Restaurante na Holanda usa robôs garçons para evitar contato com clientes

Um restaurante na Holanda está utilizando uma solução muito interessante para cumprir com o distanciamento social durante estes tempos de pandemia, os novos garçons robôs, que podem ser considerados como uma forma criativa de reduzir o contato humano.

Os robôs vermelhos e brancos receberão os clientes, servirão comida e pegarão pratos usados nas mesas do restaurante Royal Palace, na cidade de Renesse, além de receber as pessoas com um sonoro “olá e bem-vindos” e utilizarem até lenços no pescoço para dar um visual mais amigável e simpático. “Eles nos ajudam com o trabalho que fazemos”, diz Leah Hu, cuja família é dona do restaurante.

“Muitas vezes estamos ocupados e limpando mesas e os robôs nos dão uma mão extra. Não vamos desaparecer, ainda estamos por aqui, pois eles sempre precisarão de pessoas nesse negócio.” Os restaurantes nos Países Baixos estão fechados há meses durante a pandemia, sendo que muitos estão começando a reabrir, mas com limites para o número de clientes.

Uma maneira muito inteligente e eficiente de evitar o contágio durante a pandemia, sem deixar de cuidar dos clientes com uma solução diferente e que poderá se tornar mais um motivo para visitar este restaurante!

Via Tekimobile.

Google for Education: Ensine em Casa ganha novidades

Mais uma boa notícia para estudantes e educadores que estão em casa por conta da quarentena, o Google for Education anunciou duas novas seções no Ensine em Casa que tem como objetivo ajudar nas atividades escolares durante este período de isolamento social e também para quando tudo isso acabar. Agora, a central conta com passo a passo de como as escolas podem solicitar gratuitamente as ferramentas do G Suite for Education – Classroom, Drive, Gmail e Agenda em quatro simples etapas.

De acordo com o Google Discovery, atualmente, mais de 120 milhões de professores e estudantes utilizam as ferramentas no mundo todo. Já para as famílias, o Ensine em Casa mostra como elas podem ter o melhor uso da tecnologia em casa com recursos sobre cidadania digital e segurança online, como o aplicativo Family Link , a página Seja Incrível na Internet e o jogo Interland . Para professores e escolas, o hub mostra como é possível conectar com a comunidade de Grupo de Educadores Google e também as sessões de webinars no Edu OnAir – para aproveitar ao máximo as ferramentas e soluções do Google for Education.

“O Ensine em Casa foi projetado em parceria com o Instituto de Tecnologia da Informação para Educação, da UNESCO – que também está colaborando com outras organizações neste momento de emergência”, diz o Google.

“À medida que recebermos mais informações dos professores e parceiros sobre o que funciona, vamos seguir ajustando e aprimorando a central”.

Uma ótima iniciativa para ajudar nesta época tão difícil muitos alunos e professores que não estavam preparados, assim como todos nós, para ficar tanto tempo em casa e passar todas as atividades para o meio digital de uma hora para outra!

Via Google Discovery.

Google Assistente: Verificação de voz para confirmar compras online em teste

Hoje eu encontrei uma notícia de um novo programa piloto do Google Assistente que está experimentando o recurso de verificação de voz do app para autorizar compras online realizadas pelo usuário. A notícia foi publicada pelo site Android Police, que confirmou com o Google a existência do teste e afirma que o recurso deve auxiliar os usuários dos smart speakers da companhia a realizar compras pelos assistentes de voz. A nova função inicialmente está restrita a compras realizadas dentro do app Google Play e alguns pedidos específicos de restaurantes delivery, mas pode ser acessado pelos usuários na seção de configurações de pagamentos e segurança do Assistente sob o nome “Confirm with Voice Match”, sendo que ao ser habilitado, o app disponibiliza uma página nova que permite que o usuário crie alguns passos extras de verificação para compra, mas de acordo com o Android Police apenas alguns usuários vão conseguir configurar tudo e conseguir acesso ao recurso – ainda é um programa piloto, afinal.

Vale lembrar que esta facilidade pode ter risco, pois alguns usuários que já tentaram habilitar a autenticação por voz ainda relatam que o Google Assistente comenta que “alguém com uma voz similar ou gravação pode confirmar compras nos aparelhos que você estiver logado”, além de confirmar que a ferramenta não é tão perfeita quanto deveria no momento. Há também um limite de gastos imposto pelo próprio Google dentro desta funcionalidade da ferramenta, mas este montante não foi divulgado.

Na minha opinião, mesmo não sendo a saída perfeita, obrigar o usuário a falar um PIN poderia ser uma camada extra de segurança, mas pelo visto não teremos esta funcionalidade dentro do Assistente do Google. De qualquer forma, vamos esperar para ver como ficará esta novidade quando chegar ao mercado para todos os usuários!

Via B9.

Coca Cola e Carlsberg apoiam projeto de garrafas feitas à base de plantas

A Coca-Cola e Carlsberg apoiaram um projeto que visa substituir os recipientes de bebidas plásticas, por um material totalmente vegetal que se decompõe dentro de um ano quando descartado. 

O projeto, apelidado de Paper Bottle Project, é um empreendimento coletivo entre a desenvolvedora de materiais para embalagens de papel BillerudKorsnäs, a empresa de fabricação de garrafas ALPHA e a empresa holandesa de produtos químicos renováveis ​​Avantium. 

O trio trabalhará em conjunto para desenvolver plásticos feitos de açúcares vegetais, em vez de combustíveis fósseis. 

Essas garrafas terão uma camada de papelão externo, que será reforçada com uma camada interna de plástico vegetal. ‘PEF’ – um “polímero 100% reciclável e à base de plantas”. Diz-se que este material tem uma melhor barreira e propriedades térmicas em oposição ao PFE padrão. 

As garrafas também são capazes de se decompor naturalmente dentro de um ano, em comparação com os plásticos padrão que levam anos para se decompor. 

Falando sobre o novo empreendimento, o executivo-chefe da Avantium, Tom van Aken, disse que o novo plástico “possui credenciais de sustentabilidade muito atraentes”, pois não usa combustíveis fósseis e pode ser reciclado. 

O projeto pretende lançar parcerias com mais fabricantes de alimentos e bebidas, assim como planeja que as garrafas de plástico baseadas em plantas estejam nas prateleiras até 2023. 

Saiba mais sobre a inovadora tecnologia de PFE baseada em plantas e o Projeto Plastic Bottle com @Carlsberg , @CocaCola , @ALPLApackaging.

Via Desing Taxi.

Câmera da Samsung com 50 MP tem pixels maiores e foco rápido

Hoje a Samsung anunciou uma nova câmera para celulares com sensor Isocell GN1, que possui resolução de 50 megapixels com pixels maiores (1,2 μm) e promete foco rápido no mesmo nível das câmeras DSLR. A produção em massa deste sensor começa em maio de 2020, sendo que o Samsung Isocell GN1 mede 1/1,3 polegada e ainda conta com as tecnologias Dual Pixel e Tetracell. Segundo a Samsung, este é o primeiro sensor de imagem do mercado a unificar os dois recursos em um único componente fotográfico para smartphones.

A tecnologia Dual Pixel é capaz de agilizar o foco no sensor fotográfico para celulares, com a promessa de entregar velocidades de foco automático no nível de câmeras DSLR, sendo que o GN1 oferece a melhor focagem automática da categoria, com 100 milhões de agentes de detecção automática de fase (PDAF). De acordo com o Tecnoblog, a tecnologia Dual Pixel da Samsung coloca dois fotodiodos lado a lado em um único pixel que pode receber luz de diferentes ângulos para detecção de fase. Com todos os pixels ativos do sensor trabalhando como agentes de foco automático, o GN1 pode detectar e focar em um objeto imóvel ou objeto desejado de qualquer canto em um instante, mesmo em condições de pouca luz”.

O Tetracell unifica quatro pixels em um e duplica virtualmente o tamanho dos pixels de 1,2 μm para 2,4 μm. A tecnologia, de acordo com a fabricante, permite tirar fotos de 12,5 megapixels com boa qualidade mesmo em ambientes de baixa iluminação. O Isocell GN1 filma vídeos em 8K em 30 quadros por segundo e conta também com Smart-ISO, “HDR em tempo real” e estabilização eletrônica de imagem (EIS) baseada em giroscópios.

Ainda não há previsão de lançamento de celulares Samsung Galaxy ou de outra marca com o sensor fotográfico, mas eu espero que esta boa novidade seja incluída no novo Galaxy Note que será lançado pela Samsung neste ano. Vamos esperar para ver!

Via Tecnoblog.

Faculdade Descomplica oferece microcertificados em cursos de graduação

Em um momento que precisamos, na medida do possível, ficar em casa, algumas iniciativas interessantes chegam ao mercado para ajudar, como é o caso desta interessante iniciativa que encontrei hoje em minha caixa de email em um release de imprensa. Com o objetivo de inovar no setor de educação, o Descomplica, uma EdTech brasileira começou a oferecer microcertificados a seus alunos de graduação, a fim de diminuir o abandono dos cursos – que pode chegar a 40% no primeiro ano.

“O formato tradicional de graduação sugere que o aluno só se torna profissional ao se formar, quando na verdade, todos evoluem em suas carreiras ao longo do curso”, defende Daniel Pedrino, Presidente da Faculdade Descomplica. “Vemos muitos estudantes que trancam a graduação por sentirem que estão estagnados. A ideia de termos microcertificados é justamente para mostrar ao aluno o quanto ele está evoluindo a cada temática”.

Lançada no início de 2020, a Faculdade Descomplica oferece quatro cursos durante o primeiro ano (Administração, Ciências Contábeis, Pedagogia, e Recursos Humanos), mas planeja aumentar a oferta para 25 cursos em 2021, focando em Engenharias, Tecnologia e Gestão.

Os cursos são divididos por temática, ao invés da separação tradicional por semestre. O aluno pode optar por qual tema prefere começar a estudar e, ao finalizar, recebe um certificado de especialista contando quantos estudos de caso foram realizados sobre o assunto, que pode ser linkado diretamente em seu perfil do LinkedIn.

Aprovada com nota máxima (5) pelo MEC em tempo recorde, a Faculdade Descomplica inova no mercado tradicional de educação e busca democratizar o acesso ao ensino superior, de forma acessível.

Não é uma boa ideia para melhorar o índice de permanência dos alunos nos cursos? Vale a pena visitar o site da empresa para conhecer todos os detalhes dos cursos e desta iniciativa!

PICO: um jardim na palma da mão

Se você, assim como eu ama plantas mas tem dificuldades para cuidar, saiba que seus problemas poderão ser resolvidos com o *projeto Pico 2020 pela kickstarter! E não é somente para plantas ornamentais ou suculentas, mas também poderá manter seus temperos sempre fresquinhos!

*Site com programa de financiamento coletivo.

O projeto consiste em proporcionar o cultivo de plantas com luzes de LED, várias montagens e um sistema de rega automática, que o ajudará nos seus primeiros passos no cultivo de plantas, mas de maneira muito mais fácil.

Graças às luzes de crescimento de LED de múltiplos espectros do Pico, fornecer luz suficiente a planta não será mais um problema. O sistema é alimentado por LEDs de alto desempenho e baixo consumo de energia da OSRAM, o Pico fornece todos os comprimentos de onda de luz necessários para substituir completamente o sol e permitir o cultivo de plantas durante o ano todo.

Esses LEDs poderosos são escolhidos para suportar uma ampla variedade de plantas e cada comprimento de onda de cor estimula uma função biológica específica nas plantas, e são montados em um braço telescópico facilmente ajustável – porque as plantas crescem muito sob nossos LEDs!

O dissipador de calor de alumínio torna o módulo de LED rígido e leve, assim como ajuda os chips de LED a durar mais tempo por meio de sua excelente dissipação de calor.

Independentemente de quanto você esteja ocupado, o sistema de rega do Pico garante que suas plantas tenham a quantidade de água necessária – nem mais nem menos – para manter sua saúde e beleza. Tudo que você precisa fazer é colocar água uma vez por semana. Bom, né?!

Como funciona o sistema de irrigação: com as raízes de suas plantas puxando água pelo solo em direção a elas, através da ação capilar, o Pico retira a água do reservatório para o solo. À medida que suas plantas absorvem a água, o Pico apenas as alimenta mais. Isso garante que eles nunca sequem ou as raizes apodreçam com água demais.

O recipiente possui uma “janela” transparente que permitirá que você saiba quando é a hora de colocar mais água, normalmente uma vez por semana. Empregando apenas ação capilar e gravidade, este projeto não requer nenhuma fonte de alimentação ou envolve um motor ou bombas. 

As plantas também crescerão mais rápido e saudável devido à oxigenação das raízes por baixo, fornecida por pequenas fendas no vaso do solo.

Com portas USB tipo C nos dois lados, você pode conectar vários Picos juntos e construir um lindo arranjo! Basta conectar os cabos de cada lado e cada Pico aceitará e passará a energia para o próximo.

Agora é torcer para que este produto esteja disponível o mais rápido possível e com valor acessível!

Fast Shop lança ferramenta no App para reforçar atendimento não presencial aos consumidores com vendedores das lojas físicas

Hoje eu recebi um release de imprensa com uma iniciativa muito legal da Fast Shop! Com o objetivo de garantir o melhor atendimento e a conveniência para seus clientes, bem como a segurança de seus colaboradores durante o período de quarentena do novo coronavírus (covid-19), a empresa incluiu uma novidade em seu app que possibilita a conversa direta entre o cliente e um vendedor especializado da loja, com a negociação e finalização da compra de forma remota, assistida, e com toda a proteção. 

“Acreditamos que o consumidor, em geral, tem muitas dúvidas na compra puramente on-line de produtos eletroeletrônicos. Também acreditamos que nosso cliente, apesar de estar em casa, continua valorizando a assistência e consultoria dos nossos vendedores para adquirir algum produto. Para garantirmos tanto o acesso do consumidor a essa prestação de serviço, como também para mantermos nossos vendedores ativos e engajados, criamos essa ferramenta, que permite a compra direta com um vendedor pelo nosso aplicativo”, explica Eduardo Salem, diretor de Marketing e Negócios Digitais da Fast Shop.

Para utilizar é muito simples, no app da Fast Shop, o consumidor precisa acessar o ícone do chat no canto superior direito, definir sua localização, escolher a loja física mais próxima ou de sua preferência e com qual vendedor deseja conversar. O próprio vendedor consegue criar o pedido e enviar para o cliente pagar dentro do aplicativo, de forma prática e segura.

Fiz um teste rápido e consegui encontrar a vendedora que sempre me atende há alguns anos na minha loja favorita do Shopping Eldorado em São Paulo, o que é realmente muito legal! Gostei muito mais da iniciativa depois de testar e encontrar gente conhecida! Agora quando precisar fazer uma compra já sei quem procurar! 😉

Café ilimitado por assinatura!

Apesar de não ser um grande fã do mercado de assinaturas em algumas modalidades, especificamente quando envolvem o mundo físico, foi impossível não ver com bons olhos esta iniciativa da rede de cafeterias Panera Bread, que lançou esta semana em suas lojas um programa de assinatura de café ilimitado com uma assinatura mensal.

Por apenas U$ 9,00 por mês, os clientes que fazem parte do programa de fidelidade MyPanera poderão consumir café (quente ou gelado) e chá à vontade em qualquer loja da rede, uma oferta realmente muito interessante para quem toma mais de 4 cafés no mês, considerando que a unidade nas lojas custa U$ 2,20. Segundo a empresa, nos testes realizados em 150 lojas, foi percebido que os clientes consumiram café uma vez a cada dois ou três dias e muitos deles também compraram algum alimento durante a visita, onde a empresa espera gerar a receita incremental.

Além do consumo na própria loja, os cafés também podem ser pedidos antecipadamente via app para serem retirados na loja ou entregues por serviço de delivery.

Acredito que se um serviço semelhante fosse lançado no Brasil, eu não só assinaria, como acabaria até consumindo mais cafés durante o mês!! Será que no Brasil esta novidade funcionaria? Com o alto consumo do café por aqui, a conta poderia ser um pouco mais difícil de fechar!

Via UoD.