Android: O grande trabalho da liberdade de opções

Sem dúvida alguma a liberdade que o Android nos proporciona na escolha de aplicativos e até da escolha das versões do sistema operacional é excelente, mas o efeito colateral é um grande trabalho com o aparelho nas configurações e instalação de aplicativos, o que pode desanimar muito o  usuário.

Sem notícias sobre a liberação do 4.1 do Android e com a possibilidade de instalação da ROM Polonesa sem nenhuma perda, resolvi encarar esta alternativa para ter o meu aparelho atualizado, mas após rodar a versão atualizada comecei a enfrentar sérios problemas com a conexão das redes WiFi e 3G, sendo que mesmo após a reinstalação do firmware os problemas não foram resolvidos.

Sem a possibilidade de resolver o problema eu acabei instalando uma ROM customizada chamada ParanoidAndroid que levou o Android 4.1.2 para o aparelho, resolveu o problema das conexões com a internet, deixou o aparelho extremamente veloz, mas ao que tudo indica, causou um bug no NFC que deixou de funcionar.

Com uma nova ROM, um novo aparelho, o que significa fazer novamente o download de todos os aplicativos, games, além de configurar login e senhas de todos os serviços e redes sociais, o que acabou consumindo um bom tempo de trabalho. Como eu gosto de manter meus aparelhos sempre atualizados, apesar das grandes possibilidades, a liberdade do Android acaba se tornando um grande problema, pois como os fabricantes demoram muito tempo para liberar as novidades, preciso recorrer aos métodos alternativos que nem sempre funcionam adequadamente e em muitas ocasiões podem causar dores de cabeça e um bom tempo perdido.

No final das contas acabo sempre no mesmo dilema, manter o aparelho desatualizado mas na maior parte das ocasiões totalmente funcional ou partir para uma ROM alternativa e perder muito tempo ajustando um sistema que pode não funcionar adequadamente?

32 comentários em “Android: O grande trabalho da liberdade de opções

  1. Prezado Rodrigo, existe um aplicativo chamado Titanium Backup que faz o backup de todos os aplicativos e configurações do aparelho. Com ele, vc pode restaurar tudo após instalar uma nova ROM. Sobre problemas com wifi e 3G em geral, está relacionado ao modem e Kernel do aparelho.

  2. É justamente o que me aborrece também Rodrigo, nisso o ios acaba ganhando de lavada, pois com o back up no itunes, não importa o que ocorra, basta espetar o aparelho e está tudo lá da mesma forma que deixamos…

    Cada sistema tem seus altos e baixos mesmo…. infelizmente nenhum é 100% ainda…

  3. Na minha opinião, Rodrigo, nem uma coisa nem outra. O melhor a fazer é comprar um aparelho da linha Nexus. No momento, estou usando um Nexus 7 e um Galaxy Note. Este último, somente por causa do problema de atualização do sistema, será substituído, em breve, por um Nexus 4.
    Abraço.

  4. Fala Rodrigo.
    Eu já instalei diversas ROMs customizadas e sempre alguma coisa não funciona devido aos desenvolvedores não terem acesso aos drivers das fabricantes, os caras fazem milagres com o que tem em mãos… Confesso que acabei ficando com a ROM original com tudo funcionando.
    Hoje estou com a ROM 4.1.1 da Inglaterra e está funcionando muito bem.

  5. Eu por outro lado instalei o Paranoid com CM9 há 6 meses e estou usando satisfeito. Testei algumas roms depois usando dualboot mas a verdade é que a gente fica pulando de galho em galho enquanto não está 100% satisfeito… Sempre tem a tentação de usufruir o máximo que o Sistema oferece mudando de Rom. Nas outras plataformas não tem isso por uma homogenização imposta. Essa liberdade do android tem que ser visto como um plus.
    PS: Paranoid 100% no tablet mode dá um visual muito legal pro android, excelente para telas grandes.

  6. Olá Rodrigo, olá pessoal!
    Compartilhando a opinião de alguns, também sou adepto aos modelos da linha Nexus. Por se tratar de aparelhos da Google (mesmo q produzido por terceiros), possui o Android livre de customizações de outras fabricantes. Qual a vantagem disso? Estabilidade, redução de bugs, etc.
    Mas e os ROMs customizados, não seriam uma porta para o universo da instabilidade e bugs? Depende. Há zilhares de ROMs por aí, mas alguns são desenvolvidos por grandes grupos, experientes e comprometidos. Roms como ParanoidAndroid e CyanogenMod são extremamente estáveis e funcionais.
    Já tive vários Androids e por muito tempo fui viciado em troca de ROMs, customizações, etc. Chega um momento em que você cansa, e tudo que quer é um sistema estável, veloz e que ofereça todas as funcionalidades que precisa. Com o Galaxy Nexus e os ROMs CyanogenMod eu consegui isso. Não perco mais meu tempo caçando novos ROMs, substituindo Kernels, Recovery, Radio, etc, eu só atualizo o CyanogenMod com os nightly builds e vivo feliz, rssss.

  7. Eu tambem pensava assim e cai no canto da Sereia X, digo Galaxy X, que de Nexus não tem nada. Inumeros modelos de aparelhos com o JellyBean e a samsung não se manifesta em canto algum sobre o Galaxy X.

    Ler esse post do Rodrigo Toledo me fez lembrar exatamente o desânimo que tive com Android por esse mesmo motivo. Estou com o X, mas tive um Galaxy S2, passei por zilhares de ROMs customizadas, Cyanogen, ParanoidAndroid, F1 (SuperROM), coisas do AOKP, mas nenhuma ficava 100%.

    AI a galera pensa: “Abestado (Tiririca Style), instala a ROM oficial do Nexus lá de fora no teu X que tá tudo resolvido” e eu pergunto: “E perder minha garantia? :-(”

    Nesse aspecto a Apple humilha, mas em praticamente todo o resto já não se destaca mais.

  8. Rodrigo, acho que a ROM Polonesa não foi uma boa opção. Na verdade, a Samsung, lançou a ROM Polonesas e parou. Pq detectou vários problemas. Após corrigidos, estes problemas, a Samsung voltou a liberar ROMs para o resto do mundo. Sugestão use a ROM Inglesa ou aguarde alguns dias e use a Brasileira mesmo.

  9. Rodrigo, agora a grande pergunta é quando o 4.2 estará disponível para SGS 3. A questão não é só as novas funcionalidades não. O problema é que alguns bugs tb foram corrigidos, com esta nova versão.

  10. Rodrigo, tenho costume de fazer flash em todos os meus aparelhos. Até nos Nexus, pois gosto da velocidade e de mais funções que as ROMs agregam.
    Eu tenho um carinho enorme pela CyanogenMod, instalo as Nightly todos os dias no meu SIII e no Nexus 7. A primeira vez é chato, mas se resolve com o Titanium Backup ou Appextractor.
    Sempre que sair atualização de uma ROM customizada, basta flashear por cima, sem wipe nenhum.
    Outra ROM bem bacana é a AOKP. Eu instalei uma vez a Paranoid e não curti.
    Recomendo fazer um nandroid backup e testar, qualquer coisa só restaurar.

    Abraços

  11. Olá Rodrigo, eu sempre tive receio de colocar uma custom rom, principalmente por temer transformar o celular em peso de papel.
    Eu tenho um Milestone 2, e o teclado físico é um diferencial para mim, mas a motorola o abandonou no android 2.3.6. Pesquisei alguma rom customizada para o MS2, e acabei por achar a cyanogenmod da 7 em diante. Verifiquei que haviam problemas na 7 e na 9 (ics), mas que a cyanogenmod 10 (jelly bean) tudo estava funcionando, e arrisquei. Hoje estou com a Jelly Bean, e com todas as funções, e com muito mais fluidez do que a rom original. Para o meu perfil de uso A bateria passou a durar cerca de 24 a 30 horas, o que antes era por volta de 12 a 15 horas. Ah, e o Ms2 agora se atualiza via OTA, sempre que sai uma modificação na rom que estou usando. Portanto, creio que as rons customizadas são muito boas desde que estejam maduras o suficiente para o aparelho. No meu caso só vi vantagens. Em um aparelho que a motorola dizia que o hardware não suportaria o ICS rodo o Jelly Bean tranquilamente, e com tudo funcionando.
    Desculpe o tamanho do comentário.

  12. Se o novo Nexus 4 não tivesse apenas 16 Gb de memória, seria meu celular com certeza, pois os Nexus não tem esse problema de atualizações. Realmente não entendo como me lançam um celular top com apenas 16 Gb, chega a ser um absurdo.

  13. Rodrigo, sempre estou testando roms no meu nexus one (o verdadeiro e único Google nexus) e nunca passei por esses inconvenientes de configuração, além do titanium o próprio Google mantém parte da configuração do aparelho, isso sem contar os milhares de aplicativos excelentes que salvam configurações e senhas.
    Quanto a problemas de funcionamento, bem, não vou dar a minha opinião pois vão dizer que estou atacando fabricante X ou Y , mas esse problema se resolve usando aparelhos de fabricantes que não são escrotas com os desenvolvedores ou usuários, o que já exclui qualquer coreano.

  14. Será mesmo? Já perdi a conta de quantas dores de cabeça já tive com o iCloud e os próprios backups do iTunes, enquanto o titanium e play sempre fora impecáveis.

  15. Rodrigo,

    Vou te passar duas grandes dicas depois de algum tempo de experiência com meu S3.

    1. Como disse um colega logo acima, existe o Titanium Backup, que te permitirá fazer backup de tudo quanto é configuração. Para você ter uma idéia, pode ser feito o backup até mesmo das WLAN’s cadastradas (inclusive as WPA-PSK, com senha etc) no aparelho. Depois de mudar a ROM, você restaura essa configuração e não precisa ter que recadastrar todas as redes Wi-Fi que você utilize. Para mim, esse app é um dos ”must-have” do Android. Além disso, claro, você vai fazer backup dos dados de seus aplicativos, que é útil para aqueles que não sincronizam na nuvem.

    2. Esqueça a ROM oficial (a Samsung demora MUITO, principalmente no Brasil, p/ lançar as atualizações). Já passei por diversas ROM’s, sendo que apenas no primeiro mês do meu S3 a cada 3 ou 4 dias era uma ROM diferente (as melhores ficavam uns dias a mais, para serem melhor avaliadas). Depois de testar muito, te garanto, uma das melhores ROM’s é a Omega ROM. Instale e seja feliz. Estou com o Jelly Bean praticamente desde a mesma semana que saiu a ROM Oficial da Samsung no exterior. Detalhe importante: as atualizações da própria Omega são feitas de forma gráfica (através do ”Aroma Installer”), você não perderá as configurações no update e também te permite NÃO instalar alguns ”bloatwares”, como por exemplo aquele inútil programa ”ChatOn”, assim como os apps ”hub” da Samsung para games e aplicativos (não vejo muita utilidade neles). Para quem não gosta do KIES ou KIES AIR, também pode optar por não instalá-los. Você pode estar achando estranho uma ROM não-oficial com esses aplicativos oficiais, mas é assim mesmo: a Omega é baseada na ROM da Samsung, incluindo seu TouchWiz e aplicativos próprios da coreana, como por exemplo o AllShare. Considero isso um aspecto positivo, visto que minha TV D8000 também tem o recurso AllShare, e uma ROM que não contivesse esse aplicativo não seria uma boa pedida para mim.

    Ah, e você pode mudar kernel, instalar mods, tudo isso através de um app chamado ”Omega Files” que vem pré-instalado.

    Faça o teste:

    http://forum.xda-developers.com/showthread.php?t=1663656

    Abraço!

  16. Discordo ! Eu tive um problema no meu aparelho e o mesmo foi para assistência e aos liga-lo e conecta-lo em rede, todos os aplicativos instalados via loja Google Play e como já foi mencionado mais acima, existe inúmeros app que fazem back ups ! Isso vc não encontra fácil no Windows Mobile e nem no iOS. Se familiarize mais com o sistema e se precisar estamos aqui para trocar ideias sempre !

    1. O problema é que a memória não foi suficiente para criar um backup completo no Titanium, deixando a recuperação dos dados um pouco mais complicada do que deveria. Agora preciso encontrar uma ROM oficial mais redonda do que a Polonesa para não ter um trabalho tão grande. Alguma sugestão? Um abraço!

  17. Respeito a opinião de todos mas constato como as fabricantes “nicotinizaram” os smartphones, principalmente com SO Android.
    A busca pela ‘atualização mais recente perdida’ é viciante e obssessiva…Ter a ROM do aparelho, e eventualmente, atualizá-lo quando disponibilizadas, não seria suficiente para que funcione de maneira satisfatória?
    Por favor, não estou condenando ninguém, mas constato como a pulverização do sistema favorece o consumismo (pago ou não) desenfreado.
    Pergunta de um simples usuário: uma ROM customizada faz realmente tanta diferença assim na utilização do aparelho e ao que ele se propõe (ligações, checagem de emails e redes sociais, música e aplicativos de produtividade)?

  18. Rodrigo, te aconselho a oficial UK.
    Julio Bastos, o Andriod é a bola da vez, em breve teremos, mais produtores de virus, para o Android do que Windows. Por isto é muito importante termos um esquema de atualizações eficiente. Todo dia se descobre um bug e não temos atualizações para corrigir isto.
    Pensar, nas novas versões, com só novas funcionalidades, é esquecer todo o problema da segurança.

  19. Acho que o problema não está no SO operacional, mas sim no usuário. Qual a necessidade de ficar atualizando com urgência? Só pra ter o sistema mais moderno em mãos? Morro de ri quando vejo algo do tipo: “como um usuário mais avançado, preciso de um smart mais robusto…” ou “… de um SO mais atual…” Precisa para que? Ficar postando no twitter com mais facilidade? Acessar o facebook de forma nativa? Grande bobagem, no fundo é aquela sensação de moleque que quer ter o melhor brinquedo para mostrar aos amigos e só, NÃO existe necessidade nenhuma do rodrigo e ninguém de se manter “sempre atualizado” que não seja exibição social.

    1. Desculpe David, mas falando do meu caso, eu preciso ter as versões mais atuais para poder fazer testes para o blog, tanto do SO mais atual quanto dos aplicativos e funcionalidades que só rodam nas versões mais recentes, sem falar que o meu trabalho também exige que eu teste os apps da empresa em todas as versões de firmwares, deste modo, eu tenho a obrigação de instalar sempre as novidades para evitar bugs. Nada de exibição social por aqui, somente trabalho mesmo. Abraço!

  20. Respondendo a sua pergunta, sim, afinal uma rom que consuma menos energia, facilite o desempenho, e permita fazer tudo o que você citou de forma melhor e mais cômoda é um direito do usuário, afinal se meia dúzia de pessoas não remuneradas pode fazer um trabalho exemplar como que fabricantes canalhas e endinheirados não podem oferecer pelo menos 10 % disso????

    E outra , como exigir um direito de atualização que é grátis (já que a Open heandset aliance faz todo o trabalho duro) pode estimular o consumismo?

  21. Scheldon, a OHA, apesar de fazer um trabalho que é ‘open source’ é financiada por empresas interessadas diretamente no produto que eles desenvolvem. Há interesses nessa relação, um deles que se consuma o produto desenvolvido de alguma forma. Esse ‘consumismo’ gera lucro e também financia pesquisa. Fato!
    A proliferação de aparelhos similares é, na minha opinião, a causa do problema das atualizações. As fabricantes querem vender aparelhos cada vez mais a qualquer preço. Li no Diário do Android um leitor comentando que o seu Galaxy S estava rodando o 4.0, sendo que a fabricante alegou incapacidade técnica de fazê-lo para forçar o consumidor a adquirir um novo aparelho. Isso é uma palhaçada! …

  22. …A fabricante utiliza a atualização como diferencial (e muitas vezes não cumpre) o que deveria ser o procedimento default, ou seja, no lançamento do aparelho, apresenta um plano de atualizações (p.ex. atualizaremos a cada 6 meses por 3 vezes o modelo A…o modelo B será atualizado uma única vez em 8 meses…etc), independente de operadora e de região. Ela fideliza o cliente pela conduta transparente e comprometida, do que priorizar o mercado.
    Embora eu tenha entendido a proposta do post do Rodrigo, sobre os problemas decorrentes de se buscar uma atualização não-oficial para o fim específico dele, acho que SEMPRE devemos aproveitar para discutirmos mais profundamente o funcionamento, ao meu ver inescrupuloso, das fabricantes quanto à este tema.

  23. Eu tenho um iPhone 3GS e estou pensando em trocar. Do mundo do Android o principal problema que vejo é a rápida obsolescência dos aparelhos pois os fabricantes querem forçar a compra de novos celulares.
    Eu sei que a sua finalidade é específica Rodrigo, mas o Google Nexus 4 parece ser o celular com as especificações mais próximas dos celulares top que a linha Nexus já teve. A atualização parece poder ser feita rapidamente e acho que vale pela estabilidade nos upgrades.
    Se não fosse pelo fato de ter só 16Gb seria a minha escolha.

  24. Vejo as pessoas sempre sugerindo, a linha NEXUS, como solução para o problema de updates. Gostaria de lembrar que NENHUM NEXUS foi lançado no Brasil ou homologado pela Anatel.
    O mais próximo que tivemos foi o Galaxy X que tem seus updates vindos da Samsung e não diretamente do Google.

  25. O pessoal fala em Nexus, mas o sistema Android puro tá longe de ser legal, pode ser mais bonito e fluido, mas falta muita coisa básica que fabricantes como a Samsung adicionam em seus aparelhos, estive com um Nexus um tempo e posso dizer, o sistema é bem bonito e fluido, mas está longe de ser eficiente.

    Rodrigo,

    ROM’s customizadas são geralmente muito bonitas e mais rápidas, mas sempre falta alguma coisa, para quem usa todos os recursos do aparelho, o ideal é não fugir das ROM’s originais da Samsung (stock).

    Te recomendo ler um pouco mais em foruns e comunidades antes de instalar qualquer atualização, ainda mais quando é o primeiro firmware de uma versão nova do Android, como é o caso da Polonesa.

    Atualmente te recomendo a inglesa BTU, como o aparelho foi lançado primeiramente lá, assim como o SGSII, eles dão prioridade para lá e eles sempre possuem a versão mais estável e mais recente, tanto no Android 4.0.4 e agora na 4.1.1 ela possui o maior número no changelist, ou seja, possui sempre compilações mais recentes e com o maior número de correções.

    Experimente olhar no site: http://samsung-updates.com/device/?id=GT-I9300
    Busque pelo Changelist maior.

    Estou com ela e só a aproveitar o aparelho, pois está maravilhoso as novidades do Android 4.1.1

    Ou espera no máximo mais um mês que deve sair a brasileira stock, de qualquer forma, deverá sair com changelist antigo e teoricamente estará menos estável que a inglesa (BTU).

    Inclusive já tenho as principais novidades do Android 4.2: Camera com PhotoSphere (fotos no estilo Street view) câmera com filmage com timelapse e fast video, teclado stock do Android com Swype integrado, que inclusive está muito show (pois a escrita por voz está funcionando perfeitamente) e lógico o Allshare Cast (implemtanação da samsung para o protocolo Miracast, anunciado pelo Google para incorporar o sistema Android).

    Bem, é isso!

  26. Acho que nem uma coisa nem outra. Tenho paciência em esperar sair a atualização oficial, afinal , como você mesmo disse no blog , as novidades do Android não são lá espetaculares , apesar de achar , pessoalmente, que o Android ( e até mesmo o Windows Phone ) estão muito mais interessantes e inovativos que o sistema da maçã há mais de ano. Mas uma coisa que a notícia não fala é a liberdade que o Android permite nas customizações ( assim fica explicitado toda a liberdade que o sistema permite e não apenas a parte mais nerd que seria botar roms alternativas ) e acho que isto deveria ter ficado claro no post. Sei que o blog é isento de culpa , mas um desavisado que vê este post , sabe do assunto e os acima sobre o Windows Phone , pode ter uma visão equivocada do blog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.