Cardápios em QR Code: uma nova tendência

Com o vírus do COVID-19 ainda circulando pela população mundial, para os países que já estão reabriando a economia, ainda é uma preocupação conter uma nova onda de propagação do vírus. Então, todas as formas de evitar contato das pessoas é muito importante, e nesta questão, os restaurantes que foram tão prejudicados financeiramente com o isolamento social, estão bem atentos!

E já é uma realidade em restaurantes de Trastevere em Roma, como o “Da Enzo”, onde o cardápio é oferecido pelo garçom com o QR Code em uma folha de papel, para que o cliente possa acessar diretamente em seu smartphone. E o mais importante, respeitando-se as devidas distâncias!

É lógico que imaginando em ajudar a conter a propagação do COVID-19 é uma ação perfeita, mas se pensarmos por outro lado, como manter a higiene dos cardápios não seria perfeito? Quantas vezes tocamos em cardápios engordurados ou não tão bem higienizados?! E ainda, quando há necessidade de alterar, incluir ou excluir alguma refeição ou preço é bem mais prático da forma digital, além de evitar o gasto com impressão e plastificação do material, não é mesmo?!

De qualquer forma, achei excelente esta ação e espero que o comércio de forma geral compre esta ideia, que é tão simples e eficiente, considerando que a maioria da população possui celular.

E para as pessoas que não possuem celular? O restaurante poderia manter algumas cópias impressas. 😉

Um comentário em “Cardápios em QR Code: uma nova tendência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.