Taxa de lealdade ao iPhone nos EUA se mantém acima de 90%

A notícia acima me chamou a atenção e me levou a pensar um pouco mais sobre o assunto, segundo uma nova pesquisa divulgada pela Consumer Intelligence Research Partners (CIRP), a Apple manteve uma taxa de fidelidade de mais de 90% entre consumidores de iPhone, o que significa que quase a totalidade dos seus usuários não pensa em trocar o smartphone por outro de uma marca concorrente.

Esta análise foi conduzida pela CIRP e baseada em pesquisas trimestrais com 500 indivíduos por período, nas quais era perguntado se os entrevistados haviam trocado de aparelho e em caso de resposta positiva, se ele era ou não da mesma marca que o anterior.

De acordo com a CIRP, essa alta taxa pode ser explicada pelo fato de ser mais fácil migrar de fabricantes do mundo Android do que abandonar o ecossistema da Apple, pelo fato deste ser consideravelmente mais fechado. Entre as fabricantes de smartphones Android, a Samsung aparece como a que possui usuários mais leais. Esse é o terceiro ano seguido em que a empresa bate essa marca, alcançada pela primeira vez em 2019. De acordo com a CIRP, a Apple domina pouco menos da metade do mercado americano de smartphones, com 43% de todas as vendas. A Samsung e a LG vêm logo em seguida, com 31% e 9%, respectivamente.

Avaliando o meu padrão de uso, independente do fato de precisar utilizar os sistemas Android e iOS para desenvolver meu trabalho, posso dizer que a questão da fidelidade vai muito além da dificuldade de migração de um sistema mais fechado, eu diria que podemos colocar tranquilamente na lista alguns itens mais importantes como o suporte técnico e garantia impecáveis e superiores aos concorrentes, a qualidade de construção dos produtos e o elevado valor de revenda. No final das contas, acredito que temos muitos mais motivos para manter um iPhone sempre nas mãos por mais tempo e ainda procurar fazer a troca por um modelo mais recente do que foi demostrado nesta pesquisa como um dos principais motivos.

E você, continua fiel ao seu iPhone ou pensa em trocar de marca? Deixe sua opinião nos comentários!

Via Mac Magazine.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.