O Blog pode migrar para o Medium?

Eu escrevo em um blog de tecnologia e mobile que leva o meu nome desde 2007 e por muitos anos consegui trabalhar somente com este endereço eletrônico, publicando aproximadamente 10 posts por dia em uma boa mistura de posts interessantes pescados na rede e conteúdo próprio.

Em 2012 comecei a trabalhar na área de Novos Negócios de um grande portal e precisei diminuir a carga de trabalho no blog, que sempre foi um trabalho executado por um homem só e ainda por conta de um grave problema no servidor de hospedagem acabei perdendo todo o meu conteúdo, que na época contava com mais de 9.500 posts publicados.

Somente um ano depois consegui recuperar totalmente meus posts e publicar tudo novamente, mas neste ponto minhas visitas já estavam zeradas e precisei remar novamente por 12 meses para tentar recuperar a mesma quantidade de visitas, mas neste ponto a web estava diferente e totalmente dominada pelo Facebook. Hoje o blog possui 11.790 posts publicados e apesar de não ter o mesmo número de publicações diárias mencionada no início deste texto, está bem animado com vários posts no ar praticamente todos os dias da semana, mas os resultados hoje são muito diferentes.

Com o avanço do Facebook os sites perderam força e curiosamente, com apenas 1/3 dos visitantes de alguns anos atualmente eu ocupo uma posição melhor no ranking do Alexa, o que mostra que hoje as coisas estão bem diferentes.

Com o passar do tempo o WordPress também ficou muito pesado e com os meus 11.790, mesmo sem uma visitação tão grande preciso manter um provedor de hospedagem bem caro para manter o site em pé, mas hoje percebo que tenho muito mais facilidade de gerar conversas no YouTube, Facebook e até no Instagram do que nos posts do blog. Outro ponto que merece destaque é a questão dos banners, que antigamente garantiam uma boa receita, mas hoje levam uma surra dos rendimentos obtidos no YouTube, mesmo considerando que os pagamentos da publicidade veiculada nos vídeos está longe de ser algo realmente bom para o produtor de conteúdo.

Depois de ver o site YouPix mudar para o Medium comecei a pensar um pouco mais no assunto, pois por aqui eu poderia fazer textos maiores e melhores sem depender de publieditoriais e banners para manter o projeto vivo e sem o absurdo peso financeiro do blog, reforçando a minha presença no YouTube, Facebook e outras redes que hoje conseguem um resultado muito superior.

Ainda estou em dúvida sobre o que fazer, mas acredito que tenho grandes chances de migrar o Blog rodrigostoledo.com para o Medium ou outra plataforma semelhante e promover uma pequena transformação no conteúdo, mas vou pensar um pouco mais antes de decidir por uma mudança tão radical.

Este texto foi publicado no Medium neste link.

5 comentários em “O Blog pode migrar para o Medium?

    1. Estou pensando seriamente em fazer isso e manter a minha página apenas para indicar os novos endereços, pois a resposta hoje está muito melhor em outros canais como o Youtube. Vamos ver o que fazer!! Um abraço!

  1. Bom, sigo o blog desde 2008 a partir dos feeds de notícias e entro para ver as notícias completas e os comentários.
    A grande apreensão que vejo na migração de grandes blogs e sites para serviços sociais e a forma como a informação está sendo polarizada. Mas é o que está acontecendo.
    Então, por que não seguir a maré para manter o barco?
    Abraços;

  2. Sigo seu blog desde 2008, e apoio sua decisão, pois sempre leio todo conteudo, e gosto do material, e opinioes suas ja me ajudaram muito, migrando para a plataforma que for estarei seguindo. abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.