DIO abre bootcamp de Programação .NET com 10 mil bolsas de estudos gratuitas com o apoio da Avanade

A DIO, plataforma open education de tecnologia, em parceria com a Avanade, consultoria de tecnologia e líder global em serviços do ecossistema Microsoft, anuncia o lançamento do Coding The Future Avanade – .NET Developer. O programa é uma oportunidade para pessoas que já sabem lógica de programação embarcarem em sua primeira linguagem e profissionais back-end que já dominam alguma linguagem, mas querem se desenvolver em .NET e C# (C sharp).

O Bootcamp é gratuito e tem duração de 12 semanas. Os participantes aprenderão na prática os principais conceitos para desenvolvimento de software com C# e um profundo aprendizado sobre a plataforma .NET, da Microsoft. O conteúdo conta com aulas de experts da área, além de projetos práticos como o desenvolvimento de um sistema de Hotelaria, desafios de código e mentoria exclusiva sobre o uso de Inteligência Artificial aplicada no desenvolvimento de software.

Durante o programa, além do fundamento sólido em C#, os profissionais serão introduzidos ao .NET, explorando suas funcionalidades e criando suas primeiras APIs a partir da metodologia orientada a testes (TDD). A jornada também incluirá o domínio da programação com banco de dados com SQL server, Enity Framework e Docker.

“Estudar .NET é investir no domínio de uma poderosa e versátil plataforma tecnológica que impulsiona inovações, oportunidades de carreira e soluções eficientes para os desafios contemporâneos do desenvolvimento de software. A Avanade acredita no potencial de novos talentos tech e por isso faz essa parceria com a DIO em que oferece treinamentos gratuitos à comunidade. Fazer o que importa é investir em aprendizagem ilimitada tanto para as nossas pessoas quanto para profissionais do mercado.” André Rácz, CTO Avanade Brasil.

O Bootcamp é aberto a profissionais de tecnologia de qualquer nível de experiência que queiram aprimorar suas habilidades. As inscrições estão abertas até o dia 30 de abril de 2024 e devem ser feitas pelo link.

Startup que transforma coco babaçu em aditivo para reduzir uso de combustível vence programa de inovação da Ambev

Uma tecnologia com foco em utilizar o coco babaçu na produção de um aditivo para reduzir o consumo de combustível como alternativa para diminuir as emissões de carbono. Essa é a complexa e difícil missão da startup APOENA, vencedora da última edição do programa 100+ Labs, liderado pela Ambev. Encontrado em abundância, o coco babaçu é uma das fontes de renda de brasileiras que vivem nas regiões Norte e Nordeste, e são diversas as formas de utilização da fruta, que agora contribui para reduzir o impacto do CO2 lançado no meio ambiente.

A APOENA possui uma fábrica modelo, focada no processamento integral do coco babaçu, no município de Coroatá, estado do Maranhão, e foi fundada com o objetivo de aumentar o potencial econômico do fruto, além de melhorar as condições de trabalho e a geração de renda das pessoas envolvidas na extração. “Essa é uma forma segura de melhorarmos a condição de vida de milhões de pessoas que vivem da venda do coco e que buscam aumentar sua renda”, comenta Márcia Werle, fundadora da APOENA.

Como forma de desenvolvimento e avanço nas iniciativas sustentáveis, a startup desenvolveu, em conjunto com o pesquisador José Benedito Ribeiro, um novo aditivo para combustível que melhora o desempenho de automóveis e, por consequência, diminui a pegada de CO2 emitida pelos veículos. “Temos a ambição de atingir o NetZero até 2040, e otimizar e melhorar a nossa frota logística faz parte dessa missão”, comenta Lisa Lieberbaum, Head de Sustentabilidade da Ambev.

O segundo lugar da premiação ficou com Plure, HRtech especialista em conectar empresas a mulheres incríveis e plurais. A startup já impactou mais de 50 grandes companhias oferecendo soluções em Divulgação de Vagas, Atração e Employer Branding para conectar o RH a mulheres Negras, PcD, LGBTI+, +50, Mães e mais recortes. O objetivo é levar Diversidade & Inclusão como estratégia de negócio para mais companhias, além de empregar meio milhão de mulheres até 2030. A plataforma da Plure é a única no mercado de contratação que conta com uma comunidade com mais de 280 mil mulheres.

“A temática de equidade de gênero tem avançado, assim como os debates e iniciativas, mas ainda há muito o que aprender. Algumas empresas costumam relacionar equidade de gênero com o viés de marketing, o que pode resultar em ações superficiais. Se não houver uma cultura interna inclusiva bem trabalhada, as consequências podem ser excludentes ao invés de acolhedoras”, alerta a CEO e cofundadora da startup, Jhenyffer Coutinho.

Durante a escolha das vencedoras, em evento presencial em São Paulo, todas as finalistas puderam apresentar seus negócios, com propostas que atendem demandas urgentes da sociedade e meio ambiente em nove eixos: Agricultura Sustentável, Embalagem Circular, Mudanças Climáticas, Gestão de Água, Ecossistema Empreendedor, Amazônia, Diversidade e Inclusão, Consumo Consciente e Responsabilidade Ambiental na Cadeia de Suprimentos – sendo os três últimos novidades da 5ª edição do programa.

“Um dos principais objetivos da companhia é crescer de forma compartilhada e promover a inclusão produtiva de todo o nosso ecossistema. São enormes os desafios ambientais e sociais que enfrentamos todos os dias e essa missão nos garante olharmos para o melhor horizonte e colocarmos em prática ações reais, que fazem a diferença para o meio ambiente e para a sociedade. Estas iniciativas e parcerias fazem parte do nosso objetivo de unir forças para atingir as ambições públicas firmadas para 2025. ”, comenta a executiva da Ambev responsável pelo programa.

Entre as demais finalistas, que também já firmaram negócios com a Ambev, estão Gedanken, em Responsabilidade Socioambiental da Cadeia de Suprimentos, Typcal, como representante da categoria de Ecossistema Empreendedor, Ceres Seeding, com soluções em Gestão Hídrica, Squair, olhando para Mudanças Climáticas, e Açaí Maps, no pilar Amazônia.

Loggi abre inscrições para o programa de Jovem Aprendiz

A Loggi, empresa brasileira referência em entregas no país e que está transformando o futuro da logística por meio da tecnologia, abre inscrições para a edição de 2024 do seu Programa de Jovem Aprendiz. Serão oferecidas 52 vagas distribuídas em diferentes localidades: São Paulo (SP), Cajamar (SP), Camaçari (BA), Gravataí (RS), Santa Maria (DF), São José dos Pinhais (PR) e São João do Meriti (RJ); com formato de trabalho híbrido ou presencial, conforme o perfil da vaga em que a pessoa se candidatou.

As oportunidades são para áreas administrativas e operacionais. São quatro etapas de seleção: inscrição, teste de conhecimento, dinâmicas com entrevista junto a liderança e, por fim, o feedback do processo. As inscrições podem ser feitas até 25 de abril pela página de carreiras da Loggi.

Os novos aprendizes devem iniciar as suas atividades em junho de 2024 e o contrato de trabalho tem duração de 15 meses. Para se inscrever, basta estar cursando ou ter concluído o ensino médio, e ter entre 16 e 23 anos completos, não sendo necessário possuir experiência prévia. É importante que o candidato também não tenha participado de outro programa de Jovem Aprendiz, para que seja possível cumprir o cronograma completo na Loggi. Para pessoas com deficiência, não há limite de idade.

Como a proposta do programa busca estimular o aprendizado do jovem, a carga horária de trabalho é de 6h15 diárias, sendo quatro dias por semana com o time da Loggi, e um dia em curso com um dos parceiros educacionais da empresa. Além da rotina diária, os jovens terão mentorias e acesso a treinamentos para se desenvolverem pessoal e profissionalmente.

De acordo com Mariana Cersosimo, gerente sênior de desenvolvimento e cultura da Loggi, o programa proporciona diferentes oportunidades e experiências de aprendizagem na prática e a chance de preparar o aprendiz para futuras oportunidades de trabalho em sua carreira. “Fico muito contente em acompanhar a evolução de nosso programa. Prestamos todo o suporte necessário para os jovens junto a uma trilha de capacitação, que tem como objetivo aprimorar habilidades técnicas e comportamentais, como gestão do tempo, comunicação e produtividade. Outra ação bastante valorizada pelos aprendizes são rodas de conversas com colaboradores a fim de explorar o tema de carreira e crescimento. Além disso, acompanhamos, juntamente com a liderança e tutores dos aprendizes, sua jornada durante todo o período que estão conosco. Ao final do programa, nosso objetivo é a inclusão de talentos diversos e melhor preparados para uma trajetória de sucesso no mercado de trabalho”, explica.

O programa busca jovens talentos diversos, para oportunizar o início de uma trajetória de sucesso no mercado de trabalho, desenvolvendo habilidades técnicas e comportamentais. O salário é compatível com o mercado. Além disso, a empresa oferece uma série de benefícios como vale-transporte, vale-refeição ou refeitório, seguro de vida, assistência médica, assistência odontológica e desconto em instituições de ensino parceiras para cursos de graduação, idiomas, pós-graduação e diversas outras categorias. As inscrições podem ser feitas através do endereço.

NVIDIA lança redes sociais Studio, focadas em conteúdo de IA para profissionais criativos

A NVIDIA acaba de lançar os canais oficiais do NVIDIA Studio no Brasil. A empresa agora terá um canal no YouTube e um perfil no Instagram focados em conteúdo sobre todo o ecossistema Studio, dicas para aprimorar trabalhos, processos criativos e muito mais.

O NVIDIA Studio é uma plataforma desenvolvida para ajudar profissionais criativos e artistas em seus processos de trabalho, renderização 3D e diversas outras atividades. Através das GPUs GeForce RTX, Tensor Cores dedicados e Drivers Studio, a aplicação é capaz de impulsionar o fluxo de trabalho e ideias através de diversos recursos otimizados para GeForce RTX em aplicações mais populares, como pacote Adobe, Blender, Autodesk e outros, além de ferramentas exclusivas baseadas em IA, como: DLSS 3, RTX Remix e Ray Tracing.

Além disso, a plataforma disponibiliza diversos softwares e aplicações exclusivos que auxiliam os usuários em todo o processo criativo e otimizam o trabalho do dia a dia. Dentre os principais, destacam-se:

  • NVIDIA Broadcast – Um software capaz de transformar qualquer casa em um estúdio profissional, levando suas chamadas de vídeo, gravações e transmissões ao vivo para um novo patamar com efeitos de áudio e vídeo melhorados por IA. Com o NVIDIA Broadcast você consegue eliminar ruídos indesejados de forma simples, além de não precisar de uma tela verde para mudar o fundo do escritório, graças à poderosa remoção de fundo de alta qualidade acelerada pelos Tensor Cores das GPUs RTX.
  • NVIDIA Canvas – O NVIDIA Canvas usa a inteligência artificial para transformar simples pinceladas em imagens de paisagens realistas em questão de segundos. A aplicação permite ao usuário acelerar a criação e visualizar rapidamente diversos cenários, conceitos e possibilidades para seus projetos.
  • NVIDIA Omniverse – O Omniverse é uma plataforma de colaboração para criadores e artistas 3D. O software atua como um centro global para artistas 3D acessarem diferentes ferramentas e aplicativos para desenvolverem suas animações e projetos. Dentro do Omniverse, o usuário terá acesso a aplicações como o Audio2Face, capaz de criar animações faciais expressivas, através de IA, a partir de uma fonte de áudio; e o Create, que permite com que o artista monte, simule e renderize cenas no USD da Pixar de forma interativa e em tempo real.

O lançamento dos canais NVIDIA Studio Brasil reforça a presença e o comprometimento da empresa com o país. Em 2023, a NVIDIA já havia anunciado outras novidades exclusivas para o Brasil, como o lançamento oficial da GeForce Store Brasil, a primeira loja oficial da companhia na América Latina.

Opera registra crescimento de 63% em novos usuários mensais no iOS na Europa após a entrada em vigor do DMA; Brasil apresenta expansão substancial

A Opera, empresa norueguesa inovadora em navegadores, registrou um aumento expressivo de 63% no número de novos usuários mensais do Opera para iOS na Europa de fevereiro a março de 2024. Essa ascensão acompanha a implementação da Lei de Mercados Digitais (DMA) e indica uma mudança no comportamento do usuário para explorar navegadores alternativos em ambientes regulamentados.

O número de novos usuários mensais do navegador para iOS na Europa foi amplificado substancialmente em 63% de fevereiro a março de 2024: A França registrou o ganho mais significativo, de 146%, seguida pela Alemanha, com 57%, seguida pela Espanha, com 50%, Polônia, com 45%, e Itália, com 20%. Juntamente com as tendências europeias, o Brasil apresentou um crescimento substancial no uso do Opera. Em 2023, o Opera testemunhou um aumento de 280% em novos usuários ativos, o que consolidou sua posição como o segundo navegador para desktop mais utilizado no país. Em especial, o Opera para Android surgiu como o navegador mais baixado na Google PlayStore no Brasil.

“Como um browser desafiador, o Opera sempre teve que trabalhar duro para se destacar em um mercado desigual”, disse Jørgen Arnsen, EVP Mobile da Opera. “Agora que a regulamentação da DMA está trabalhando para equilibrar o mercado, estamos entusiasmados em ver que ficou mais fácil para os usuários expressarem sua escolha de navegador e que essa decisão seja respeitada.”

Esses avanços ressaltam o apelo do Opera para os usuários europeus e brasileiros, o que reflete um interesse crescente em experiências de navegação com foco na privacidade. À medida que o cenário digital evolui, a Opera continua dedicada a oferecer experiências seguras, rápidas e personalizáveis na Web. Com recursos como bloqueadores de anúncios e rastreadores integrados, uma VPN gratuita e a inovadora IA de navegador, Aria, o navegador Opera continua a liderar a inovação da web.

Samsung Ocean oferece cursos gratuitos de Fabricação Digital, Metaverso e Programação até o fim do mês

Até o fim de abril, o Samsung Ocean oferece aulas gratuitas de Fabricação Digital, Backend, Frontend, Metaverso e Programação, entre outros temas voltados à tecnologia. O programa de capacitação tecnológica da Samsung disponibiliza cursos remotos e presenciais para pessoas maiores de 18 anos interessadas em aprofundar seus conhecimentos nas mais diversas áreas relacionadas à tecnologia e inovação. Os conteúdos são ministrados por educadores da Universidade de São Paulo (USP) e Universidade do Estado do Amazonas (UEA), parceiras da Samsung na iniciativa. Veja abaixo a lista completa de conteúdos até o fim do mês.

Destaques do Samsung Ocean em abril

A Jornada Backend é composta por quatro aulas remotas, marcadas para os dias 16, 17, 23 e 25 de abril, com conteúdo introdutório no framework Express para NodeJS, bem como um Laboratório de Backend e Banco de Dados com MongoDB. Já para os interessados em aprender mais sobre Fabricação Digital, a trilha voltada à impressão e escaneamento 3D terá três aulas presenciais nos dias 15, 17 e 19 de abril, a partir das 15h (horário de Brasília). E para aprender mais sobre os fundamentos e dispositivos da realidade virtual, a Trilha Metaverso vai oferecer três aulas presenciais focadas em laboratório virtual. Elas acontecem nos dias 24, 26 e 29 de abril, a partir das 15h (horário de Brasília).

“Com o Samsung Ocean, promovemos capacitação tecnológica gratuita e de qualidade a pessoas de todo o Brasil. A cada mês trazemos conteúdos de interesse geral, além de oferecer certificação aos alunos concluintes de cada curso”, afirma Eduardo Conejo, diretor de Inovação na área de Pesquisa e Desenvolvimento da Samsung.

As atividades do Samsung Ocean são totalmente gratuitas e oferecem certificado de participação. Os interessados podem se inscrever clicando neste link.

Confira a grade mensal completa do Samsung Ocean:

15/04

– Trilha UX: Design Thinking – Conceitos e Prática

– Trilha IoT: Como desenvolver projetos tecnológicos?

– Trilha IA: Entendendo e implementando modelos de inteligência artificial com Orange e Python (Parte 3)*

– Trilha de Fabricação Digital: Manufatura Aditiva – Impressão e Escaneamento 3D (Parte 1)*

16/04

– Jornada Backend: Backend com Express e NodeJS – Introdução (Parte 1)

– Ocean Beginner: Persona e Proposta de Valor*

– Trilha IA: Entendendo e implementando modelos de inteligência artificial com Orange e Python (Parte 4)*

– Trilha Wearables: Android Studio – Sensores para smartwatches com Wear OS 4*

17/04

– Jornada Backend: Backend com Express e NodeJS – Introdução (Parte 2)

– Trilha de Programação: Programando para web com Python, CSS e HTML (Parte 3)

– Trilha de Fabricação Digital: Manufatura Aditiva – Impressão e Escaneamento 3D (Parte 2)*

– Trilha IA: Modelos de Regressão do Zero em R* (Parte 1)

– Trilha de Empreendedorismo Tecnológico Inovador: Estratégias de geração de valor*

18/04

– Trilha Ágil: Desenvolvimento Ágil: Kanban*

– Trilha IA: Modelos de Regressão do Zero em R* (Parte 2)

– Trilha UX: Oficina de Usabilidade

– Jornada Frontend: Frontend Web com ReactJS – Introdução (Parte 1)

– Ocean Beginner: Prototipação rápida: Desenvolvimento e Validações*

19/04

– Trilha de Fabricação Digital: Manufatura Aditiva – Impressão e Escaneamento 3D (Parte 3)*

22/04

– Trilha UX: Oficina de Prototipagem de Dispositivos Móveis

– Trilha IoT: Laboratório de IoT em Cloud*

– Trilha de Fabricação Digital: Eletrônica/Microcontroladores para Fabricação Digital (Parte 1)*

– Trilha IA: Deep Learning: Introdução com Keras e Python*

23/04

– Jornada Backend: Laboratório de Backend e Banco de Dados com MongoDB

– Trilha IoT: Construindo aplicações IoT de modo ágil

– Trilha IA: Ciência de Dados: Processamento de linguagem natural e mineração de opinião em Python*

– Ocean Beginner: Modelo de Negócio e de Mercado*

24/04

– Trilha de Programação: Programando para web com Python, CSS e HTML (Parte 4)

– Trilha UX: Tópicos de UX para Design de Serviços

– Trilha de Fabricação Digital: Eletrônica/Microcontroladores para Fabricação Digital (Parte 2)*

– Trilha Backend: Backend com NodeJs e Express*

– Trilha Metaverso: Laboratório de Realidade Virtual (Parte 1)*

25/04

– Jornada Backend: Integrando os serviços de backend na nuvem

– Jornada Frontend: Frontend Web com ReactJS – Introdução (Parte 2)

– Ocean Beginner: Pitch*

– Trilha Backend: Laboratório de Backend e Banco de Dados com MongoDB*

– Trilha IA: Previsão de Séries Temporais*

26/04

– Trilha de Fabricação Digital: Eletrônica/Microcontroladores para Fabricação Digital (Parte 3)*

– Trilha Metaverso: Laboratório de Realidade Virtual (Parte 2)*

– Trilha IA: Avançando com Deep Learning*

29/04

– Trilha UX: Prototipação no-code de soluções digitais (Parte 1)

– Trilha IoT: Introdução aos dispositivos wearables

– Trilha Metaverso: Laboratório de Realidade Virtual (Parte 3)*

– Trilha Digital Health: Aplicações de Wearables na Saúde*

30/04

– Jornada Frontend: Frontend Web com ReactJS: Integração com Backend (Parte 1)

– Trilha UX: Prototipação no-code de soluções digitais (Parte 2)

– Trilha Digital Health: Aplicações do Metaverso na Saúde*

*Atividades realizadas presencialmente no campus de Manaus.

Plataforma global de beleza e bem-estar anuncia vagas de emprego no Brasil e na Europa

A plataforma de agendamento de serviços de beleza e bem-estar, sheerME, abriu 10 vagas para interessados em integrar a equipe, que atualmente conta com 30 colaboradores, nas áreas de Vendas, Marketing e Redes Sociais em Portugal, Espanha e no Brasil.

Impulsionada pelo crescimento da empresa e a recente expansão para o Brasil e Espanha, a sheerME, anunciou um novo processo de recrutamento de talentos, apostando na abertura de 10 novas posições para a sua equipe global. O objetivo é fortalecer os departamentos Comercial, Operacional e de Marketing nos três países em que opera. O SuperApp europeu busca profissionais qualificados para os seguintes cargos:

            Os candidatos estarão concorrendo a vagas com benefícios, conforme explica Karly Alves Ribeiro, Co-Founder e Head of People & Culture da sheerME. “Buscamos pessoas ambiciosas e apaixonadas por inovação. O espírito de equipe, uma mentalidade criativa, a capacidade de se ambientar rapidamente a um ritmo de trabalho acelerado são competências altamente valorizadas”. Karly destaca também o perfil do candidato em impactar positivamente o mercado global de saúde e beleza. “Acima de tudo, procuramos pessoas que queiram uma oportunidade de criar um real impacto em um setor tão importante como o do bem-estar e beleza, e que valorizem um crescimento profissional numa scale-up com muitas oportunidades de evolução de carreira e que já opera em vários mercados internacionais”, finaliza. Ao longo de 2024, a sheerME fará o lançamento de novidades no mercado global, algumas delas serão altamente disruptivas na indústria em que opera, trazendo inovação e eficiência exclusivas para o setor.

Modelo de trabalho sheerME

            Com um crescimento bastante rápido e uma equipe de fundadores com experiência em internacionalização, a sheerME reforça a equipe interna para que 2024 seja um ano de clara expansão e crescimento não só nos mercados em que neste momento estão representados, mas também com a ambição de lançar a operação em mais países ainda neste ano.

            A empresa procura criar uma cultura muito própria, alinhada com as necessidades e tendências de trabalho atuais, valorizando a autonomia, profissionalismo da equipe e ambição de crescimento profissional. Os candidatos selecionados para trabalhar na sheerME  podem ainda esperar encontrar uma cultura de trabalho cativante, descontraída e com acesso direto aos founders e decisores da empresa.

            O trabalho será por meio de um modelo híbrido e terá um ambiente de crescimento profissional em uma das empresas de tecnologia mais comentadas e reconhecidas tanto em Portugal como no Brasil. Os profissionais que pretendem abraçar este novo desafio, podem fazer a inscrição aqui.

[VÍDEO] Como usar a Tradução Simultânea e o Intérprete do Galaxy AI

O Galaxy AI, a Inteligência Artificial da Samsung, traz recursos que otimizam a rotina das pessoas, incluindo a Tradução Simultânea e o Intérprete, que rompem barreiras da comunicação ao oferecer a tradução de ligações de voz e texto.

Imagine que você está em uma viagem para os Estados Unidos e deseja conhecer um restaurante. Com a Tradução Simultânea, basta ligar para o restaurante que o Galaxy AI do seu smartphone traduzirá tudo o que você fala para o Inglês para a pessoa do outro lado da linha.

Para utilizar a Tradução Simultânea, inicie uma chamada pelo aplicativo Telefone, clique no botão Assistente de Chamada e depois no botão Tradução Simultânea.

Vamos imaginar outra situação: você está em um festival de música e encontra um fã da sua banda favorita de outro país. Vocês querem conversar sobre o show, mas encontram barreiras com a comunicação. Basta pegar seu smartphone Galaxy e iniciar o Intérprete.

O Intérprete usa o Galaxy AI para dividir a tela do smartphone e traduzir a conversa em tempo real. Você ainda pode até inverter o texto para que duas pessoas frente a frente consigam ler facilmente sua parte da tradução para manter a conversa fluindo.

Para utilizar o Intérprete, basta deslizar para baixo para abrir o Painel Rápido e selecionar a opção Intérprete. Defina os idiomas nos menus suspensos e toque no ícone de microfone para falar e receber a tradução do Galaxy AI.

A tradução do Intérprete é realizada diretamente no smartphone, sem a necessidade de se conectar a uma rede móvel, o que o torna um recurso incrível para viagens.

Galaxy AI em mais smartphones

O Galaxy AI foi apresentado durante o lançamento da linha Galaxy S24, em janeiro de 2024, inclui a inteligência artificial em tarefas cotidianas, como o resumo de texto, a transcrição de áudios e a edição de fotos, além das traduções mencionadas no texto.

Em março de 2024, o Galaxy AI chegou a mais smartphones Samsung Galaxy – Galaxy S23, Galaxy S23+, Galaxy S23 Ultra, Galaxy S23 FE, Galaxy Z Fold5 e Galaxy Z Flip5 e os tablets Galaxy Tab S9, Galaxy Tab S9+ e Galaxy Tab S9 Ultra de maneira gradual – por meio da atualização da interface One UI para a versão 6.1.

Maioria dos brasileiros acredita que prevenção a golpes deve partir tanto de clientes quanto de instituições, diz Datafolha

As ameaças feitas por golpistas no ambiente digital estão cada vez mais sofisticadas. Essa é a opinião de nove entre dez entrevistados pelo Instituto Datafolha, que realizou, a pedido do Nubank, uma pesquisa para entender a percepção dos brasileiros a respeito de assuntos relacionados à segurança.

Para 75% dos participantes, as instituições financeiras e os seus clientes têm papéis igualmente relevantes para a prevenção de golpes; a maioria também aponta motivos mais relacionados à vulnerabilidade das vítimas como principais fatores que levam um golpe a se concretizar. Vale dizer que existe uma diferença entre os conceitos de golpe e fraude. Em situações de fraude, o criminoso burla o sistema das instituições sem a participação da vítima ou se utiliza de mecanismos de violência ou coação para realizar a transação financeira em nome da vítima e sem o seu consentimento; já no caso dos golpes, que têm sido mais comuns, o infrator conta com a participação do próprio cliente, que está sendo enganado e manipulado, para que a operação indevida aconteça.

Entre os entrevistados pelo Datafolha, 72% disseram que já ouviram falar de pessoas que foram vítimas de golpes em aplicativos de instituições financeiras. Deste universo, 56% indicaram, em respostas espontâneas, fatores relacionados à falta de conhecimento e atenção ou à ingenuidade das vítimas como principais motivos explorados pelos criminosos e que levaram o golpe a acontecer – como dificuldade em identificar um golpe, pouca informação sobre como eles acontecem, confiança em contatos falsos ou clique em links suspeitos, por exemplo.

Para 15% das pessoas que já ouviram falar de situações assim, os motivos mais citados estão ligados à sofisticação dos golpes – o poder de convencimento e a criatividade dos criminosos aparecem entre as respostas espontâneas. O mesmo percentual (15%) se aplica a quem mencionou falhas de segurança ou atendimento das instituições como causas principais para os golpes ocorrerem – na percepção dessa parcela dos entrevistados, situações hipotéticas de vazamento de dados pessoais e impressão de falta de segurança de aplicativos são razões preponderantes para a efetivação de golpes financeiros.

“Com a sofisticação dos mecanismos de proteção dos sistemas das instituições, temos visto uma tendência de aumento dos golpes financeiros em detrimento das fraudes, que não envolvem uma atuação da vítima”, afirma Fabíola Marchiori, vice-presidente de engenharia e gerente-geral de combate a fraude do Nubank. “O desafio no caso dos golpes é mais abrangente, porque eles têm origem fora do ambiente do nosso aplicativo e exploram, na maioria das vezes, vulnerabilidades da vítima, seja simulando uma falsa ameaça de perda ou insegurança financeira, seja fazendo ofertas infundadas de prêmios ou até de emprego”, diz ela.

Boa parte dos golpes se utiliza da chamada engenharia social, tática de manipulação empregada por criminosos para enganar uma vítima e fazer com que ela entregue informações confidenciais ou realize ações a favor do golpista. Esses golpes normalmente mexem com o emocional: em um dos casos mais comuns, o golpista diz ser da própria instituição financeira e afirma que precisa bloquear urgentemente uma transação fraudulenta na conta da vítima, que por receio de perder dinheiro passa dados sensíveis ou segue as instruções do criminoso e realiza transações.

“Além de uma tática de convencimento bem elaborada, os golpistas costumam pegar pessoas desprevenidas. Com base na pesquisa, podemos concluir que muita gente sabe que essas coisas existem, mas dificilmente acham que pode acontecer com elas”, comenta Fabíola. Segundo o estudo Datafolha, enquanto 81% dos entrevistados consideram que as pessoas não estão atentas à sua segurança digital, a mesma proporção (81%) afirma prestar a atenção necessária à sua própria segurança online.

Ciente desse cenário, o Nubank tem trabalhando continuamente em iniciativas de conscientização e informação das pessoas sobre como manter sua conta segura e no desenvolvimento de ferramentas cujo objetivo é contribuir para que os clientes se protejam da ação dos criminosos. Nesta frente, a empresa lançou recentemente a funcionalidade “Chamada Verificada”, que permite que os clientes acessem seu aplicativo do Nubank durante uma ligação alegadamente feita pelo atendimento da instituição para checar se é mesmo um representante da companhia que está do outro lado da linha.

“Nosso objetivo é sempre estar à frente dos criminosos, protegendo nossos clientes contra sua atuação”, afirma Fabíola. “Temos uma equipe multidisciplinar que desenvolve e testa nossas proteções constantemente, além de trabalhar para antever novas modalidades de fraude e golpes que estão surgindo.”

Ferramentas de acesso e educação digital

O Nubank possui diversas iniciativas para a conscientização de seus clientes e da população em geral, como o blog e seus perfis nas redes. Além disso, a instituição oferece uma série de ferramentas que ajudam no monitoramento e prevenção a golpes e fraudes, e no recebimento de notificações e denúncias (de clientes e não-clientes), como:

Monitoramento e prevenção

Chamada Verificada: novidade recém lançada, a atualização permite que, ao receber uma ligação, o cliente abra o app do Nubank para visualizar um alerta na tela inicial e confirmar que a chamada é legítima. É importante ressaltar que a função é ativada nos casos de ligações iniciadas pela própria empresa ou por seus parceiros credenciados – não se aplica quando o contato é feito proativamente pelo cliente. Além disso, as chamadas são identificadas no app apenas a partir do momento em que o cliente atende a ligação feita pelo Nubank

Defesas inteligentes: sistema construído com inteligência artificial pelo qual, com o uso de algoritmos, é possível extrair padrões de dados que indicam comportamentos atípicos. Isso permite que o Nubank se antecipe em agir contra ataques que nascem a partir da quebra de um padrão de comportamento do cliente. Quando um comportamento atípico é identificado, são diversos os mecanismos que podem ser acionados, incluindo não apenas o bloqueio da operação, mas também checagens adicionais para garantir que de fato é o cliente quem está realizando aquela transação

Alerta de golpe: sinaliza, via notificação no próprio app e antes da conclusão da operação, que o cliente pode estar prestes a confirmar uma transação para uma conta suspeita

Alô Protegido: bloqueia chamadas feitas por telefones que “camuflam” seu número para parecer que estão sendo realizadas da central de atendimento do Nubank. Disponível para Android, a funcionalidade deve ser ativada pelos clientes no app

Modo Rua: função do app que permite que o cliente determine um limite máximo para transações pelo aplicativo quando estiver desconectado de uma rede Wi-Fi sinalizada como segura. A ferramenta só altera as configurações quando está conectada na rede original classificada, tornando suas camadas de proteção mais robustas ainda.

Recebimento de notificações e denúncias

Me Roubaram: plataforma em que clientes podem registrar casos de roubo, furto e perda de celular e cartão para deslogar a conta do aparelho e bloquear o cartão

Canal de denúncias: permite o relato de fraudes e tentativas de golpe em que o nome do Nubank tenha sido usado indevidamente por terceiros. Este canal pode ser usado por qualquer pessoa (clientes ou não)

Conscientização

Hub de Segurança: central de conteúdo que informa sobre golpes mais comuns, como evitá-los e quais medidas tomar.

#PareceMasNãoÉoNubank: a campanha teve o objetivo de empoderar os usuários para que eles sejam capazes de identificar e evitar golpes financeiros e dar orientações relacionadas a temas como: quais são as táticas mais comuns entre os golpistas; como eles podem usar a marca Nubank para enganar as pessoas; como denunciar uma tentativa de golpe para o Nubank; como reconhecer um atendimento legítimo do Nubank; e como reconhecer os perfis legítimos da empresa na internet. A campanha incluiu o lançamento de um portal de segurança para o qual são direcionadas dezenas de URLs antes usadas para confundir as pessoas e, possivelmente, aplicar golpes financeiros.