Amazon anuncia nova geração do Kindle e eu já vou reservar o meu!

Pouco tempo depois de comprar o meu excelente companheiro Kindle Paperwhite em sua versão mais top e que ainda está me trazendo muita alegria e satisfação, a Amazon acabou de lançar um novo modelo de entrada com muitas melhorias e que provavelmente será um presente para a minha esposa em breve! Não sou o maior fã de comprar as coisas e ficar esperando muito tempo para receber, mas acho que desta vez vou acabar fazendo esta compra surpresa com uma capinha e tudo para a minha esposa! Veja os detalhes do release de imprensa que acabou de bater hoje em meu e-mail:

A Amazon anuncia hoje a nova geração do Kindle — o Kindle mais leve e compacto já fabricado. O novo Kindle combina recursos premium por R$499, em até 12 vezes sem juros, incluindo uma tela de 6 polegadas de alta resolução de 300 ppi, carregamento USB-C, maior duração da bateria para até seis semanas, e duas vezes mais armazenamento para milhares de livros. A pré-venda começa hoje e os dispositivos começarão a ser enviados em 13 de outubro. Saiba mais na página do Kindle.

“Com uma tela de alta resolução que oferece três vezes mais pixels do que o modelo da geração anterior e iluminação embutida ajustável, o novo Kindle é ultraleve, ​​o exemplo mais recente de como continuamos a trazer recursos premium para nossos dispositivos de entrada, para que ainda mais clientes possam desfrutar da melhor experiência de leitura”, diz Kevin Keith, vice-presidente para Dispositivos e Serviços na Amazon.

Nova tela de alta resolução

Kindle apresenta uma tela totalmente nova antirreflexo de 6 polegadas, com alta resolução de 300 ppi com três vezes mais pixels para textos e imagens mais nítidas para que você leia como se fosse em papel. O modo noturno e a iluminação embutida ajustável proporcionam uma experiência de leitura confortável em todas as condições, incluindo luz solar intensa ou sem luz. A configuração simplificada no aplicativo Kindle para iOS e Android oferece a opção de se registrar em menos etapas e entrar em um livro ainda mais rapidamente.

O Kindle mais leve e mais compacto

O novo Kindle é o modelo mais leve e compacto entre os dispositivos Kindle disponíveis — leve-o no bolso e leia confortavelmente com apenas uma mão, por ainda mais tempo. A maior durabilidade da bateria do dispositivo, de até seis semanas, maximiza o tempo que você pode ficar lendo, e a porta USB-C torna o carregamento mais fácil do que nunca. O novo Kindle vem com 16GB de armazenamento – duas vezes o armazenamento da geração anterior – o suficiente para armazenar milhares de títulos para que você possa levar sua biblioteca com você.

A melhor loja de eBooks do mundo

Todos os dispositivos Kindle vêm com acesso instantâneo à melhor loja de eBooks do mundo, que inclui:

  • Catálogo vasto — Descubra milhões de livros, incluindo os mais recentes best-sellers na seção de Mais Vendidos da Amazon e as recomendações de leitura.
  • Kindle Unlimited — Obtenha acesso ilimitado a um catálogo de mais de 2 milhões de eBooks. Teste gratuito por 30 dias e, após o período promocional, é cobrado R$ 19,90/mês. Para mais informações, acesse amazon . com . br / kindleunlimited.
  • Um conjunto diversificado de vozes: acesse uma variedade de histórias de milhares de autores autopublicados em todo o mundo com o Kindle Direct Publishing.

Além disso, os membros Amazon Prime podem ler uma seleção rotativa de centenas de livros e revistas em Prime Reading, sem nenhum custo adicional para sua assinatura Amazon Prime. Para mais informações, acesse: amazon. com . br / prime.

Preço e Disponibilidade

O novo Kindle estará disponível a partir de R$499 com 16 GB e nas cores preto e azul. Novas capas de tecido para Kindle estarão disponíveis em preto, rosa, azul, verde e lavanda.

O dispositivo e as capas de tecido estão disponíveis a partir de hoje para pré-venda na página de Kindle.

Hospital das Clínicas usa Galaxy Watch 4 para monitorar pacientes

Veja que notícia interessante, o Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (Incor) passou a utilizar o relógio inteligente da Samsung Galaxy Watch 4 para acompanhar pacientes em períodos pré e pós-operatórios para a coleta de dados para uma pesquisa com foco no monitoramento remoto de pacientes que passaram por cirurgias cardíacas.

O estudo terá a duração de 14 meses e terá como objetivo auxiliar no desenvolvimento de uma plataforma de telemonitoramento digital assistido em que serão analisados sinais vitais dos pacientes, como: frequência cardíaca, pressão sanguínea, saturação de oxigênio, padrão do sono e eletrocardiograma. Com a ajuda destes dados será possível acompanhar os pacientes em seus tratamentos mesmo fora do hospital, identificando riscos e permitindo intervenções antecipadas caso aconteça qualquer alteração relevante, evitando assim complicações mais graves.

Segundo a Samsung, com os resultados obtidos existe a possibilidade de se replicar essa solução tecnológica em outros ambientes do SUS, viabilizando seu uso no acompanhamento clínico de pacientes de forma escalável e que certamente será uma grande ajuda para manter as pessoas com o coração mais saudável e livre de riscos maiores com uma postura mais preventiva.

Via Mobile Time.

Inflação faz serviços de música perderem assinantes

Com a crise eu acredito que todos os serviços de assinaturas estão perdendo assinantes, mas na última semana eu encontrei um post sobre uma nova pesquisa divulgada pela Kantar Research que demonstrou uma queda considerável no número de assinaturas ativas de serviços de streaming de músicas, sendo que segundo as informações levantadas, só no Reino Unido, mais de 1 milhão de usuários cancelaram suas inscrições no último trimestre.

Com a inflação subindo para 9% no Reino Unido e novos aumentos esperados para o custo de vida, o crescimento das taxas de cancelamento de assinaturas é a prova de que as famílias britânicas estão começando a priorizar o gasto da sua renda disponível.

De acordo com a Kantar, essa queda é ainda mais perceptível entre usuários mais jovens, abaixo dos 35 anos de idade, pois de uma amostra total de mais de 1 milhão de assinaturas canceladas, cerca de 600 mil fazem parte do público desta faixa etária, com questões econômicas sendo apontadas como principal motivo do cancelamento.

Aqui em casa depois do último aumento dos preços do Spotify, decidi migrar para o Apple Music, que mesmo não entregando um serviço tão legal quanto o da empresa anterior, no final das contas tem um pacote mais completo e interessante com espaço para armazenamento, filmes e séries, Fitness e um ótimo acervo musical. E você, ainda continua com a assinatura de um serviço de música ou fez o cancelamento por conta da crise?

Via MacMagazine.

Galaxy S22 Ultra ganha nova atualização com melhorias nas câmeras

Segundo o SamMobile, a Samsung começou a liberar uma nova atualização para o Galaxy S22 Ultra que tem o tamanho de aproximadamente 1,7 GB e está chegando primeiro na Coreia do Sul com as seguintes novidades:

  • Desempenho geral da câmera e do modo retrato aprimorados;
  • Memória otimizada para gravação de vídeos;
  • Balanço de branco melhorado ao fotografar animais;
  • Contraste e nitidez agora parecem mais naturais em fotografias;
  • Corrigido o bug que pausava a captura de imagens e vídeos ao usar o modo Single Take.

A atualização ainda conta com o pacote de segurança de junho de 2022 para deixar o Galaxy S22 Ultra protegido contra vulnerabilidades, corrigindo 70 brechas de segurança no Android 12 e deve chegar aos aparelhos no Brasil nos próximos dias. Para saber se a atualização já está disponível para o seu celular basta acessar as Configurações > Atualização de software > Baixar e instalar. Vamos esperar para ver se a novidade não demora muito para chegar no Brasil!

Via Tudo Celular.

Stage Manager: Apple explica o motivo do recurso ser limitado aos iPads com M1

Uma das notícias mais desanimadoras da Apple durante a WWDC, com certeza foi o anuncio do recurso Stage Manager do iPad ser limitado apenas aos tablets com o Chip M1, ou seja, somente os iPads Pro e o iPad Air mais recentes. Para quem usa tablets ou celulares com Android e já experimentou o modo Dex ao menos uma vez na vida a notícia é ainda mais difícil, pois com um hardware mais modesto muitos aparelhos da linha Galaxy Tab, S ou Note de alguns anos para cá já eram capazes de gerenciar múltiplas janelas com tranquilidade há anos.

Hoje encontrei em um post uma explicação da Apple publicada pelo DigitalTrends, que foi até a Apple em busca de uma resposta. Segundo a empresa, o Stage Manager é exclusivo para iPads com chip M1 por conta do recurso de troca (swap) rápida de memória do iPadOS 16. Com a troca rápida de memória o processamento teria mais potência e seria mais rápido, já que os aplicativos converteriam armazenamento em RAM, o que infelizmente não é possível fazer nos modelos anteriores.

Os tablets da Apple que receberão a novidade são os seguintes:

  • iPad Air (5ª geração);
  • iPad Pro de 12,9 polegadas (5ª geração);
  • iPad Pro 11 polegadar (3ª geração).

Agora eu confesso que é muito difícil e bem desanimador ver o meu iPad Pro de 12,9″ polegadas com menos de 2 anos de uso e um hardware capaz de editar vídeos em 4K com mais facilidade que muito notebook gamer ficar de fora desta novidade, que na minha opinião é a melhor e mais significativa deste ano para os iPads. Uma pena, mas com certeza me ajudou a olhar para o iPad com outros olhos e ainda me fazer repensar o alto investimento para o baixo retorno que os tablets da Apple atualmente podem proporcionar aos seus consumidores. Agora é seguir em frente e juntar um bom dinheiro para comprar um MacBook Pro para ficar sossegado por um bom tempo!

Via MacMagazine.

Case X para o MacBook: Hub USB-C + armazenamento externo de 4 TB

Existem algumas soluções interessantes com muitas funcionalidades, mas que o design pode não ser exatamente uma unanimidade, como é o caso deste acessório desenvolvido pelos designers da Byrdbyte Creations, que criaram um novo hub USB – C para o MacBook com uma solução de armazenamento externo chamado de Case X. Com um design fino que se encaixa na parte de trás do notebook, ele é compatível com MacBook Pro com chip M1.

“Enquanto eu estava na universidade, percebi muito rapidamente que meu MacBook Pro tinha recursos muito limitados. Durante a aula, um dia, percebi que precisava de armazenamento extra no meu MacBook para usar um software de engenharia. Acabei prendendo um disco rígido com velcro na parte de trás do meu laptop e passei meu software por ele. Muitos dos meus colegas mostraram interesse no acessório improvisado, e foi quando percebi que outras pessoas estavam lutando com as mesmas deficiências dos produtos da Apple.”

Se a campanha de financiamento coletivo do Case X atingir o sucesso de sua meta, o envio mundial deste produto deverá ocorrer por volta de novembro de 2022. Quem quiser apoiar o projeto nesta fase inicial precisará desembolsar um valor de aproximadamente $ 99 dólares.

Para conhecer todos os detalhes deste projeto visite este link no Kickstarter.

Samsung Galaxy Z Flip 4: Veja as especificações vazadas do novo celular da Samsung

O Galaxy Z Flip 3 da Samsung pode não ser o dobrável mais completo, caro e cheio de recursos da marca, mas com certeza é o mais confortável no bolso e tem o menor preço, sendo uma boa porta de entrada para o mundo dos celulares dobráveis para muita gente. Depois dos vazamentos do Galaxy Z Fold 4, agora chegou a vez do Galaxy Z Flip 4 com informações do Yogesh Brar, que publicou todas as especificações do novo modelo via Twitter.

Segundo este rumor, o Galaxy Z Flip 4 poderá chegar no mercado com o processador Snapdragon 8 Plus Gen 1, uma bateria de 3.700mAh com o carregamento com fio de 25W e sem fio de 10W, 8 GB de RAM, 128 GB ou 256 GB de armazenamento, um sistema de câmera traseira dupla de 12 MP (principal e ultrawide) e uma câmera frontal para selfie de 10 MP na tela interna.

O novo dobrável da Samsung deverá chegar ao mercado com uma tela OLED dobrável FHD+ de 6,7 polegadas (120Hz) e uma tela externa um pouco maior do que a encontrada no modelo anterior, com 2,1 polegadas. Nas oportunidades que tive de brincar com o Galaxy Z Flip 3 eu fiquei com uma excelente impressão e acredito que se as câmeras fossem um pouco mais próximas do Galaxy S22+ seria um grande concorrente para ser o meu próximo Android, mas ainda espero poder testar um em breve para confirmar todas as minhas ótimas expectativas!

Samsung Galaxy Z Fold4 tem suas especificações vazadas

Com a data de lançamento do novo dobrável top de linha da Samsung cada dia mais próximo, os vazamentos começaram a surgir e podemos ter uma ideia mais clara do que esperar do Galaxy Z Fold4. Nesta semana no Twitter o Ice universe e o Yogesh Brar , publicaram especificações vazadas do Galaxy Z Fold4, que devará contar com um chipset Snapdragon 8+ Gen, 12 GB de RAM (podendo chegar a 16 GB) e até 512 GB de armazenamento.

O display interno deverá ser um AMOLED QXGA+ de 7,6″ com taxa de atualização de 120Hz, e o externo será de 6,2″ e resolução HD+, o que ainda não foi confirmado e até parece um pouco estranho, pois são as medidas do modelo anterior. A bateria será de 4.400 mAh, compatível com o carregamento de até 25W.

Para fechar, infelizmente ao que tudo indica não teremos as câmeras do S22 Ultra neste novo dobrável, que poderá ganhar um sensor principal de 50MP como os encontrados no S22 e S22+, uma lente ultra grande angular de 16MP e uma lente zoom 3X de 12MP, além de uma câmera interna frontal de 4MP como a do Z Fold3 e outra externa frontal de 16MP.

Será um celular muito interessante e uma evolução do modelo anterior, mas será que chegou a hora de trocar a série Galaxy S 21 ou 22 Ultra por este novo dobrável? Acho que este momento pode estar chegando, dependendo do valor do aparelho!! Vamos esperar para ver!

Via Android Police.

Novo MacBook Air pode ser apresentado na WWDC22

Hoje eu encontrei um rumor muito interessante, o jornalista Mark Gurman (da Bloomberg) publicou em seu boletim informativo “Power On”, um texto que indica que qualquer possível lançamento de hardware na WWDC22 “provavelmente estará no lado do Mac”.

Segundo o MacMagazine, Gurman comentou que a Apple poderá lançar seu próximo MacBook Air, possivelmente equipado com o chip “M2”, na conferência da semana que vem. No entanto, a crise na cadeia de suprimentos causada pelos lockdowns — devido ao avanço do novo Coronavírus (COVID-19) — na China teria colocado esse objetivo em risco.

Segundo Gurman, a possibilidade desse lançamento se dá ao fato de que alguns desenvolvedores notaram funcionários da Apple usando “MacBooks Air de próxima geração com seus aplicativos” — presumivelmente para testar o novo modelo antes do seu anúncio oficial.

Também é esperado que o próximo MacBook Air tenha um novo design semelhante ao dos MacBooks Pro de 14 polegadas, com notch e teclado) todos brancos e seria comercializado em diversas cores como os iMacs mais recentes. Já estava na hora do MacBook Air ser atualizado em seu design e espero que este rumor realmente seja verdadeiro! Quem sabe não troco meu MacBook Air com chip M1 por um novo modelo com chip M2 e 16 de RAM para ter um pouco mais de folga no desempenho? Vamos esperar para ver!!

TikTok ganha novos recursos para créditos e publicidade

Com as coisas sempre instáveis no YouTube quando se pensa em views e receita é muito bom ver novidades como a apresentada pelo TikTok, que agora passou a contar com algumas novas ferramentas interessantes para os criadores de conteúdo, sendo que a primeira novidade é a possibilidade de marcar, mencionar e creditar diretamente um determinado vídeo em sua descrição.

Segundo o MacMagazine o TikTok também aumentará as solicitações de usuários para adição de créditos durante todo o processo de postagem, além de adicionar um popup educacional com o objetivo de incentivar e explicar a importância deste recurso.

Para usar as novas ferramentas de crédito para criadores basta criar ou editar um vídeo do TikTok e tocar no ícone para “Vídeo” localizado na página de postagem e no campo para selecionar um vídeo que você tenha gostado, favoritado, postado ou que tenha usado o mesmo som e adicioná-lo como crédito por meio de uma menção na legenda.

Outra novidade com bom potencial para monetização é o Branded Mission, um recurso que permite que os criadores se conectem com marcas e ganhem recompensas caso obtenham um desempenho estipulado ao produzir conteúdo orgânico para anunciantes. As marcas podem incentivar os criadores a participar de campanhas e disponibilizar as instruções para tal. Com isso, poderão selecionar os vídeos mais criativos e transformá-los em anúncios publicitários.

Acho que está chegando a hora de experimentar com um pouco mais de atenção e dedicação estas novidades do TikTok, quem sabe as coisas não estão mais simples e rentáveis do que o bom e velho (e talvez cansado) YouTube? Vou experimentar para poder contar a minha experiência por aqui em breve!!

Via MacMagazine.