Tablets em eventos e cursos

Na semana passada eu participei de um evento que durou o dia todo, mas como eu sabia que iria precisar de um computador para instalar alguns aplicativos em alguns celulares acabei optando por levar o Macbook Pro de 15 e o iPad, além de uma bateria extra para garantir a energia do celular por todo o dia de trabalho. No dia anterior deixei o iPad carregando mas na correria da saída acabei deixando o tablet em casa, saindo somente com o Note e os celulares.

Como eu já esperava, as tomadas de energia no evento era um luxo para poucos e estavam sempre todas ocupadas, o que acabou atrapalhando bastante o meu trabalho, pois o uso do computador precisou ser um pouco racionado para não correr o risco de ficar sem energia durante o dia. Em algumas ocasiões o iPad é a melhor quando pensamos em consumo de energia e portabilidade, mas como nem sempre consegue dar conta do recado para alguns trabalhos um pouco mais específicos, ainda precisamos levar um Notebook, deixando o tablet como um peso a mais na mochila.

Como preciso de um computador mais poderoso para o trabalho diário optei pelo Macbook Pro de 15 com 16GB de RAM e processador 2.2 GHz Intel Core i7, mas se não fosse esta necessidade específica eu certamente teria escolhido um Macbook Air de 11 para utilizar em conjunto com o iPad para poder executar várias tarefas mais pesadas que o tablet não consegue por falta de aplicativos e ao mesmo tempo poder contar com uma bela bateria e ótima portabilidade, contando com o melhor dos dois mundos.

Como o Air de 11 ainda sofre com edições de vídeo e com os aplicativos de áudio mais pesados que uso no Macbook Pro de 15, por hora vou precisar carregar um pouco mais de peso na mochila para conseguir aliar o poder de processamento de um bom computador com a portabilidade do tablet, que ainda é a melhor opção para levar em eventos, cursos e reuniões.

 

 

2 comentários em “Tablets em eventos e cursos

  1. Os tais ultrabooks, a meu ver, são legais pelo menor peso, mas levará algum tempo até a evolução tecnológica permitir a completa substituição dos PCs/desktops/notebooks com mais memória, placa de vídeo dedicada, etc. E aí, vão detalhes: os MBA e os MBP retina tem as memórias soldadas na placa mãe, não dá para fazer upgrade, a menos que vc pague o conjunto placa mãe – memória. Eu tenho um MBP de 13″ “early 2011” e recentemente troquei os 2 pentes de 2gb cada por 2 de 8gb (16gb no total). Custo? R$ 350,00 no ML. Obviamente esse é o único upgrade de notebook, junto com a possibilidade de tirar o drive de dvd e colocar ssd. É ridículo perto do que fazíamos nos gabinetes de desktop. Só que o tal mundo pós-pc parece ser isso, pc como commodities, simples para quem não é expert e trocável em 2-3 anos.
    Os tablets vão na mesma direção, algum dia terão o hardware completo e farão o mesmo que um pc. Atualmente, acho q dá para fazer algo em vpn e olha lá.

  2. Para o meu uso, o iPad 2 está dando certo. Vou começar minha Pós em direito de família e só vou levar o iPad 2, e usar o notability para gravar, digitar com o teclado Bluetooth (que já é a case do iPad), e se cansar de digitar uso a stylus. Ou seja, um único aparelho, um único app, e 2 acessórios, e sem precisar de tomadas por 10 horas. Notebook virou meu desktop a muito tempo, o NetBook já vendi, hoje para andar comigo só o iPad 2 e o milestone 2 (que instalei o jelly bean). Se precisar fazer uma petição, sei que o pages da conta do recado, mas concordo que dependendo da profissão o iPad não será suficiente, ao menos para mim serviu e minha maleta diminuiu, e o peso também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.