Será que precisamos de smartphones de metal?

2013-10-27 13.58.18

Há muitos anos eu comprei o meu primeiro smartphone com um pouco mais de metal em sua construção, um Nokia E71 que passava uma bela sensação de produto premium e muito resistente e algum tempo depois ainda comprei um Milestone e por último um HTC One. Hoje ao encontrar um post levantando a questão da utilização do metal da construção de celulares resolvi falar um pouco da minha experiência recente com este material.

Atualmente uso um Moto X que é totalmente feito de plástico e deixa até uma imagem de fragilidade, um Lumia 1020 construido com policarbonato mas aparentemente resistente e com bom acabamento e um iPhone 5s, que apesar de ser feito de metal é usado sempre com uma capa plástica com bateria extra.

Voltando alguns meses no tempo, quando utilizei o HTC One, uma das primeiras coisas que me chamou a atenção foi o seu corpo totalmente metálico que deixava a impressão de ter um produto realmente resistente e muito mais bonito do que qualquer concorrente feito de plástico. No uso diário a história era um pouco diferente pois o aparelho deslizava das minhas mãos com facilidade e estava sempre ou bem gelado ou mais quente do que o normal durante o uso.

Para ter um pouco mais de conforto no uso com a temperatura e a segurança de não ver o aparelho escorregando das mãos acabei comprando uma bela capa plástica para colocar no meu HTC. No final das contas o metal que fazia tanta diferença e deixava o aparelho com um aspecto premium se tornou um problema que me levou para a pergunta do título deste post, será que precisamos de smartphones de metal? Apesar de gostar do visual e da durabilidade, acredito que não seja uma necessidade tão importante quanto parece.

 

5 comentários em “Será que precisamos de smartphones de metal?

  1. Só vou resaltar o obvio, pagar mais de 400 reais em um aparelho que não é feito com materiais de qualidade como metal e kevlar é jogar dinheiro no lixo.

  2. Tive um nokia n8 sempre estava gelado mas não é uma coisa que incomoda.tbm deslizava um pouco mas a durabilidade dele foi extrema .no meu ponto de vista um celular de metal faz uma grande diferença sim.

  3. Tive o E51, E71, iPhone 3GS e N8 feitos em metal e posso dizer que foram bons telefones em matéria de construção. O metal destes ajudou e muito a mantê-los com melhor aspecto mesmo sem usar capa de plástico. A sensação térmica de fato é diferente do plástico mas é uma questão de costume. Já o fato de escorregar vai do acabamento do metal, os telefones que tem metal pintado, como E71 e iPhone 3GS escorregam menos dos que tem metal poroso, como o HTC One e N8. Telefones de vidro nos dois lados e de plástico totalmente liso também escorregam bastante.

  4. Também tive um N8, que tinha carcaça de alumínio anodizado. Depois de usar e testar bem, minha opinião é semelhante à do Rodrigo. Primeiro porque esquentava bastante quando estava rodando alguma coisa pesada, mesmo sendo bem fraquinho o processador do N8 (Single Core 680 MHz). Quando não estava sendo muito exigido, era muito gelado. Isso do ponto de vista da eficiência é bastante ruim, sobretudo com os superprocessadores de hoje. Quanto mais calor você segurar, pior para a vida útil dos componentes do aparelho. De fato era bem mais difícil de riscar, mas em compensação amassava com certa facilidade depois de quedas não tão fortes. Além disso o N8 não era todo em alumínio, as partes superior e inferior eram de plástico (muito bom, por sinal), que imitavam o alumínio. Não tinha problemas com escorregamentos. Mas uma coisa é certa: Um celular de alumínio como o N8 parecia um produto de altíssima qualidade com aquela carcaça e todos os detalhes que a Nokia colocou. Todos que viam achavam lindo. Não sinto saudades do alumínio, mas sinto falta da construção bem feita e com peças de qualidade de ponta em um Smartphone, coisa que hoje é raro até nos top de linha (vide Galaxies de plástico ruim, e mesmo os novos Lumias, que são a maioria em plástico também).

  5. Sim para mim é fundamental em qualquer aparelho que me custe mas de 1500 reais, ja usei muito smartphone e hoje ao usar o Z1, apesar do seu corpo grande, as bordas solidas em alumínio e a traseira em vidro só me da um conforto e resistência, sim ele aquece mas do que o plastico, mas nada que chegue a ser extremamente desconfortável, prefiro um certo desconforto e ter meu aparelho bonito por mas um tempo do que um plastico todo arranhado, e frágil estilo os pets dos Samsungs. Se vc pega um S4 3G o aparelho esquenta como uma torradeira em plastico ou não, então se é pra aquecer que seja no alumínio ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.