daqui uns anos teremos uma quantidade de equipamentos sem fim chegando ao fim da vida útil. Um netbook da minha esposa, o meu Galaxy Tab 10.1, os celulares meu e dela…juntando com isso o cemitério vai ficar grande. E não tenho a menor ideia do que fazer com eles.

      1. Tava pensando nuns R$400….tenho caixa, acessórios (cabo USB, cabo de vídeo, flanelinha, manuais), NF….só não tenho o fone porque este quebrou….

  6. Eu procuro tentar dar novas funcionalidades para as coisas. Tenho um pocket pc da dell (dell axim x30) e deixei ele como um player de mp3. Salvo as músicas no cartão e comprei um receptor bluetooth na dealextreme e deixo ligado no aparelho de som. Dai é só ligar o Pocket PC e via bluetooth tenho minhas músicas tocando.
    Celulares tem vários que fui adquirindo com o tempo. Acabei dando para minha mãe, eles não são smartphones, até porque ela não sabe usar e tem medo de quebrar.
    O HTC Tytn I ta abandonado em uma gaveta (com seu windows mobile), o HTC diamond foi vendido. O tablet com android deixei pra ficar lendo livros no metrô (tenho um ipad 2 mas não tenho coragem de tira-lo dentro do metrô pra ler).
    O notebook virou meu desktop de escritório, e o netbook somente para acessar em casa, para algo rápido.
    Como disse num post anterior acho que o que está faltando mesmo seriam acessórios para podermos ligar esses aparelhos que não mais usamos para dar a eles novas funções.
    O tablet com android também uso como media center portatil, para ver vídeos ou fotos, até porque basta liga-lo em qualquer tv com hdmi e pronto um media center touch. Só não rodou a netflix ainda.

    1. Legal este tipo de uso Clayton! Aqui quando não posso dar outro uso passo para os familiares e amigos ou vou para a doação! Um abraço!

  7. Semana passada eu dei uma placa Radeon 4mil**** (nem lembro o nº) para o filho de uma conhecida. Eles não tem muito dinheiro, mas sabem montar os PCs que usam. Me livrei de algo que não me serve mais e fiz alguém feliz. Mas ainda tenho um monte de coisas que preciso passar adiante. Descobri que possuo até um cabo de porta paralela (aqueles onde a gente ligava a impressora). Ah, e adptador de mini-dimm para usb (para ligar mouse) eu tenho dezenas perdidos no fundo das gavetas.
    Preciso urgentemente fazer uma faxina no meu apartamento.

    1. Boa Rainor! A doação sempre é um caminho muito legal para os gadgets antigos! O que não é novo para uns pode ser um presentão para outros! Um abraço!

  8. Não jogo nada fora se pode ser aproveitado por outra pessoa (coisas de info, roupa, livro, etc).
    Descobri um Palm TE no fundo da gaveta que foi para um estudante e na última tinha um PC ainda meio novinho que doei para um técnico que tirou a poeira e vendeu para uma moça por 80,00.
    Gostaria, mas não tenho tempo para anunciar nada e nem sei onde, aí prefiro doar mesmo.

  9. Tenho um pequeno cemiterio de celulares.. Samsung omnia, ericsson, motorolas… Alguns passo p familia tbm.. Igual o ipad 1 e o atrix…

    Mas tem um q ta em coma e ta dando do… Mac mini i5 8gb. Comprei p fazer de media center mas… Nem liguei 10x hehe vou ter q vender..

  10. Eu tenho o hábito de sempre desfazer do eletrônico anterior quando adquiro um novo. Assim, dá para fazer uma grana e ainda não juntar sucata eletrônica.

    Mesmo assim, tenho em minha gaveta um Palm One de tela colorida funcionando e sem uso por alguns anos já! Tentei vendê-lo e não consegui! Até para doar acho que seria covardia dar algo como um Palm velho mesmo que em perfeito estado!

    Abraço!

  11. Eu passo as coisas “pra frente”. Nem que seja a preço de banana no Mercado Livre. Sempre imagino que terá um melhor uso para alguém que esteja realmente querendo, do que simplesmente ficar aqui em casa pegando poeira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.