Será que podemos confiar no streaming?

Há muitos anos minha coleção de CD’s chegou a mais de 360 álbuns, que após algum tempo se transformaram em arquivos de MP3 que com o passar dos anos e dos downloads ocupavam mais de 80GB de espaço em meu HD externo, que precisava ser substituído de tempos em tempos para evitar problemas com uma eventual perda em caso de defeito ou quebra. Quando surgiram os serviços de streaming de áudio eu comecei a fazer meus testes com a intenção de migrar definitivamente para este formato de consumo, mas esta mudança ainda demorou alguns, até que finalmente me senti seguro o suficiente para me desfazer da minha coleção de arquivos de MP3, deixando somente pouco mais de 5GB guardados no HD.

A experiência é fantástica, pois consigo ouvir tudo o que quiser a qualquer hora ou lugar sem precisar fazer nenhum download, o que me deixou muito feliz, mas em algumas ocasiões podemos enfrentar problemas. Um dos CD’s da minha coleção que foi doada há muitos anos e posteriormente deletada dos arquivos de MP3 era do Prince, que não tem nenhum álbum no catálogo do Spotify, assim como alguns outros artistas que deixaram o serviço, criando um grande problema, pois não tenho mais como recuperar este conteúdo. Na mesma linha, mesmo com um final pouco apreciado, estava com a série Heroes na minha lista da Netflix, até que notei que ela havia sido excluída, sendo que é muito difícil encontrar a mesma para comprar.

Ainda gosto muito de streaming de áudio e vídeo, mas em algumas ocasiões acordos comerciais podem ser rompidos e aquele conteúdo que você tanto gosta pode se perder ou ficar muito difícil de recuperar, deste modo fica a pergunta, será que dá para confiar no streaming? Acho que para as suas bandas, filmes e séries favoritas ainda vale mais a pena comprar e deixar o conteúdo bem guardado em casa! 😉

Anúncios

5 comentários em “Será que podemos confiar no streaming?

  1. Jamais confiei e jamais confiarei em streaming. Continuo tendo minhas músicas em MP3 compradas com ou sem DRM. Atualmente são 370GB de música de todos os gêneros.
    Não confio pois, como você mesmo disse no artigo, acordos comerciais deixam de existir. E com o tempo teríamos que assinar dezenas de serviços de streaming para ter acesso ao mesmo conteúdo, gastando muito mais do que gastaríamos em DVDs ou HDs externos para tal feito. Sem contar que no streaming dependemos de internet para escutar as músicas, o que deixa nossa franquia cada vez menor para outros usos, além de aumentar o custo da internet como um todo.

    Curtir

  2. O Sistema de Streaming é legal, te economiza memoria, alem de estar organizado. Mas pense se vc for ouvir musica na academia e não tem Wifi, vc irá acabar com os planos de dados e assim se vc tiver em outro local como em um Parck. O sistema somente sera “util” o dia em que os planos de dados forem altos e mais acessíveis podendo vc usa Steaming e as nuvens em seu aparelho móvel.

    Curtir

  3. Concordo, não dá para confiar, alguns filmes no ITunes já sairam do catalogo, por isso mantenho firme e forte minhas coleção de filmes em mídia física (DVD ou Blu-ray).

    Curtir

Deixe uma resposta para Jackson Mendes Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.